Sérgio o Cancioneiro: Quando a tarde vai EMBORA, É bem nesta...

Quando a tarde vai EMBORA, É bem nesta HORA, Que sinto falta da minha CHINA, E minha alma CHORA, Ouvindo o som da VIOLA, Que acalenta minha SINA, E esta saudade... Frase de Sérgio o Cancioneiro.

Quando a tarde vai EMBORA,
É bem nesta HORA,
Que sinto falta da minha CHINA,
E minha alma CHORA,
Ouvindo o som da VIOLA,
Que acalenta minha SINA,
E esta saudade de OUTRORA,
Que se vai pela noite AFORA,
E no romper da AURORA,
Esta angústia TERMINA...

1 compartilhamento
Inserida por sergiocancioneiro