Dimitry Duarte: Reflexões vespertinas Maturidade, o...

Reflexões vespertinas

Maturidade, o resultado do “envelhecimento” da mente? Tempos atrás eu diria que sim, a maturidade vem com a idade, e que quanto mais velho, mais responsável a pessoa é, mas ultimamente ando mudando de idéia a respeito desse conceito.
Resultado das minhas últimas reflexões, comecei a pensar sobre o assunto, e de certa forma, observar e rever cada opinião minha a respeito, reformulando quase que totalmente aquilo que eu pensava sobre isso.
Maturidade, nada mais é do que a necessidade do ser humano de se tornar responsável, num desejo inexplicável de ser notado, e de demonstrar a si mesmo e aos outros, o quanto somos superiores por aparentar que já temos opiniões e conceitos formados sobre tudo e todos.
Uma pessoa madura não é somente aquela que ao nosso parecer tem responsabilidade e nos trás segurança ao falar e agir. Uma pessoa madura é aquela cujo período de aprendizagem sobre o mundo nunca acaba, sempre absorvendo informações, que mesmo com tanto conteúdo, comentários, dados distintos, e uma infinidade de outras opiniões, ela cria as suas próprias, formula previamente seus pensamentos, e em vez de engavetá-los, ela os demonstra, fazendo com que finalmente ela se torne notável.
Pensando assim, posso lembrar de alguns rostos que conheço que se encaixam perfeitamente nessas descrições, alguns jovens mais maduros do que muitos adultos.
Cada um tem o seu tempo de amadurecer, e ao contrário do que muitos pensam, ser imaturo não é ser infantil, alguém infantil, demonstra comportamentos impensados, age sem juízo e sem responsabilidade, se comporta realmente como uma criança teimosa, que teima consigo mesmo e com os outros. Já alguém imaturo, é simplesmente alguém que ainda não está pronto para mostrar ao mundo seu ponto de vista, e funciona como uma esponja, que absorve aquilo que lhe convém, dando certeza de que um dia ele irá amadurecer, é como uma flor, que absorve água e nutrientes para que um dia ela possa vir a desabrochar, nunca com pressa, mas com paciência, porque no final sua beleza encantará a todos, inclusive aqueles que tanto a julgavam.

1 compartilhamento
Inserida por ddmbrito