Amanda Munari: "Quando tudo começou certamente...

"Quando tudo começou certamente tive uma imensa confirmação que iria ter de aprender muita coisa, e tinha conciência que não iria ser fácil.
Até ai tudo bem, apesar também achava que merecia passar por experiências de amor, muito tempo sozinho ninguém fica. Estava disposta a me entregar e te amar como único no mundo, estava mesmo... Disposta a me abrir, me soltar, à sonhar alto e sentir demais. Pois é, será que esse foi o problema? Não lembrei que quem sonha alto demais, caí no chão rápido demais também.
Uma tola sou eu.
Te amava, era uma paixão que nem eu sabia explicar, e mesmo que tentava fazer mil textos para me achar nessas linhas não iria conseguir me entender. Vamos nós dizer que estava completamente cega! Eu me ceguei, e só senti a dor depois que o tempo me mostrou o que estava fazendo...
Depois de tanto tempo sozinha, queria alguém que me desse a segurança e o conforto de ser feliz e estar bem. Ah, uma tola!
Será que era isso que eu tinha que entender? Será que eu tinha que entender que eu tinha que me amar em primeiro lugar e eu mesma dar essa segurança pra mim? Poxa.
Muitas pessoas acham tolice sofrer por amor e chorar por isso também, mas esse sentimento é tão intenso que nós conduz à coisas que não esperaríamos fazer. Parece até que estamos bêbados e na manhã seguinte ficamos tão mal que a ressaca bate de um jeito que nós acaba. Poxa... A que ponto cheguei, estou comparando mesmo amor com álcool. Pois quando você se vicia nesse amor, é uma droga!

1 compartilhamento
Inserida por AmandaMunari