Paula Joanol: Silêncio, é o som que eu ouço....

Silêncio, é o som que eu ouço.
Pensamentos, momentos, decisões, fizeram meu caminho...
Será q estamos sozinhos neste caminhar?
Sinto que não, pois sempre que me desvio acabo voltando naquela direção...!
Me esvazio hoje, tentando ser alguém melhor, disposto a amar, a perdoar e ainda sorrir mesmo quando tudo vai mal...
Dedico agora meu tempo a retribuir seu amor, um amor incondicional, capaz de suportar tudo calado, mesmo não sendo culpado!
Está no nosso sangue, pois nascemos egoístas, impacientes e inventores...
Inventamos tantas coisas que nos consumimos e perdemos o foco da verdade.
Nos enganamos com sentimentos bons oferecidos nas bancas, revistas, TVs, e tentamos nos convencer de que o que nos tornamos é o correto, é o melhor, é a evolução da espécie.
No entanto, somos frágeis, vazios, fracos e desprezíveis, mas quando aceitamos isso, teu amor nos surpreende, nos preenche, nos entende e nos melhora...
Só assim somos capazes de fazer o que a alma nos pede, mas o que o coração nos nega!
E para ouvir o teu querer preciso de Silêncio!
Silêncio dos meus pensamentos, da minha razão e do meu querer...
Que neste momento eu me cale e tua voz prevaleça!

1 compartilhamento
Inserida por paulajoanol