Carol Rondon: Melodrama Arcaico Medieval! Me pergunto,...

Melodrama Arcaico Medieval!

Me pergunto, será que essas dores são reais? Porque na verdade, sinceramente não sei o que acarreta tudo isso, porque quando finalizo uma grande batalha em minha mente, uma outra acaba de ser criada por outras pessoas e, por motivos incoerentes isso me deixa intrigada, qual seria o grande problema do qual não sou bem vinda num lugar que nem sequer um dia, pisei? Soa para os de fora como se eu estivesse implorando para servir de escrava. Eu não gostaria de ser o tipo de pessoa que se humilha, isso não é do meu feitio.

Achando que isso é um defeito, que esse orgulho me consome e me separa de grandes nações, eu somente digo que estás errado, pois quando se perde um membro da família ou dois, quer dizer que na verdade não eram da família e, isso somente quer dizer que os membros não eram leais ao seu lar e, ao seu próprio ”eu”.

Quando encontra-se um membro da tribo de Judá, esvarando-se em Sodoma e Gomorra, quer dizer que nunca foi fiel ao seu Deus e, resolveu se entregar aos prazeres da carne. Sendo Deus todo poderoso, acha que perdoaria? Eu que só humana sou tenho de ter esse luxo?

Mil perdões caros leitores, mas as histórias que estão e serão aqui escritas, não terminarão de um jeito que terminam os contos de fadas … serão de um jeito que acontece em histórias reais.

Na decisão de quem for pedido o perdão e, nesse caso sou eu e a minha escolha, a determinação de rainha que sou, nesse império constituído pela força, fé e pleno orgulho vasto, portanto, o único mandato será:

- cortem as cabeças!

1 compartilhamento
Inserida por carolrondon