Delton Nascimento: O tocar dos meus dedos define o som, a...

O tocar dos meus dedos define o som, a musica é obra prima para minha mente. Não seu explicar o que sinto quando vejo daqui de cima, tanta gente triste, descontente. Sinto cheiro de chuva chegando, primeiro a fumaça dos carros da rua, depois um ventinho suave, anunciando que vem água para molhar a terra.
Vejo um velhinho apressado, me lembro tanto de mim e espero que chegue em seu destino antes de se molhar. Tem gente que acredita na vida curta, simples e por isso vive sem arriscar, não desejo que a vida daquele senhor tenha sido assim. Não mesmo.
Enfim bate em mim a nostalgia, me levanto e o vento no rosto diz poesia. Violão de canto, caderno e caneta em mãos, logo penso; Não é hora de escrever. E não escrevo.
Ouço o sino da igreja na praça, tão longe, batendo devagarinho coitado, parece cansado de descansar, junto deles ouço sorrisos altos de baixo, e de olhar vejo uns meninos de bicicleta correndo na rua, fazendo baderna.
Hora essa que não passa vista daqui de cima, e de imaginar que ainda a pouco eu era um menino, como demora a hora a passar. Penso mais um pouco e me lembro da minha penúltima vontade, me levanto então e vou preparar um café.

1 compartilhamento
Inserida por deltonnascimento