Juliana Veroneze: Mas que tanto você busca? E eu, com o...

Mas que tanto você busca? E eu, com o sorriso eternamente infantil, respondi: Ah! Busco aquilo que é imperfeito no perfeito, e o que é perfeito no imperfeito. E... Frase de Juliana Veroneze.

Mas que tanto você busca? E eu, com o sorriso eternamente infantil, respondi:
Ah! Busco aquilo que é imperfeito no perfeito, e o que é perfeito no imperfeito.
E o inevitável silêncio ensurdecedor foi convidando as pessoas a se retirarem.

1 compartilhamento
Inserida por julianaveroneze