Simony Thomazini: Estou fora do ar. É, tem dias que tudo...

Estou fora do ar. É, tem dias que tudo que você quer, é estar ausente. Se possível ausente de si mesmo, o que convenhamos, não é tão difícil. Dias difíceis, dias massivos e compulsivos. Ouço música sem parar. Dirijo apressada pelas ruas da cidade. E as vezes me perco em becos escuros de propósito, tentando me afastar do barulho excessivo das loucuras mundanas. Mas veja só: Estou sozinha com o barulho mais sórdido que alguém poderia ouvir: Meus pensamentos. Eles me fazem ficar tonta.E em fuga ( de novo ) volto ainda mais vazia pra casa. Tem dias que me recolho no quarto e fico inerte olhando o teto. Procurando respostas. Procurando aquele velho clichê que eu odeio, mas me vejo dizendo: “Luz no fim do túnel”. Só que o meu túnel é pintado de preto fosco e claro, sem saída. Ando realista demais. Não adianta. Até minhas próprias fugas estão me entediando. Não há mais lugar pra fugir. Não posso me levar de volta. Não há luz. Não há saída. Sinto que vou enlouquecer. O despertador toca. A realidade se apresenta sorrateira a mim. É, aqui vou eu em mais um dia.

1 compartilhamento
Inserida por SimonyThomazini