Coleção pessoal de salomao8

1 - 20 do total de 36 pensamentos na coleção de salomao8

Não tenho problemas de conviver com idiotas...desde que não façam jus a todo momento.

Salomão Ferreira
1 compartilhamento
Tags: problemas idiotas

Não tenho medo de algo que me causa medo...sim de algo que não me causa medo...

Salomão Ferreira
1 compartilhamento

Nesse mundo de lobos...as ovelhas e que devem andar disfarçadas

Salomão Ferreira
1 compartilhamento

A Vitória do louco

Há aproximadamente dezesseis anos uma grande chuva derrubou uma grande árvore em uma certa rua em um determinado bairro
logo em seguida os funcionários da prefeitura serraram e retiraram do local as grandes toras,
Passava por la um sujeito meio atrapalhado,e observou algo quase insignificante ou quase imperceptível para algumas pessoas.
Notou que bem no cantinho escondida no que sobrou da velha árvore Havia uma minuscula mudinha da mesma espécime que ai existia,Abaixou se removeu da terra com muito cuidado,encostou-a em seu polegar e notou que do olhinho até o final da raiz não era maior que seu polegar,
Primeiro pensamento que passo-lhe pela cabeça: Vou plantar e um dia vou amarrar uma balança nela.
Passado três,estava em sua casa com sua mulher,de repente deu um grito:MINHA ÁRVORE e foi abrindo a carteira...a mulher lhe pergunta com expressão de quem não esta entendendo nada,ou esse cara tá louco,
Sim,a mudinha estava na carteira já quase ceca,pois no momento que a pegou não achou melhor lugar.
Então falou que ia plantá-la,sua mulher porem disse:não vai viver,
O sujeito falou vai viver sim,em seguida plantou-a numa latinha de extrato de tomate da pequena,
O tempo foi passando e o vaso foi aumentado.
Sempre que contava o caso e falava que um dia ia amarrar uma balança nela,
alguns falavam:Se tá loco,outro apenas davam risadas,mas o louco sempre sorria e acreditava.
O sujeito mudou se algumas vezes levando sua pequenina árvore.
Em uma dessas novas moradias,resolveu criar uma cadela,a qual em um final de semana que ficou só comeu a árvore,arrancou-a do seu vaso,que já não era tão pequeno.
Deixando praticamente só a raiz exposta jogada no quintal.
Pegou-a novamente e falou:vou plantá-la,Sua mulher novamente falou:agora não vai viver mais,Ele até entendeu sua mulher,pelo estado que estava a plantinha,
Plantou-a novamente num vaso agora maior,e deu-lhe um nome (Vitoria)
Agora a Vitoria crescia e onde havia apenas uma raiz brotava vários brotinhos,vivendo no tempo com muito sol e chuva,
Mais uma mudança, agora para um apartamento,sem muito sol sem muita chuva,
Apenas um dos brotinhos sobreviveram,dando-lhe assim uma aparência de árvore.
Chegou em fim o dia que a Vitoria seria levada para ser plantada no chão onde fincaria suas suas raízes o mais profundo que a natureza lhe permitisse.
Nesse momento já estava plantada em uma lata de dezoito litro onde suas raízes não tinham mais espaço causando assim sua total perda de folhas e um estado aparentemente sem vida.
Foi então puxada aquela vara seca de aproximadamente oitenta centímetros com um emaranhado de raiz,colocado em um saco plastico para seguir viagem para sua ultima morada.
Chegando no destino,o louco foi logo preparar o lugar da vitoria,próximo uma grande árvore que já existia no local de uma espécime conhecida como Santa Bárbara (árvore que atrai os raios)
Novamente sua mulher falou:amor dessa vez acho que não vai viver
E novamente escutou:vai viver sim.
Em fim,a Vitoria foi plantada,marcado em volta com pedras,quase uma cerimonia,merecida...
Ao passarem trés semana,retornaram ao local para ver como estava a Vitoria,
Esperando ver algumas folhinhas verdes.
Chegando próximo do local onde foi plantada foi notado que a Vitoria não estava no local.
Sem entende o que tinha acontecido,meio triste meio indignado,o louco começou a andar em volta do local,sem acreditar,sem entender o que tinha acontecido.
Foi quando avistou um facão caído no chão bem próximo onde estava a Vitoria.
Sem entender o motivo do facão esta ali,continuou a procurar a vitoria.
DE REPENTE:Lá estava a Vitoria,jogada no chão,o louco correu,pegou-a emocionado e reparou que tinha um corte bem no meio de seu tronco.
Imaginou:alguém tentou cortá-la
Mas que faria isso?porque?
Conclui que tinha sido arte de alguma criança que andou por lá naquele período,e não sabia de sua luta pela vida.
Desta a mulher não falou nada,foram plantá-la novamente.
Nesse momento chegou a cunhada do louco,que já conhecia a luta da Vitoria.
E falou:Depois de tanto que ela sofreu você não vai falar nada ao plantá-la novamente?
Assim falou o louco: Eu quero que Deus me de a mesma Persistência,coragem,e a mesma vontade de viver.
Bem,seguiu se o tempo e a Vitoria foi crescendo como era esperado,por estar em solo fértil e com toda terra do mundo para espalhar suas raízes.
No entanto não foi tudo maravilha.
Quando estava com aproximadamente um metro e cinquenta centímetros de altura.
Eis que da uma chuva daquelas.
Aquela árvore,a Santa Bárbara,caiu um galho em cima da Vitoria quebrando-a no meio.
Então serrada diagonal na altura que foi quebrada,segue sua vida.
Alguns anos depois quando estava com dois metro e meio de altura aproximadamente.
Outra chuva... com muito vento,quebrando um enorme galho da Santa Bárbara e novamente a Vitória é colocada a prova...
Hoje tendo passado quase dezessete anos o louco não mais se preocupa com a Vitória,
Pois sabe que (A natureza só coloca no galho o fruto que o galho aguentar)
A Vitória esta com aproximados cinco metro e sessenta centímetros.
As mão não mais se fecham em seu tronco.
Quem olhar o louco abraçando uma árvore,conversando com uma árvore ou se emocionar com uma árvore,e continuar a enxergar um louco,não me admiro,pois o mundo esta cheio de gênios...
(faltando os loucos...)

