Bia Caires: Passo tão despercebida, ando pelas ruas...

Passo tão despercebida, ando pelas ruas observando as pessoas em dias sem fim. Cada passo à frente são dois para trás, e por isso nunca tenho um presente estável. Volta e meia me entrego - de corpo e alma - ao prazer de olhar em volta e sorrir. Mas flexionar a boca é tão preguiçoso. Prefiro sentar em frente à uma tela de cinema e ficar ouvindo as pessoas mastigarem aquela pipoca salgada, ver os casais se dando as mãos e trocando aquela coisa nojenta, ósculos. Popularmente conhecido como troca de saliva, pegação, ou beijo. Não que eu não goste de beijos, mas vamos combinar que beijar é totalmente distinto de desentupir um orifício. Paciência.
Me desloco facilmente em certos ambientes, não gosto de igrejas. Religião é algo opcional, como acreditar. Acredito, mas sem sentir obrigação em frequentar lugares de obcecados. Não tenho mais razões e não dou razões a ninguém. Cheguei com esse negocio de encontrar razões para viver, motivos para ser feliz, para sorrir, chorar, comer, mandar as pessoas irem para o quinto dos infernos. Chega. Por favor, não procure nenhuma razão na vida, você só encontra caminhos e pistas. Conselho de quem não sabe nada da vida, siga-os, você também nunca vai descobrir coisa alguma. Parafraseando Sócrates, 'Só sei que nada sei.' E é a mais pura verdade desse senhor, meus caros sobreviventes dessa massa quase redonda de hipocrisia. Ninguém passa pela vida para aprender a saber que um dia qualquer, na fila do pão, poderá morrer e todo aquele trabalho de se concentrar no piscar de olhos será deletado de sua memoria, ou qualquer chip que você tenha no lugar do cérebro, capaz de armazenar informações.
Não divido minhas coisas, o que é meu, é só meu. Sou egoísta e orgulhosa, e às vezes, sutil. Não me peça, ou insista pra ser sua amiga. Escolho meus companheiros à dedo e não sou popular. Raramente me sinto confortável para fazer novas amizades. Não, isso não é charme e não sou antissocial. É apenas falta de paciência. Não sei lidar com pessoas medíocres que acham - só acham - que o mundo gira em torno delas. Acordem Medíocres!!! O mundo não gira ao seu redor!!! Você sim, gira em torno do mundo, se você parar, o mundo não parará por você!!! O mundo não precisa de você!!! Ninguém mais precisa de você quanto a si mesmo. Triste a realidade de quem não compreende o real e vive naquele mundinho de sonhos utópicos. Sonho, sonho alto, mas sonho e faço acontecer. Não espero nenhum milagre ou fadinhas com super poderes.
Durmo.
Qualquer ruido na noite,
me desperta.
Sou sensível à toques e anjos do mal.
Olhos fechados,
mas acordada.
Com o coração trancado
e a chave nas mãos.

1 compartilhamento
Inserida por biacaires