Coleção pessoal de WILAMYCARNEIRO

1 - 20 do total de 125 pensamentos na coleção de WILAMYCARNEIRO

⁠Amigos são poucos.
Colegas têm de montão.
Amigos são como bons livros
É como os dedos da sua mão.
Amigos são em pouca quantidade,
Mas, porém, lhe servem
Quando estiveres em aflição!

Wilamy Carneiro - Poeta. Escritor e Cordelista Sobralense
Tags: amigos. verdadeiros.


Em Recife acordei
Na feira fui comprar.
No Mercado São José
Comprei melão,maracujá.
Peixe fresco e feijão.
Vi chocalho e gibão.
Artesanato e chapéu.
Arroz milho a granel.
Berço do poeta bairrista
Rego Maranhão: o menestrel.

Wilamy Carneiro - poeta., escritor cordelista Sobralense


Uma das maiores dádiva divina é ter um coração de criança, brincar como criança, dormir como criança, possuir
a verdade e um pouco da imaturidade
de uma criança!

Wilamy Carneiro - Poeta, escritor e cordelista sobralense
Tags: criança. dádiva


"A poesia é instigante
Alimenta o ego, a alma.
Alegra a mente de quem escreve".

Wilamy Carmeiro - Poeta e escritor Sobralense

⁠A Cultura poética de Orlando Drummond!

A Escolinha se despede
Na cultura do humor
Para Orlando Drummond
Um eterno dublador.
Cem mais um na medida
Foi agora em despedida
O comediante e ator.

Wilamy Carneiro - Poeta e escritor cordelista sobralense
Tags: humor. comediante.


A menina de Imperatriz
Quantos sonhos a realizar
A "Fadinha do Skate"
Numa medalha conquistar
A menina nordestina
De Imperatriz sua sina
O Brasil nos fez brilhar.

Wilamy Carneiro - Poeta, cordelista e cronista sobralense


Uma nordestina fera
A fadinha Rayssa Leal
Skate não é só pra homem
Disse a fada num jornal
Trouxe “Prata pro Brasil”
Em Tóquio: o Mundo viu
Deu mídia Internacional.

Wilamy Carneiro - poeta e cordelista sobralense

A Fada Menina de Imperatriz!

Quando um sonho é possível
Em tudo podemos acreditar,
Uma menina de Imperatriz
Em Tóquio fez realizar,
Ganhou medalha de prata
Ao Brasil com sua graça
Fez o mundo balançar.

Wilamy Carneiro - Poeta e escritor cearense

⁠RECIFE TEU E MEU!

Pernambuco onde o SOL é teu.
Recife dos sonhos meus.
Do Capibaribe de João Cabral.
O poeta de Recife impessoal.
Em Surubim, o Capiba viveu.
Belos casarios na Rua Aurora.
Visitam teus fãs toda hora.
Antônio Maria na Rua dos Judeus.
Na Bom Jesus, o FREVO floresceu!
A madrugada, o Galo da Ponte.
O Carnaval de Olinda, no horizonte.
No Marco Zero, foliões a dançar.
As belas águas de Itamaracá!
Que Reginaldo Rossi um dia escreveu.

Wilamy Carneiro - poeta e cordelista cearense
Tags: recife. pernambuco.

⁠Recife meu e teu!

Pernambuco onde o sol é teu,Recife dos arrecifes meu
Do Capibaribe de João Cabral,o poeta de Recife impessoal.
Em Surubim, o Capiba viveu,homenagem na Rua aurora
visita de fãs toda hora.Antônio Maria na Rua do Judeu
Na Bom Jesus, o frevo floresceu
Madrugada, um galo na ponte
Num carnaval a folia estonteante
Marco Zero foliões a dançar
Que Rossi do Brega aponte!

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense
Tags: recife pernambuco

⁠Serra da Meruoca - Um Oásis,
refrigério de clima aconhegante,
de vistosa mata exuberante
alguns minutos apenas de Sobral.

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense

“O que escrevo em vida é como um pergaminho da eternidade. A corpo vai embora, mas, a poesia fica eternamente.”

Wilamy Carneiro - Poeta e escritor
Tags: vida eternidade

⁠"Quanto mais existo, vivo sou convicto que sei menos.
O Universo é um saber extraordinário"

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense
Tags: universo grandeza


CORDEL DO PREGUIÇOSO!

Entra e sai ele apronta
Com quem vê na frente
Vive na mordomia
A labuta não enfrenta
Trabaiá é uma agonia
Seja noite seja dia
Preguiçoso ninguém aguenta.

Wilamy Carneiro - Poeta e escritor cearense
Tags: preguiçoso. trabalhar.

⁠Cordel do preguiçoso!

Preguiçoso é bicho mala
Arredio e aletrado
Só arruma encrenca
Um tremendo safado
Tem a cara doCapeta
É doidinho por uma treta
Faz-se de abestado.

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense

⁠Cordel do preguiçoso

Preguiçoso é bicho mala
Arredio e aletrado
Só arruma encrenca
Um tremendo safado
Tem a cara doCapeta
É doidinho por uma treta
Faz-se de abestado.

Entra e sai ele apronta
Com quem vê na frente
Vive na mordomia
A labuta não enfrenta
Trabaiá é uma agonia
Seja noite seja dia
Preguiçoso ninguém aguenta.

Wilamy Canreiro) Zé dos Sonhos

05 de maio de 2021

Wilamy Carneiro - poeta e cordelista cearense
Tags: cordel. preguiçoso.

⁠Se o Mundo está acima do peso, por que ainda existe tanta gente passando fome?

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense

⁠Se queres conhecer boa parte da História de Sobral, sejas assíduo nas leituras e livros do jornalista, escritor Lustosa da Costa.

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralnse

⁠Eu nasci numa época, que quando quebrava-se alguma coisa,
era ensinado a consertar, e não jogar fora.

Wilamy Carneiro - poeta e escritor sobralense
Tags: quebrado consertar

⁠Aqui no Ceará aparece Zé de Montão
Tem Zé Doidim, Zé Matuto.
Zé Bureta e Zé Oião
No buteco, o dono é Zé Quartinha
O picolezeiro é Zé Porquinha
O padeiro na entrega é Zé Molenga
Apelidaram o bebum de Zé Foenga
Na sacristia com o padre é o Zé Miltão.

Wlamy Carneiro - poeta e cordelista sobralense