Douglas Rodrigues da Silva: As bocas clamam por justiça. Ainda...

As bocas clamam por justiça. Ainda assim, a mordaça insiste em lhes fazer calar, renegando um direito que é só mesmo a liberdade, a beleza das vozes de um povo ... Frase de Douglas Rodrigues da Silva.

As bocas clamam por justiça.
Ainda assim, a mordaça insiste em lhes fazer calar,
renegando um direito que é só mesmo a liberdade,
a beleza das vozes de um povo que quer falar.

Por muito tempo viveu latente
essa força do homem, coisa revolucionária.
Mas, da queda da Bastilha nasceu a batalha
de lavar a honra
com o vil sangue de alguns canalhas.

Acordou com a aurora a liberdade,
os grilhões se rebentaram
para nunca mais prender,
mãos humildes, de inocentes,
que na democracia que acreditavam
só querem mesmo fazer justiça
de seu direito valer.

Canta liberdade,
sopro de justiça,
canta povo,
pensante caniço,
canta democracia,
com seu olhar em riso...

1 compartilhamento
Inserida por dohrds