Meg Lima: Quando eu fiz 30 anos, quis me esconder,...

Quando eu fiz 30 anos, quis me esconder, fugir, cheguei a pegar minha Certidão de Nascimento, pq eu achei que alguma coisa estivesse errado – e não estava – rss! Eu realmente tinha nascido no ano de 1973. Quando completei os 35, eu quase morri de vez – rss, mas o meu desejo era voltar aos 30, quem diria, como a vida é engraçada. Pois é, cá estou eu no dia em que completo os 40 anos, nossa!!!!!

Quando a gente supera uma determinada situação, a próxima já não é tão desafiadora assim, ne? Talvez seja por isso que fazer 40 anos não me trouxe nenhum pânico, superei isso aos 30 - rss! Mas não que esteja sendo fácil, viu... Mas é que, afinal de contas, a maturidade tem que servir de alguma coisa, ne?! Na realidade, no mundo em que vivemos, cumprir, digamos, metade da etapa dessa vida já é uma dádiva. E eu chego agradecida a Deus por tudo.

Em todo depoimento que leio de pessoas que chegaram aos 40, consta a afirmação de que é a melhor fase de suas vidas. Bem, ainda sou um bebê nessa fase da “loba” - rss, mas já sinto que vou viver os melhores anos da minha vida a partir de agora.

Ano passado, comecei a escrever sobre a caminhada até os 40 anos, contando casos que vivi, outros que eu vi e, em dado momento, me dei conta do quanto eu já tinha mudado. Se bem que até hoje eu não como nenhuma verdura, nem feijão, nem tomo leite, não como cebola e nem alguns temperos, nem japa, nem frutos do mar... Mas sou doadora de sangue e nunca fui anêmica, vai entender isso!! Mas dispenso qualquer menu por uma tigela de salada de frutas, o que me salva! Mas eu nunca imaginei que um dia eu pudesse cogitar em morar em cidade pequena, muito menos gostar da vida rural, por exemplo. Mas a gente muda, e a gente muda mesmo, viu. Continuo sendo uma chorona assumida, daquelas que chora até em comercial de margarina. Mas me vejo uma mulher mais forte, mais segura, mas real... E de forma contraditória, já não tenho mais tanta certeza de tudo assim.

É muito engraçado essa mudança dos anos. Lembro que a minha querida avó sempre dizia que um dia eu sentiria falta dos joelhos, caso não cuidasse deles. E descobri que era verdade – rss! Minha cunhada sempre me disse que depois dos 40, todo mundo precisa usar óculos pra perto, nunca acreditei e, no meu caso, a necessidade me alcançou dois meses antes – rss! Comecei a pintar os cabelos, pq queria mudar, e hoje me vejo obrigada pelos cabelos brancos. A gente vê mudança na pele do rosto, foi quando aderi ao botox, mas o efeito não dura muito e o procedimento não é nada barato tbm – rss! O corpo não é mais o mesmo e vc passa a acreditar muito mais na lei da gravidade do que antes – rss! A briga com a balança é constante, viu. E já não se pode mais comer em fast food todo mês, não, pq aquilo não sai nunca mais de dentro de vc – rss!

Nunca sonhei em me casar, e muito menos em ter filhos. Hoje, já começo a achar interessante o casamento, e o desejo por ser apenas tia só cresceu com o tempo – rss! Já dei valor pra paixão avassaladora, mas quando ela vai embora dói demais e, por isso, optei por esperar o amor chegar. Mas preciso confessar que existe uma liberdade na solidão que me atrai demais da conta, e que me faz sentir tão bem solteira... Taí uma coisa que eu queria que tivesse mudado em mim, mas não mudou, viu – rss! Eu sou cada vez mais apaixonada pelo controle remoto. Se eu soubesse que tanta coisa mudaria, eu teria brigado muito menos comigo mesma. E curtido cada segundo da vitalidade que existe na juventude, e que por mais que vc corra atrás, que vc seja um esportista, alguma coisa se perde nesses anos. Deve ser também por isso que a beleza interior aflore tanto na idade madura – rss!.

