Aline Bermejo: "Ás vezes o amor não é muito...

"Ás vezes o amor não é muito mais que partilhar uma vida ociosa, dividir um momento bobo, tomar café de tarde e comer pupunhas cozidas. Essa vida simples e sem fortes emoções pode parecer sem graça, mas definitivamente o amor que aprendemos vendo filmes de tarde nos canais abertos nunca vai ser próximo da realidade, não se pode viver em constante aventura, é tolo aquele que acha que o amor correspondido vai mudar para sempre a sua vida, trazendo tudo oque achou que faltava aos seus dias. O amor consiste em ter uma boa companhia, uma boa conversa, um abraço quente para dormir; é ter alguém para te apoiar e te abraçar beijando a sua cabeça quando você está só e se sente perdido. Aquele amor que você menospreza meu amigo, é apenas continuar vivendo a sua vida sabendo que existe alguém com quem você não tem nenhum laço sanguíneo, com quem você não cresceu e há pouco tempo não conhecia que viveria tudo por você, que seria os seus degraus e os seus olhos e o seu braço direito. Mas você quer aventura? Pegue a sua mochila e vamos embora manhã!"

1 compartilhamento
Inserida por BermejoAline