Rafael Valladão Rocha: Faço meu ato ser Tudo aquilo Que nunca...

Faço meu ato ser
Tudo aquilo
Que nunca quis dizer
Tudo aquilo
que nunca quis fazer

Nada é fácil sem você
Longe de mim mesmo
Pareço até melhorar
Mas esse mundo nunca irá me entender
E eu nunca o entenderei
Todos eles dizem apenas
Que eu errei

No seu abraço eu encontrei
Toda a razão e o porquê
De tanto me subestimei
Estava certo que tudo iria
Terminar da melhor forma possível
Mas o teu perdão
É um espelho invisível

Me lembro de você dizendo me entender
E tudo que eu queria
Era estar sempre com você
Pois sempre iria me confundir
Mas com você, eu sabia pra onde ir

É aquela velha compreensão
Que cria em si uma segurança
Que sempre terá valor em teu coração
E que nunca lhe faltará
Para cada erro um perdão

Porque teve de me deixar
Os meus erros fizeram eu me perder
E mais perdido estou e sempre estarei
Perdido por não me achar com você

Me tornei tão dependente
De tanto tentar parecer
Alguém bom o suficiente pra você
E mais uma vez eu tive de cair
Para aprender á levantar
Nada foi um erro
Que não possa se consertar
Na vida tudo são escolhas
E eu devo dizer
Mas eu nunca escolhi amar você

Para as estrelas eu rogo
Que faça meus arrependimentos
Tocarem seus velhos pensamentos
E assim você possa sentir e perceber
Que nada é fácil sem você

E se ainda lhe restar piedade
Entenderá o que digo
E saberá toda a verdade

Não, não quero mais estar
Tão longe das minhas asas
Quero acordar e mais uma vez
Voar e voar
Pra longe daqui
Para o lar dos anjos como você
Onde todos saibam me amar
E me proteger

Sei que sou tão deprimente
Mas suas palavras todas as noites
Tocam minha mente
E se tudo pudesse voltar
Eu agiria normalmente
E estaria condenado
Abandonado e descrente

Não espero que se preocupe
Nem que se importe
Só queria botar pra fora
E tentar cicatrizar
Esse eterno corte

1 compartilhamento
Inserida por rafaelRocha