Celso roberto nadilo: sentimento ardi-o na tua face brumas, na...

sentimento ardi-o na tua face brumas, na solitude do meu ser vagueia a sombra, no qual amor é deleite ar fresco sob a noite, desejo, momentaneamente o espaço o ... Frase de celso roberto nadilo.

sentimento ardi-o na tua face brumas,
na solitude do meu ser vagueia a sombra,
no qual amor é deleite ar fresco sob a noite,
desejo, momentaneamente o espaço o luar,
o amar floresce no teu olhar embora seja a morte...
em um tempo que vida acabou seja fronteira morta,
na luz que se apaga entre sinônimos da tua boca,
palavras não fazem sentido, só, o amor cometido,
entre teus flagelos sentimentos puros, diante a noite bela,
seria fim da vida...
seria desejo falando mais alto...
que força dessa alma,
corrompida pelo amor dessa vida.
por celso roberto nadilo

1 compartilhamento
Inserida por celsonadilo