Julio Aukay: Em meus versos sou homem, mulher, anjo,...

Em meus versos sou homem, mulher, anjo, demônio, tempestade e acalento... Sou remédio, veneno e bicho selvagem... Sem mesmo não parecer justo e certo sou o erro... Frase de Julio Aukay.

Em meus versos sou homem, mulher, anjo, demônio, tempestade e acalento...
Sou remédio, veneno e bicho selvagem...
Sem mesmo não parecer justo e certo sou o erro que se acerta no futuro qual quer;

1 compartilhamento
Inserida por JULIOAUKAY