A verdadeira natureza do amor Como é o... Quase Anjos

A verdadeira natureza do amor

Como é o amor?
O amor é complicado, é caprichoso, é cruel, é egoísta? O amor é injusto? O amor é possessivo e ciumento? O amor é angústia todos os dias? É um desencontro permanente? O amor é traiçoeiro?
O amor dói? O amor desilusiona? O amor é solidão? O amor vai e vem?

Qual é a verdadeira natureza do amor?

Todos nos preocupamos que nos amem. Fazemos qualquer coisa para que nos amem. Mas, é mais importante ser amado ou amar? O que ama não será mais feliz do que aquele que só quer que o amem?
Se algo dá errado, aquele que ama não se importa, vai contra vento e maré, custe o que custar, o que ele quer é amar.

Quando alguém ama, o outro é mais importante do que ele mesmo. Quando amas, fazes qualquer sacrifício pelo outro, e nada te faz mais feliz do que ver ao outro feliz e nada te faz mais triste do que ver ao outro triste.
Quando amas, amas até o ponto de renunciar a teu amor, por teu amor. E quem de nós faria algo assim? Não, porque nada nos basta, queremos que os outros renunciem a tudo, que se sacrifiquem, que sejam heróis para nós, e se isso não é assim significa que não nos amam? Se dão conta? Nada nos basta.

Porque aquele que ama, ama. Ama aquilo que gosta, aquilo que não gosta, aquilo que nunca vai gostar. O que ama não é como aquele que sempre está aí procurando cabelo em ovo, uma falha para dizer: "Ta vendo, não me amas tanto quanto me falas, não me amas como mereço, não me amas até o infinito."

O amor é entregar-se, é que o outro seja mais importante que você.

Você não encontra o amor, o é que amor te encontra, e quando te encontra, te arrasa, te dá voltas, te tira o ar, e o único que te importa é amar, amar de frente, sem razões, sem especulações, amar e só amar porque essa é a verdadeira natureza do amor.

2 compartilhamentos
Inserida por QuaseAnjos