Ramiro Conceição Nascimento: A Cidade do Poeta "Sob o sol do...

A Cidade do Poeta "Sob o sol do Sul, um ipê se aproximava do andarilho com seus cães. Mas, metralhadoras na favela... Ainda assim, o artista libertou os do... Frase de Ramiro Conceição Nascimento.

A Cidade do Poeta

"Sob o sol do Sul, um ipê se aproximava
do andarilho com seus cães. Mas, metralhadoras
na favela...
Ainda assim,
o artista libertou os domesticados:
bem se escondeu; mal correu — desacorrentado.

Pródigo, o ipê ofertava ao poeta
seu raro amarelo nítido: ensinava
que o belo é meio, não um fim, ao infinito.
Mas, metralhadoras numa vilela...

De longe, saltitantes, bem e mal
retornaram às coleiras imaginárias
do consagrador de palavras,
mas o amarelo inovador com gravidade
foi ferido
no cantarejar das metralhadoras
na viela:
um pequeno lusíada mestiço,
num beco brincando com a vida,
morreu — sem saída."

1 compartilhamento
Inserida por juninhoassis