Natiely Simioni: Estava sentada hoje olhando pro nada, e...

Estava sentada hoje olhando pro nada, e comecei a relembrar de quando minha mãe coloca aquela piscina de 1000litros nos fundos da casa para mim me divertir enquanto ela limpava a casa. Eram tempos difíceis, mas felizes. Não que hoje não seja, mas como diz o ditado: Eu era feliz e não sabia. Lembro-me das músicas favoritas, das brincadeiras de power ranger e de imitar os cantores favoritos kk, lembro-me dos teatros da igreja e da Infância Missionária, das aulas de música e de teclado. Lembro-me da escola, de quando eu só conversava e mesmo assim tirava notas altas no boletim, ou de quando eu brigava com minha melhor amiga em um dia e no outro eu já estava rindo com ela novamente. Lembro-me das novelas de criança que passava no sbt, e do nome do menino que eu gostava e que escrevi na árvore. Lembro-me dos choros de dor por um tombo, ou por achar que minha mãe havia sofrido um acidente de tanto demorar para me pegar na escola. Lembro-me das rizadas, das verdadeiras gargalhadas que dava por coisas bobas, idiotas mas boas com as minhas amigas. Sinto saudades de palavras e sonhos, do olhar verdadeiro e do sorriso de bom dia. Sinto saudades da brincadeira de pega pega, das promoções da coca cola que tínhamos que colecionar tampinhas para ganhar bichinhos, sinto saudades da verdadeira musica sertaneja e gaucha, sinto saudade do natal em família, e da páscoa quando ganhava um monte de chocolates. Sinto saudades de pessoas que passaram, de pessoas que foram e não voltam mais, de pessoas que não sabem o quanto foram e são ainda importantes pra mim. Sinto saudades da minha infância, que não volta, mas que deixou inesquecíveis lembranças.

1 compartilhamento
Inserida por natielysimioni