David Ben Schwantes.: “O que eu sei é que a gente planeja...

“O que eu sei é que a gente planeja demais... A gente quer tanta coisa na vida, quer que tudo saia direito, na primeira tentativa (ou mesmo sem tentativa), sem luta, sem suor, sem dor, sem lágrimas, nem nada... A gente quer que os pais sejam como nas propagandas de margarina, que os amigos nunca errem, que os professores não tenham pecados e que os amores não tenham defeitos. A gente sai por aí planejando gerar semideuses, não filhos; imaginando que trabalhar é fazer só o que a gente gosta e que toda coisa boa da vida tem que ser eternizada (Ledo engano! Há muita coisa boa que só aconteceu mesmo para ser lembrada!). A gente se ilude esperando contra as probabilidades, idealizando comportamentos, quando deveria estar cultivando tolerâncias. É, o que eu sei mesmo é que a gente planeja demais... Talvez seja tempo da gente se lançar um pouco à sorte, de esperar para ver o que acontece, de amar sem um projeto preciso de uma vida ideal e sem graça. Talvez a gente só deva depor as ansiedades, companheiras de toda a vida, para se dar a chance de simplesmente viver um pouco ao sabor do bom e velho acaso. Afinal de contas, a muita gente por aí, ele até que tratou muito bem. Deixem-me em paz! Este é o meu momento e nele não quero nem sugestões preocupadas e nem perguntas difíceis sobre o que vem depois, porque andei planejando demais antes de agora... Deu tudo errado! E agora tudo o que eu quero é viver com a dignidade humana mínima que o amor que estou recebendo e dando está despertando em mim”

1 compartilhamento
Inserida por AndressaChaves