Verônica Miyake: CARTAS Eu sinto saudade Da carta...

CARTAS Eu sinto saudade Da carta escrita, Tão leve e bonita Na simplicidade Da intimidade De quem escrevia… Hoje, todavia, É brega, passado, Foi posta de lado N... Frase de Verônica Miyake.

CARTAS

Eu sinto saudade
Da carta escrita,
Tão leve e bonita
Na simplicidade
Da intimidade
De quem escrevia…
Hoje, todavia,
É brega, passado,
Foi posta de lado
Nesta era fria…

As coisas pequenas
Perderam valor.
Moldaram o amor,
Puseram antenas
E formas obscenas
Nas coisas mais belas…
Ficaram nas telas,
O calor, a vida
A mão não sentida
Nas frases singelas…

Ah, modernidade…
Engoliste cartas,
Fizeste lagartas
Que sem qualidade
E sem humildade
Se julgam normais
(por serem iguais)
Vivendo de abraços,
Sorrisos e laços
Que são virtuais…

3 compartilhamentos
Inserida por VeronicaMiyake