Leandro M. Cortes: Ela é só uma garotinha cheia de medos,...

Ela é só uma garotinha cheia de medos, que requer proteção. Ela é só uma garotinha envolta em devaneios e loucos desejos. Sim! Ela é só uma garotinha querendo viver. O que dizer. Ela é só uma garotinha compondo a sua própria música. Sua própria história. Sim, ela é uma garotinha, querendo liberdade e que sonha com a tal felicidade. Ela se sente só, sozinha e desamparada. Ela só quer ser amada. Sim! Ela ama, têm sonhos, ela também erra. E, quem não erra que atire a primeira pedra. Não! Ela não é perfeita. Ela não é imortal. Ela é normal. Ela é só uma garotinha. Uma mulher, que busca dar ritmo a sua canção e paz ao seu coração. Sim! Ela é só uma garotinha. Como tal. Vive de pirraça e por vezes se faz “palhaça”. Ela não quer chamar a atenção. Quer apenas emoção. Dar vida a sua melodia. Ela faz do dia noite e da noite dia. Ela quer apenas viver o seu mundo, que seja por um segundo, mas que seja. Quer andar sem rumo e sair do prumo. Ela é só uma garotinha. Como tal, sua alma é uma sagaz criança, que alimenta sua carência, com pureza e esperança. Ela é. É ela é só uma garotinha. Uma mulher. Como tal, inocente. Inconsequente. Ela é só uma garotinha querendo viver o momento, sem temer o tempo. Ela é só uma garotinha. Uma mulher, querendo ser feliz.

1 compartilhamento
Inserida por leandromacielcortes