Guilherme boldrin: SAUDADE Sinto saudade da minha velha...

SAUDADE
Sinto saudade da minha velha infância.Das manhãs de sábado que eu pulava a cerca daquele final de rua,que por fim dava acesso à aquele pasto verde onde eu corria descalço pra chegar até aquele pequeno riacho.Era o máximo,e assim eu passava a amanhã inteira debaixo daquelas sombras,escutando os pássaros cantarem e muitas vezes eu dormia numa areia branca há poucos metros da água...Já era tarde quando eu voltava,todo sujo eu voltava pra casa e muitas vezes nem me importava com as minhas pequenas gigantes preocupações,tipo a tarefa que ainda não tinha sido feita.Sinto saudade,saudade da minha época de escola onde eu me sentia tão bem quando sentia o cheiro da comida por volta das 9 da manhã...Saudade daquele medo que eu sentia toda semana quando minha mãe ia até a escola pra ouvir reclamações minhas,poxa quem não teve uma infância assim?...A minha alegria quando chegava o anoitecer era pegar minha bicicleta e andar pelo bairro junto com minha turma...Que saudade...Saudade das vezes que eu aprontei artes,artes que hoje me fazem rir,mas que na época eu tinha medo de ser preso...Bons tempos que não voltam mais.E assim tudo vai se tornando como minha infância,só os pensamentos bons vão restando,e assim a vida vai seguindo deixando pra trás apenas as minhas doces experiências que vivenciei, que no futuro vou vivenciar e que por fim ficará apenas assim,só em pensamentos...

3 compartilhamentos
Inserida por guilhermeboldrin