Sonia solange da silveira ssolsevilha poetisa do cerrado: Para onde foram os meus sonhos. Foram,...

Para onde foram os meus sonhos. Foram, amassados Enrrugados Amarelados, empoeirados pelo tempo..!! Trancados a sete chaves, Não sei onde guardei! Uma coisa apre... Frase de sonia solange da silveira ssolsevilha poetisa do cerrado.

Para onde foram os meus sonhos.
Foram, amassados
Enrrugados
Amarelados,
empoeirados
pelo tempo..!!

Trancados a sete chaves,
Não sei onde guardei!
Uma coisa aprendi..
A consciência faz com que nos
“descubramos”,
Nos acusemos
E nos declara culpados
Por falta de testemunhas!


..

1 compartilhamento
Inserida por ssolsevilha