Salomão Ferreira
1 compartilhamento
Tags: vitória árvore

O amor surpreende,não pelas semelhança mas sim pelas diferenças.

Salomão Ferreira
1 compartilhamento
Tags: amor semelhança

O amor e uma sequencia de acontecimentos dos quais somente os bons momentos sobrevivem ao tempo.

Salomão Ferreira
1 compartilhamento

Não entendo a razão
de tanta razão insana
tem muito louco no mundo
dando uma de bacana

Salomão Lima
1 compartilhamento

Muito admiro a tua beleza
Flor que a natureza plantou em meu jardim
Teus olhos são pétalas todas coloridas
E o brilho da vida trouxestes pra mim
Vinhestes pequena como uma semente
E fostes crescendo exalando o amor
Agora es grande bela e formosa
A mais bela das rosas veio para mim

Salomão Ferreira
1 compartilhamento

Eu só queria saber quais os requisitos necessários para um cidadão se candidatar a cargos públicos (falo a respeito do horário eleitoral gratuito) e quais os critérios exigidos para apresentação em rede nacional
Sendo eu um cidadão de quarenta e quanto anos, pouco estudo e muitos calos nas mãos.
Venho observando fatores que a minha ignorância não consegue entender
Nego-me a fechar os olhos e fazer de conta que nada vejo
Nego-me a acreditar que os responsáveis são mais ignorantes do que eu...
Nego-me ficar mudo

