Gabriela Stacul: AMOR PRÓPRIO Eu poderia fazer uma lista...

AMOR PRÓPRIO

Eu poderia fazer uma lista enorme, já que geralmente quando falamos no tal amor próprio sempre temos uma determinada situação, para muitas pessoas o amor próprio está ligado diretamente a relacionamentos, o que não é bem isso.
Amor próprio = Amor à vida. Ou seja, tudo que esbarre em você.
Na minha humilde opinião o amor próprio se resume a uma única coisa: Honra a sua dignidade. Em outras palavras, quem não tem dignidade não tem amor próprio. Quando se é digno, não se submete, não se é submisso, submissão essa que vem devido a nossos erros, nossas falhas, nossas escolhas, nossa total falta de amor. Em muitas situações pessoas são obrigadas a tolerar coisas por ser como são. Só deixar claro, que submissão é bem diferente de respeito, esse sim é valido para quem se ama. Você pode ouvir certas coisas por respeito a quem diz, você pode obedecer uma ordem por respeito a quem dá. Amor próprio é não mendigar sentimentos, é não permitir que ferem sua honra pelo caráter que você tem. Amor próprio é ter coragem de lutar sozinho se for preciso, quem se ama não vive de trocas, vive de gentilezas. Vive de amor verdadeiro. É preciso ter um respeito danado por si mesmo pra viver esse tal amor próprio que muitas vezes parece ofender muita gente ao ser citado, mas quem vive ofendido no mundo de hoje é o amor. E pra amar em pleno século XXI só tendo muita dignidade.

1 compartilhamento
Inserida por GabrielaStacul