Andressa Brandão: — Aceita Um chazinho? ' — Sim, Dois...

— Aceita Um chazinho ?
' — Sim, Dois cubinhos de açúcar por favor.
— Hm.. é que Não tem açúcar Senhor.
' — Como é ? Rapaz, Você sabe o Meu Nome ?
— Não, Não Senhor.
' — Rum.. Então pode ir, Hoje estou de Bom Humor.
— Mais e o Chá Senhor ?
' — Ah.. e o chá ? Vem aqui Rapaz.
— Não.. senhor.. não.. por favor.. por fav..ahhh..
' — Quando Eu..
— não senhor... aaahh no olho n..
' — Disser que pode ir..
— Ahhhh.. ta quent..
' — Voce deve ir rapaz..
— Desculp senh..
' — Isto é apenas para..
— senhor..eu..cof..perd..
' — Seu aprendizado..
— Alguem..soc..soco...ahh..na..na..
' — E que fique claro...
— ..me perd.. senh..cof..cof..
' — Meu Nome é.. Brandão.
— Tudo be.. bem.. descul..
' — Brandao. Brand..
— Tud.. não.. na.. po.. para..para..
' — Brandao. Brandao.
— pa.. desc.. na..
' — Brandao. Brandao. Brandao.
— [...]
' — Brandao. Brandao. Brandao.
— Senhor ?
' — sim ?
— Posso tirar a mesa ?
' — É claro, mais retire apenas o corpo.. E me traga outra xicara pois ainda vou terminar o chá.
— Mais.. Senh.. Senhor.. Não..te, te, tem.. açuc.. açucar.
' — Não se preocupe, a alma deste homem era doce.

1 compartilhamento
Inserida por dessahup