Julio Ramos da Cruz Neto: Meu amor não é simultâneo, ele vem...

Meu amor não é simultâneo, ele vem aos poucos e aos poucos ele cresce, se fortalece, sempre segue e por conhecer o caminho, ele segue alegre, pacifico, seguro, ... Frase de Julio Ramos da Cruz Neto.

Meu amor não é simultâneo, ele vem aos poucos e aos poucos ele cresce, se fortalece, sempre segue e por conhecer o caminho, ele segue alegre, pacifico, seguro, com fé, sem medo, sem pressa, sem frustrações... E por saber o que quer, ele não se cansa e entende que terá que ir muito além daquela próxima curva para encontrar você.

1 compartilhamento
Inserida por JulioRamos