Mas se eu pudesse, eu mudaria muita coisa da minha personalidade. Mas eu sou única, só eu tenho a minha impressão digital e quando me dei conta disso, me aceitei de forma definitiva. Mas ligada de que as diferenças nos ensinam que é necessário melhorar sob diversos aspectos, e é isso que tenho tentado a cada dia. Tenho tantos defeitos, que não poderia aqui enumerar, mas carrego comigo desde muito cedo duas qualidade que não negocio por nada: Gratidão e Generosidade. E essas duas palavras definem de forma muito forte e clara quem eu sou por dentro. E só peço a Deus que multiplique cada vez mais o melhor que tenho em mim, pra que eu possa contagiar outras pessoas. E assim, que eu seja contagiada com as qualidades daqueles que passam pela minha vida. Quero manter a minha alegria, o coração grande e os ombros sempre disponíveis para os que precisarem, pq essa é a melhor parte de mim. E dela eu não abro mão por nada nesse mundo.

Não quero mais achar que sei tudo, pq eu não sei. Mas também não quero esquecer o que já aprendi. Mas o meu desejo é de que eu tenha um coração escancarado para o aprendizado. E se tem uma coisa que eu gosto, é de aprender. E quando vou repassar o que aprendi, muitas vezes, sou confundida de que sei tudo. Mas é que pra mim, se for conhecimento eu absorvo e passo pra frente. Eu sou assim, eu não tenho vergonha, eu gosto de aprender. Mas viver é uma grande lição mesmo... Uma eterna escola. E se for pra acertar, quero errar quantas vezes forem necessárias. E quero perdoar quantas vezes alguém precisar do meu perdão. Quero colecionar experiências e contar muitas histórias. A vida é assim... Um ir e vir sem razão. E é isso que eu quero, continuar vivendo e contando isso aqui, pq eu sou o resultado do que vivi e aprendi ao longo desses anos.

Ter perdido a minha mãe ainda tão nova, me fez crescer alguém pela metade. Parece que com ela, se foi também o meu norte, e eu sempre preferi ser alegre que ser triste, mas não tem jeito, vai sempre faltar alguma coisa. Ser a única mulher de quatro irmãos, me tornou filha única. Agradeço pela vida do meu pai, pelo seu caráter irrepreensível, mas nunca ter recebido um beijo, um abraço e ouvido um “eu te amo” dele, me fez entender que o afeto é mais emergencial que escola cara. E foi aí que eu bati de frente com um ditado que diz: cada um só consegue dar o amor que recebeu. E eu posso dizer com todas as letras, que não recebi amor, cresci sem colo, sem afeto, sem as mais lindas palavras, mas eu desafio alguém ter mais amor pra dar do que eu. E sem demagogia nenhuma, eu afirmo que eu sei o que é amar.

E quanto tempo eu perdi me lamentando pela fatalidade e pela família que eu sempre quis ter e não tive. E é por isso que eu chego mais feliz aos 40, do que aos 30. Pq foi bem depois dos 30 que eu aprendi e me dei conta de que sou a única responsável pela qualidade de vida que tenho hoje. Pelo relacionamento que tenho com as pessoas, com a minha família, com amigos de trabalho, com vizinhos, com as crianças, com o mundo... Eu queria ter descoberto isso antes dos 30, mas tudo bem, tem gente que passa dos 50 sem descobrir, então, eu tô no lucro. E ter essa mentalidade me fez enxergar a vida por outro ângulo. Foi um grande ‘coaching’ da vida pra mim. Pq comecei a dar um basta na bagunça que acumulei durante anos. E entender que a casa precisa estar ordem não tem preço, pq a minha vida é a minha casa. E foi aí que eu parei de espirrar com o cheiro de poeira e de coisas velhas, limpei os cantos, rompi com laços que deixavam a minha vida desordenada. Durante muitos anos, eu me permiti sentir o cheiro de poeira. E chega uma hora que ou vc faz uma desintoxicação pra voltar a respirar melhor, ou os pulmões vão parar de vez. E foi assim que eu deixei o sol entrar! Parar de procurar um culpado pelas minhas negligências, pelo que não deu certo e tomar as rédeas da minha vida foi a decisão mais acertada que tive até hoje.

