Andresa Aline Moura: Tão forte como uma pedra, porem perdida...

Tão forte como uma pedra, porem perdida na imensidão da áreia da praia, rodeada de varias pessoas, porem tão só ao anoitecer. Como se nada fizesse sentido,como se lá não fosse o seu lugar, perdido, parado, pensando chorando, buscando um motivo diferente , tentando ser forte em um novo lugar, mesmo sabendo que podia ser diferente, sonhando, lembrando, lutando, mas sem controlar as emoções, horas certezas tão insanas, logo depois vontades tão distantes. E ai eu te pergunto amigo?! o que a vida fez de nós? onde ficou a nossa voz? e o que valeu a pena? impaciência e covardia nunca levam a nada, mais e ai o que fazer se nessas horas só consigo pensar em você, e o que posso fazer se não vejo sentido caminhar sem dar a mão a pra você.

1 compartilhamento
Inserida por AndresaMoura