Luciane Fontinele: Amizade de verdade não acaba. A nossa...

Amizade de verdade não acaba. A nossa acabou, mas não foi bem a nossa amizade que acabou, na verdade ela nunca existiu. Existiu mesmo foi um sentimento que eu mesma não sei caracterizar e esse sim acabou, e foi bom te conhecer, não digo te conhecer apenas sabendo o teu nome, porque eu sinceramente conheci bem mais que esse disfarce que você usa 24 h por dia, digo que conheci um pouco do teu interior e foi ótimo, pois com isso eu também cheguei a conhecer um pouco de mim. Acabou. Que pena, mas o nosso sentimento que era pra ser mutuo, foi inversamente proporcional, eu quis ser tua amiga, mas agora vejo que fui apenas eu quem quis isso.
E agora desprezando a minha raiva, devo lhe agradecer por todos os momentos únicos que só você foi capaz de me proporcionar; sem dúvidas eu amei te conhecer e o errado foi ter vivido um momento que não era nosso, era um momento seu e outro meu, nunca deveria ter existido o ‘nós’. Levo hoje e sempre um pouco de você em mim, apesar de eu saber que não sou e nunca fui um pouco de você, levo a sua risada, levo os seus olhos, levo a sua voz, enfim, te levo comigo, por mais que em pouca quantidade, eu levo um pouquinho de te, aliás, foi você quem me ensinou que não é muito bom amar alguém, e eu mesmo assim amei, você. Que droga, mas eu amei você. O jeito certo de gente errada para andar comigo, droga. Mas agora, se Deus quiser, eu vou encontrar outro bom amigo, que ame poesia e ame o amor, pois é lindo, tão tanto que mesmo sem conhece-lo sou capaz de saber dele. Te amei, muito. Durou enquanto foi de verdade, pelo menos, enquanto eu achei que foi de verdade. Talvez você sinta a minha falta ou talvez eu só tire um peso das suas costas, e se eu tirar, sinceramente, eu vou ficar feliz porque nunca eu seria capaz de te fazer sofrer e se eu estava de algum modo te fazendo sofrer, graças a Deus, acabou.

59 compartilhamentos
Inserida por LucianeFontinele