Coleção pessoal de vmgoncalve

1 - 20 do total de 270 pensamentos na coleção de vmgoncalve

Voei tempo demais.
É no teu abraço que quero pousar.
É no teu sorriso que o meu beijo quer morar.

Virginia Marrachinho
Tags: abraço sorriso

Que consigas olhar para dentro
Que consigas aceitar amor
Que consigas sorrir para uma flor
Que consigas ser, estar e partir sem que deixes de estar presente
Que consigas agarrar as redeas da tua vida e sintas a brisa da paz, do equilibrio da harmonia que é seres Luz!
Que o amor te permita dar sem reservas.

Virginia Marrachinho

E, de repente, percebes o quanto mudaste.
Perdeste o medo, ganhaste força!
Tens CORAGEM e reconheces que podes superar a maior das dores sem definhar. Porque a vida simplesmente continua, muda e...
É sempre para melhor!

Virginia Marrachinho
Tags: mudança coragem

Por vezes desacreditamos no amor convictos que é normal ser infeliz, que anular o que somos para corresponder às expectativas de quem escolhemos é o preço justo a pagar por umas migalhas de atenção e respeito.
O amor existe e começa em nós e só depois se reflete plenamente à nossa volta.
A busca pela beleza que vem de dentro, da alma, do encanto, da paz, da alegria de ser pleno e completo transforma a nossa realidade de forma madura e consciente.
E só aí... O Amor vem!
E vem com tudo! Com o charme que nos encanta, com a louca paixão da entrega e com a calmaria duma companhia sincera para todas as horas. E tudo flui, tudo é bom, tudo é fácil.... Tudo é Amor!

Virginia Marrachinho

Adoro como o teu amor me desarma e me faz sentir em casa.

Virginia Marrachinho

Abraço-te com a saudade de séculos de ausência, com a Alegria de te ter reencontrado e com a gratidão de me teres reconhecido.
Assim retomamos o caminho que sempre fizemos juntos, no amor que nos une para todo o sempre.

Virginia Marrachinho

Em ti repouso
Na suavidade do teu amor
Ancorada no calor do teu corpo
Onde o meu coração acalma é se sente em casa

Virginia Marrachinho
Tags: suavidade coração

Penso em ti como se estivesses aqui
E perco me no teu olhar, enquanto o meu coração acalma da saudade que a tua ausência me causa.
Aconchego-te no meu abraço e sinto te presente em mim, nesse elo que nos liga e do qual não quero sair.

Virginia Marrachinho
Tags: abraço saudade

O Amor está onde o coração encontra paz.

Virginia Marrachinho

O teu olhar ancorou no meu,
naquele segundo eterno, em
que te conheci e reconheci.

Virginia Marrachinho

Por vezes torno-me invisível e paro no tempo, observando o mundo à minha volta em câmara lenta. Nele vejo apatia, vejo gente morta que apenas respira e se mantém ligada à máquina sem saber quem é, o que quer nem para onde ir. Por um lado resisto a fazer este exercício, porque me deixa profundamente triste, por outro faz-me sentir ligada à vida, dá-me a certeza do que quero e não me deixa qualquer dúvida do caminho a seguir.

Virginia Marrachinho

Há um calor
Um sabor
E uma química indiscutíveis
Na companhia de um bom vinho

Virginia Marrachinho

Ainda ontem fui, o que no passado jamais pensei ser.
Hoje sou um projeto do que ainda não sei que posso vir a ser.

Virginia Marrachinho

Daqui a um Ano a razão pela qual stressas agora já não vai existir

Virginia Marrachinho

Estarei sempre presente em ti, mesmo ausente de mim.

Virginia Marrachinho

O amor é a lição mais importante desta experiência a que chamamos vida e é a disciplina mais difícil de todas.
É aquela sobre a qual mais se escreve, se fala, se deseja e se exige. Mas, por mais incrível que possa parecer, é a que menos se pratica, se exercita e se respeita.
Desespera-se por amor,
Sofre-se por amor,
Mata-se por amor!!
E viver com amor? Doar amor?
Vale a pena chumbar no amor?
De que vale a vida, sem amor?

Virginia Marrachinho

Nada substitui o amor
Aquele amor que nos eleva, sem nos tirar o peso da responsabilidade de nos amarmos.
Aquele que nos envolve num abraço e se faz presente e sentido.
Aquele que nos permite ser sem deixar de ser
Aquele que se chega, nos dá de si e parte quando é o momento.
O amor, aquele amor maduro de quem sabe amar  é insubstituível.

Virginia Marrachinho

Paro o tempo
numa inspiração profunda
Para absorver
Tudo o que sinto:
O calor
O cheiro
A liberdade
A gratidão de estar
O vento que passa por mim
e me leva
Numa viagem de retorno
A quem sou

Virginia Marrachinho
1 compartilhamento
Tags: liberdade gratidão

A minha vida online é a preto e branco, não me define muito menos revela o que sou, sinto ou acredito.
A minha vida offline é cor, é alegria, é dor, é sentimento em atitude e só quem lá esteve, está ou venha a estar... Soube, sabe ou virá a saber.

Virginia Marrachinho

Pareço exigente por querer coisas simples.

Virginia Marrachinho