Samuel Gonçalves: Grande Sábio, desculpe interromper seus...

Grande Sábio, desculpe interromper seus estudos mas é uma questão urgente. –Diz homem visivelmente transtornado que entra na Biblioteca.
–Pois não jovem, o que é tão urgente? –Questiona o Sábio.
–Minha profissão é recolher o lixo da cidade, eu tenho vergonha de ter um trabalho tão pouco valorizado. O senhor poderia me ensinar outro ofício. Algo que seja realmente importante?
–Sim, eu posso! Mas primeiro você terá que me fazer um favor! – Responde o sábio fechando o livro que estava lendo.
– Claro, o que o senhor me pedir!
– Pois bem, vá até o mercado da cidade e venda esse meu anel. Mas é imprescindível que você consiga o máximo por ele. Se te oferecerem menos de 1 moeda de ouro, recuse de imediato. Vou usar o dinheiro para pagar uma dívida que tenho. – O sábio entrega um anel pequeno que carregava em seu dedo mínimo.
– Sim senhor! Vou agora mesmo! –Nem terminou de falar o homem e já foi saindo com o anel.
Chegando no mercado o homem começou a oferecer o anel. Muitos paravam para ver, porém quando ouviam o preço, saiam rindo de deboche. Diziam que era muito para se pagar por um anel. Alguns até ofereceram moedas de prata para ajudar o homem. Como ele havia recebido instruções de só vender se conseguisse uma moeda de ouro pelo menos, voltou triste para falar com o sábio.
–Grande sábio, me desculpe! Não consegui vender seu anel. O máximo que me ofereceram nele foram 3 moedas de prata. Então eu o trouxe de volta, me perdoe!
–O sábio coçou a cabeça intrigado e disse ao homem:
–Estranho, poderia jurar que o anel valeria um pouco mais! Façamos o seguinte: Leve-o até o Joalheiro e peça para avaliar. Mas de modo algum venda o anel. Apenas avalie!
–O homem foi até o joalheiro e entregou o anel. Após examinar o anel com uma lupa e pesá-lo o Joalheiro disse:
–Diga ao seu amigo que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.
–58 MOEDAS DE OURO! –Exclamou o homem.
–Sim! –Replicou o joalheiro, eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...
–O homem correu emocionado à biblioteca para contar o que ocorreu.
–Sente-se! –Disse o sábio após ouvir tudo o que o homem havia lhe contado.
–Você é como esse anel! Porém só terá valor se avaliado pelas pessoas certas!
–Continuando o sábio pergunta:
–Sua Profissão é pouco valorizada por quem? Seus filhos ou sua esposa que recebem dela o sustento? Pelos amigos que frequentam sua casa e desfrutam da hospitalidade e confortos gerados por seu trabalho?
–Não senhor, para eles eu faço um trabalho muito importante!
–O sábio guarda o anel e diz:
–Vou lhe ensinar a profissão que desejar, mas não diga que a sua não é importante. Todos temos nosso papel na sociedade! –Então conclui:
–Que ofício gostaria de aprender?
–O Homem já saindo da sala responde:
–Já faço o que gosto! Obrigado por tudo!

1 compartilhamento
Inserida por emaildosamuka