E no meio de tudo isso, Deus entrou na minha vida e me apresentou o verdadeiro amor incondicional. Me transformou, me consolou, e me amou como eu nunca havia sido amada. Como não ser apaixonada por esse Deus que cuida de mim nos detalhes? Como não amar um Deus que sonda as minhas preocupações, que me ajuda a ser alguém melhor, que me aconselha, que me direciona, que guia os meus pés pelo caminho do bem. O meu porto seguro é nos Seus braços. Eu só sou feliz pq Ele me resgatou com o seu amor. Ahh, o que seria de mim, sem esse Deus que me ama, mesmo sem eu merecer. Um Deus que me mostrou que a gente não pode fazer tudo que nos dá na telha, não. Pq a lei da semeadura existe pra mim e pra vc. E tudo que a gente planta, a gente colhe mesmo, pode demorar, mas a gente colhe. Eu sempre soube disso, mas Deus me fez tomar consciência disso na prática. E é tão bom aprender a respeitar e a amar o próximo como ele é. E aí a gente aprende de vez que é preciso saber viver.

Deus, muito obrigada por essa nova fase da minha vida. Obrigada por ter me ensinado que existe um tempo determinado pra todas as coisas e me feito compreender que melhor é multiplicar do que dividir, somar, do que subtrair. Eu não quero nada sem a Sua direção, sem o Seu favor.

Eu nunca escondi de ninguém, que não tenho o modelo de família que eu queria, mas me orgulho muito de ter uma família que não conheceu o mundo das drogas, nem da prostituição, nem da ilegalidade e sem problemas de saúde. Ninguém nasce com um determinado DNA por acaso. Obrigada pelas cunhadas maravilhosas que o Senhor me deu. Obrigada pelos filhos da minha madrasta que se preocupam comigo, e que me acolhem como uma irmã de sangue. Obrigada pela vida do meu pai, pela saúde perfeita dele. Obrigada por ter nos abençoado com uma madrasta querida. Então, obrigada pela família que o Senhor me deu.

Eu agradeço muito a Deus pelos amigos que eu tenho, por aqueles que me aceitam exatamente do jeito que eu sou e com suas críticas e conselhos me ajudam a melhorar. Obrigada pelos bons e poucos amigos que me apoiam nas circunstancias mais adversas, e estão sempre prontos a me abraçar. Agradeço por cada “eu te amo” que ouço dos meus sobrinhos, dos filhos das minhas amigas, e por ter sido escolhida por essas crianças.

Obrigada, Deus, por eu passar por tantas dificuldades e decepções sem NENHUMA mágoa no coração, sem deixar de perdoar uma única pessoa se quer. Obrigada por me dar um coração que não sabe acumular rancor. Isso é um presente de Deus, e também por isso eu agradeço. Agradeço a Deus pelos talentos que eu tenho. Pela minha capacidade de superação e por chegar até aqui sem nenhum problema grave de saúde, aliás, até resfriado eu conto nos dedos, rarissimas vezes eu sinto uma dor de cabeça... Nossa, isso não tem dinheiro que pague. As pessoas ficam mais velhas e, com os anos, a insônia os alcança, mas comigo, não, cada vez tenho mais sono e noites mais tranquilas, pq quem sofre desse mal, sabe o valor de uma noite bem dormida. Nunca senti tristeza profunda e, definitivamente, não tenho pré-disposição pra depressão. Como deixar de agradecer a esse Deus que é sempre tão generoso comigo, e cuida de mim nos detalhes... Me diz?

Sou eternamente grata por ser quem eu sou. E, acima de tudo, pelo Senhor acreditar em mim, confiar em mim e fazer de mim uma mulher de bem. Hoje, sou apenas alguém em busca de cumprir a minha missão e o meu chamado. Pq no final das contas, vc entende que as coisas mais simples da vida são as melhores que se podem ter.

Enfim, 40 anos!!! ;)

1 compartilhamento
Inserida por megglima