Natielle Dacri: Só depende de vc!! Uma certa vez dois...

Só depende de vc!!

Uma certa vez dois homens mais ou menos da mesma idade deu entrada na emergencia do hospital,um deles nunca havia estado

lá,já o outro ja era conhecido a anos por quase todos os medicos.

O senhor X,tinha leusemia,estava sempre fazendo quimeoterapia,para tentar estabiliza a doença ate que encontrassem uma

medula compativel,mais infelizmente o tempo dele era curto e ate os medicos ja estava sem esperança pois o tipo sanquineo

dele era muito raro.Ele era um cara que não tinha mãe,não tinha pai,nem uma esposa,nem filhos,nem amigos,era literalmente

sozinho no mundo.Durante os meses que ele estava no hospital sempre tinha alguem fazendo o seguinte comentario:porque ele

luta tanto?Não tem alguem que o de apoio,ninguem que venha o visitar,ninguem que o espere em casa quando a quimeo

acaba,ninguem para ajuda-lo na recuperação,e pior,ninguem que va ao enterro dele chorar pela morte dele.Então da onde sai

tanta garra,tanta esperança para lutar?

O senhor Y,deu entrada no hospital apenas com uma exaqueca,os médicos fizeram inumeros exames para ter certeza de que não

passase mesmo de uma simples enxaqueca,e nos exames tudo ok!Então o médico o disse que ele so iria permanecer ali por

agumas horas para tomar o medicamento e depois iria o liberar.Foi ai que ele disse ao médico que iria morrer.O médico

prontamente disse que não,que isso não iria acontecer.E ele disse que era o que deveria acontecer pois ele não tinha mais

motivos para viver.O médico com uma expressão de surpreso o endagou:porque o senhor diz isso.O senhor é forte,lá fora tem

uma mulher linda que diz se sua esposa,ela esta na maior preucupação,querendo saber como o senhor esta e não ve a hora de

poder ve-lo.E ao lado dela um meninão.ainda com a roupa do futebol,em prantos querendo saber como o senhor está.
Então,o senhor Y,tentou explicar:doutor a mulher linda lá fora e sim a minha esposa,ela sempre esteve ao meu lado nas

horas que mais precisei,e ja me fez muito feliz,mais cometeu erros,e o meu filho,ele estava em um jogo de futebol,eu

estava la com ele,antes de começar a passar mal.Eu trabalhei o dobro para poder pagar um bom treinador para ele se

aperfeiçoar,fiz de tudo que estava ao meu alcance,mais hoje era o teste que poderia leva-lo a um grande time,mais ele

simplismente não passou,não passou doutor!
Então eu lhe pergunto:pra que continaur tendo uma vida ao lado de pessoas assim?E melhor eu morrer mesmo.
O medico ouviu,e mesmo tendo vontade de falar muitas coisas que ele deveria ouvir,se calou e saiu...
Horas depois la fora ainda continuava a esposa do senhor Y e seu filho,o médico tentou acalma-la dizendo que estava tudo

bem que ele só estava em observação e que na manha seguinte sairia,então que ela fosse para casa,mais que ele a deixaria

ve-lo por alguns minutos.
Ela entrou na sala de observação onde ele se encontrava,e logo ao passar da porta ele a mandou ir

embora,dizendo:vá...vá,vc não tem o que fazer aqui!
Então em prantos ela se retirou,e o médico vendo esta cena,a deu um conselho:senhora vá para sua casa,sei que esta

preucupada,mais como disse ele esta bem de saude,então não tem o porque a senhora passar a noite toda neste banco com o

seu filho,e ainda ser destratada desta forma.
Ela olhou dentro dos olhos do médico e o respondeu:Doutor,não sairei daqui de forma alguma,ele esta bravo por eu ter

cometido erros durante o nosso casamento,e sinceramente não sei se ainda me ama,mais eu tenho uma unica certeza,a certeza

do amor que tenho por ele,então mesmo que ele não me queira na vida dele,ele jamais vai sair da minha,e enquanto for

possivel lutarei por ele,mesmo que ele nem perceba.Então como o senhor disse,ele esta bem,amanha saira,e eu,estarei

aqui,sentada,esperando isso acontecer,mesmo que ele receba alta,passe pela porta da recepção,não olhe na minha cara e va

seguir a vida dele longe de mim!
O Doutor,ouviu atentamente o que a senhora lhe falou e depois saiu...
Amanheceu e a esposa do senhor Y estava ali sentada como disse que estaria,esperando que o marido saisse la de dentro ao

receber alta como o medico a tinha dito,só que isso não aconteceu,e a preucupação começou a tomar conta dela,quando ela

se levantou para pedir informação sobre a demora,o medico saiu pela porta com uma expressão nada boa olhando fixamente

para ela,então ela se apavorou,perguntando cade meu marido?cade?cade?
O medico a pediu para se acalmar e começou a falar,com muitas palavras mais sem dizer nada,então em fim,ele disse que

infelizmente o marido dela tinha falecido,e que o que podia dizer para ela,que em 20 anos de medicina ele ate então não

tinha visto um caso deste tipo,pois ele estava bem,tinha feito todos os exames e tudo deu normal e que nada explicava o

obito..
Naquele momento a senhora se levantou,deu a mão ao seu filho e saiu...
Dai o medico se sentou e em voz alta ficou se perguntando o que havia acontecido com aquele homem,o que a medicina não o

mostrou...
Foi dai que saiu um outro homem com a face abatida,segurando o seu soro,o Senhor X,ele se sentou ao lado do medico,pois

não se aguentava muito bem em pé,pois estava muito fraco,dai ele disse:doutor,o senhor me conhece ja faz tempo,acompanha

o meu tratamento de perto,sabe todas as recaidas que tive,ouviu muitos outros medicos dizendo que eu não tinha mais

jeito,que eu não passaria de uma semana,de um mes,e olha eu aqui,sentado conversando com o senhor.Doutor,sabe qual era a

diferença entre eu,e o cara que acabou de falecer,não era que eu estou com uma doença em estagio terminal e ele so tinha

uma dor de cabeça,não era que ele tinha la fora uma mulher que passou a noite toda sentada a espera dele,e que ficava

orando pedindo pela vida dele,que estaria ali a espera dele o tempo que fosse necessario,e eu,eu nunca tive ninguem que

se preucupasse,ninguem que me esperasse,ninguem que pedisse a Deus pela minha vida,Não doutor,essas não eram as unicas

diferenças entre eu e ele.
A diferença e que eu tenho tudo para desistir e mesmo assim,continuo lutando por uma coisa que ninguem mais acredita,e

tenho a plena certeza que se estou vivo ate hoje,a medicina,o tratamento,os remedios,ajudaram,mais o que me manteve

realmente vivo,foi a minha vontade de continuar.Já aquele homem,acredito que tenha lutado muito por muitas coisas,mais

ele simplismente desistiu,e quando a pessoa desiste,não ha nada que ninguem possa fazer,quando ele desistiu,ele não

desitiu so dele,ele desistiu da mulher que estava la fora,que mesmo com todos os erros que ela possa ter cometido,mesmo

que ela não o merecesse,ela o amava,e provou que ela estaria oa lado dele incondicionalmente.Ele desistiu do meninão que

esta la fora,que mesmo não tendo passado no teste para jogador de futebol,poderia se tornar,um advogado,um medico...se

tornasse algo que o o desse orgulho.
Mais como eu disse:ele desistiu!

1 compartilhamento
Inserida por NatielleDacri