Salomão Ferreira
1 compartilhamento
Tags: responsáveis ignorantes

A natureza ferida
Pela mão do próprio homem
Não tendo outra saída
A não ser se defender
Defender – se da maldade
Que derruba sua mata
Em busca de ouro ou prata
Não se mede as conseqüências
De tanta poluição
Do jeito que esta indo
Eu temo que não terá
Uma nova geração
Fazem buraco no céu
Fazem buraco no chão
Com certeza estamos indo
Numa grande contra – mão
De charrete para carro
De carroça a caminhão
De enxada à enchente
Dizimando multidão
Contra forças da natureza
Nada podemos fazer
Pois o buraco no céu
E o buraco no chão
Quem fez foi eu e você.

Salomão Lima
1 compartilhamento

Cansei, cansei, cansei.
Cansei de acreditar...Que amanha será melhor
Cansei de acreditar...Que os sonhos irão se realizar
Cansei de acreditar...Que o mundo vai melhorar
Cansei de acreditar...Que não a impossível
Cansei de acreditar...Em falsas verdades
Cansei de acreditar...Em doces mentiras
Esperança, esperança.
Deveria ser a primeira que morre
Não ficaria amarado a uma vida ilusória
Submetido a credos e crenças
Que não mostra nada mais que
A fraqueza de o meu próprio ser
Debilitando um espírito livre
Acorrentado por um corpo mortal
Fazendo-me chegar a um juízo fatal
O limite entre ter ou não
Sanidade mental suficiente
Para distinguir o real do irreal
Podendo alternar minha conduta
Promovendo me um estado de espírito
Fundamental para própria sobrevivência
Sendo assim resta me apenas...
Dar um sorriso para o criador...
Ao qual peço...
Permaneça em mim...
Es a única razão que me permite acreditar
Que eu existo...Ainda existo...

Salomão Lima
1 compartilhamento

Não me faça acreditar que você não e importante para mim
Quando já não acredito que sou importante pra você

Salomão Lima
91 compartilhamentos

Aquele que chora
Maldizendo a vida
Não sabe a ferida
Que esta provocando
Xingando e dizendo
Que Não tem mais jeito
Não sabe o efeito
Que esta causando
Falando besteiras
Sem raciocinar
Não sabe o mau
Que isso vai causar
Acalma a mente
È o coração
Que pra tudo tem jeito
Isso e só efeito
Do que pensas e faz
Mudas se és capaz
Que tudo vai mudar
Tudo vai mudar

Salomão Lima
1 compartilhamento

Derrubar as barreiras da ignorância
Nas minhas lembrança a me incomodar
E erguer a bandeira da liberdade
Na igualdade de se respeitar
O não existir falsos valores
Entre desamores e preconceito
Se pensarmos direito somos todos iguais
E somos capazes de tudo mudar
Sem ver diferença de classe ou de cor
Vencendo o amor no mundo de paz

Salomão Lima
1 compartilhamento
Tags: ignorância diferença

Se pudesse eu pintaria
Os sentimentos teus
E quando você sorri se
Pintava também os meus
Quando você piscasse
Eu pintava seu olhar
Se você silenciasse
Eu pintava o seu falar
Mas jamais a pintaria
Tão bela quanto tu és
Por seres única, mulher
Entre todas as mulheres

Salomão Lima
1 compartilhamento
Tags: sentimentos teus

Rosa azul te daria
Se vocè compreendece
Que estou a sua espera
Desde o dia que nasceste

Salomão Lima
1 compartilhamento

Não negue me a alegria de seu sorriso...Pode ser tudo que tenho...

Salomão Lima
1 compartilhamento
Tags: sorriso alegria

Sejá qual for o seu medo...com certeza esconde um segredo...

Salomão Lima
15 compartilhamentos

A unica Certeza que tenho e no morrer...O nascer algumas vezes não acontece...

Salomão Lima
1 compartilhamento

Negue a dor e ela desaparecera...Negue o amor e ele te sufocara...

Salomão Lima
8 compartilhamentos