Esther Martins: Ás vezes tento te tirar dos meus...

Ás vezes tento te tirar dos meus pensamentos, apagar o seu rosto, não dizer o seu nome. Mas maldita seja a paixão que me impede de fazer sucesso em tais tentativas. Minhas palavras são teu nome e minhas memórias são o tempo que passei junto a ti. Diga-me, então, se tenho condições de viver assim; com o coração assustado e perturbado.
Procuro em outras pessoas o seu rosto, as suas doces palavras, o seu doce sorriso. Procuro em outras pessoas seus atos carinhosos. E eu até consigo te esquecer por uns dois ou três minutos. Mas, doravante, tudo volta; parecendo estar mais forte, intensa. É essa paixão que não me deixa viver em paz.
Tento sentir ódio, rir da tua tristeza, mas minutos depois que esses pensamentos chegam a minha cabeça e somem como chegaram - surpreendentemente rápido e inesperadamente - e eu percebo o quão ridículo foi ao menos imaginar que eu poderia te odiar. Que eu poderia parar de te odiar.
Mas eu continuo tentando, a cada dia, te esquecer.
Porém, a cada dia que passa, ao invés de te esquecer, eu te amo cada vez mais.

3 compartilhamentos
Inserida por julietaja