Bruno Luiz Mattos: Em um sopro tudo se apaga Mesmo que algo...

Em um sopro tudo se apaga
Mesmo que algo reacenda
Meu sofrimento permanecerá oculto
Bem longe do seu olhar bondoso
Onde sempre existe algo incomodando
A perfeita harmonia de seu julgamento

Não há tempo de compartilhar
O que ninguém quer olhar

No encontro de uma Constante - Sofrimento oculto

1 compartilhamento
Inserida por UmaConstante