Ronaldo M. Rangel: O homem só é como um canhão esquecido...

O homem só é como um canhão esquecido nos fortes com pólvoras secas que não explodem por sorte, a solidão é como uma lenta morte, matando o homem aos poucos com... Frase de Ronaldo M. Rangel.

O homem só é como um canhão esquecido nos fortes com pólvoras secas que não explodem por sorte, a solidão é como uma lenta morte, matando o homem aos poucos como um câncer ou como uma lâmina agonizante fazendo-lhe vários cortes, mesmo que ninguém ateie no pavio curto o fogo, sozinho por tempos e secos ao vento, queimará o cordão entorno, mesmo sendo um canhão sozinho ele explode.

1 compartilhamento
Inserida por Fuzi