Ranielle Ferreira: Eles eram dois em um, em corpos...

Eles eram dois em um, em corpos separados juntavam o mesmo amor, um único amor, o mais puro e incondicional amor. Ela o via como sua proteção e ele à avistava c... Frase de Ranielle Ferreira.

Eles eram dois em um, em corpos separados juntavam o mesmo amor, um único amor, o mais puro e incondicional amor. Ela o via como sua proteção e ele à avistava como algo que precisava cuidar, cuidar não por uma hora, uns dias, umas semanas, uns meses e sim para todo sempre.

Até que, num belo dia, nada de belo aconteceu, alguém veio interferir suas leis, que dizia: " Nada de amor, nada de casais, nada de nada ", os seus não o entenderam, já era ... Quando tudo parecia perdido surgiu uma luz no fim do túnel, ela foi ao encontro dessa luz, ele foi ao seu encontro, os dois seguraram essa luz que os guiaram até um caminho, esse caminho era lindo, existia uma porta coberta de flores nas suas laterais, quando a porta se abria uma canção tocava, a canção mais bela que ambos já ouviram, o chão era coberto de grama e tinha um lago, este lago era o lago dos cisnes e refletia o amor. De repente a porta ia se fechando, eles olharam para trás onde estavam correntes tentando puxá-los, eles quiseram fugir mas não havia opção a não ser mergulhar no lago, os dois seguraram as mãos, se olharam,e independente do que ia acontecer falaram:

- Para todo sempre!

1 compartilhamento