Alessandro Guimarães: E brando estava o céu Reluzente como...

E brando estava o céu Reluzente como sempre Mas num de repente Um vento se manifestou Negras nuvens apareceram E as vozes dos trovões Tremia os alicerces E uma ... Frase de Alessandro Guimarães.

E brando estava o céu
Reluzente como sempre
Mas num de repente
Um vento se manifestou

Negras nuvens apareceram
E as vozes dos trovões
Tremia os alicerces
E uma forte chuva se espalhava

Tenebrosos raios iluminavam os céus
Deixando a tormenta assustadora
E sua fúria destrutiva
Causando agonia e tristeza

Porem, suavemente a tormenta se foi
E toda aquela angustia e aflição
Partiram juntos como num sopro
E uma paz reinou em nossos corações

Tudo na vida tem um motivo e um sentido
Às vezes as tempestades não vêm para destruir
Mas sim, para construir e fortalecer
Aquilo que não dávamos tanta importância...

1 compartilhamento
Inserida por Aleacq