Claudia de Marchi: Sim, os meus erros do passado, o meu...

Sim, os meus erros do passado, o meu hábito de confiar demais, de confiar uma, duas ou três vezes na mesma pessoa me tornou esta pessoa que quase nunca confia em alguém.
Uma pessoa sozinha, mas feliz consigo mesma, porque tenho plena certeza de que não irei dar confiança demais para quem não merece o mínimo do meu prezar. Novos erros talvez eu cometa, os mesmos de ontem, eu não pretendo cometer.

1 compartilhamento
Inserida por Ebonyworld