Coleção pessoal de Roberto2011

1 - 20 do total de 72 pensamentos na coleção de Roberto2011

Todas as ditaduras apresentam geralmente as mesmas características: se apoiam na publicidade exagerada, no abuso do poder, na ocultação dos fatos e no controle irrestrito e permanente.

Nelson Barh
2 compartilhamentos
Tags: ditadura publicidade

Sentimento de mãe não há quem defina, nem tampouco faça desaparecer ou destrua. É o laço mais indissolúvel e profundo que existe.

Nelson Barh
1 compartilhamento

A verdade existe por si só, não carece de artifícios,nem de retoques.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: verdade retoques

Há duas palavras que não são antônimas,nem tampouco sinônimas, mas que as pessoas insistem em confundi-las. Uma coisa é ser bom ou coisa bem diferente é ser bobo.

Nelson Barh
1 compartilhamento

Quando não se aprende o que é bom e mau em casa; aprende-se o que é ruim na rua.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: educação casa

Posso ter mil motivos para não acreditar na existência de Deus, mas basta apenas que eu tenha um sinal...para continuar acreditando.

Nelson Barh
1 compartilhamento

Procuramos fantasiar tudo àquilo que não conseguimos controlar.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: fantasiar controlar

Nossas dores não podem ser divididas, mas os nossos momentos de alegria, prontamente, a todos contagiam.

Nelson Barh
1 compartilhamento

Vivemos numa época que, em vez dos duvidosos testes de “quociente de inteligência”, deveriam ser criados os testes de chatice virtual, de semancol na real.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: semancol testes

Nenhum relacionamento afetivo converte alguém em propriedade do outro, portanto, ninguém é obrigado a conviver com quem não ama. Gente é gente, não é objeto de uso pessoal.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: relacionamento propriedade

O Estado atinge o mais absoluto e absurdo controle de ação quando nos impede de externar nossa opinião. Não pode haver democracia onde predomina a servidão.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: estado democracia

Ao expor suas amarguras e fraquezas diante dos amigos leais, serás consolado e amparado; mas diante dos hipócritas, serás atraiçoado e humilhado.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: amigos hipócritas

O povo entende tanto de política como de religião, de princípio mergulha de cabeça e, depois de algum tempo, descobre atordoado, que foi usado e tapeado.

Nelson Barh
3 compartilhamentos
Tags: política religião

O ódio nasce da nossa fraqueza e indignação, alimenta-se de pensamentos de vingança; arquiteta armadilhas de destruição e se desvanece com o tempo por resignação ou realização.
O ódio pouco ou nada tem a ver com o amor.

Nelson Barh
1 compartilhamento

Não há diferença entre o chato e o ridículo, ambos são intragáveis. Um perdeu o senso de ridículo e o outro a noção de aporrinhação. Talvez chá de semancol seja a única solução.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: ridículo semancol

Jamais queira mostrar-se mestre em algo que não conheces.

Nelson Barh
2 compartilhamentos
Tags: mestre incompetência

O invejoso é um ser desprezível, incapacitado e infeliz que deseja possuir ou destruir algo que pertença a outrem e nunca valoriza as coisas que tem.

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: inveja incapacitado

Não se deixe dominar por pensamentos contrários que em nada elevam a sua vida O acaso nos reserva coisas boas e ruins. Não há como fugir delas, mas nem tudo está perdido. Acredite, existe uma razão para você estar vivo (a). Haverá algum momento na sua existência, que você perceberá o quanto as pessoas precisam da sua presença, das suas ações, das suas palavras, do seu amor... Portanto, não esmoreça jamais. Viva intensamente!

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: razão existência

Nunca deixei de ser um simples germe, assim como todos os demais seres vivos, a diferença é que nunca esqueci.

Nelson Barh
2 compartilhamentos
Tags: germe diferença

Rainha das Deusas
Ela é a verdade mais presente e envolvente, feita da mais intolerável e sublime razão.
É poderosa, benigna, perfeita, cruel, incontrolável, genuína, intransigente.
Não usa ornamentos, nem artifícios.
A todos atemoriza, surpreende e confunde.
Não guarda segredos e jamais aceita quaisquer mudanças.
Paira sobre tudo, sem disfarces ou invólucros.
Revela o bem e o mal. Acolhe os bons e os maus.
Afugenta os loucos, apavora os drogados.
Entristece os sonhadores, aniquila os mentirosos.
Desmascara tanto os políticos, quanto os exploradores da fé.
Atormenta os poetas, desafia e extasia os pintores, sufoca e sobrepuja os melhores escritores. Assombra e encanta os maiores cientistas. Instrui e desnorteia os aclamados sábios. Atordoa e fere os grandes amantes da paz e da beleza. Não é culpada, nem inocente. E, indistintamente, a todos os seres coloca com os pés no chão.
Diante dela olhamos de soslaio, procuramos não encará-la de frente, às vezes, nos esgueiramos... furtivamente. Sua visão amedronta, e os nossos corações disparam, nossas pernas tremem, perdemos o fôlego, ficamos atônitos, frágeis, impotentes e então apelamos para nossa débil e criativa imaginação; todavia ela sempre reaparece majestosa, soberana, imutável. Ignorando os nossos desvelos e aflições.
Ela está tanto na luz quanto nas trevas. Apresenta-se desnuda, visível, inflexível..
Não tem uma cor definida; embora, geralmente, todos a pressintam sombria, até mesmo os carentes de visão. Poucos são aqueles que a acham bonita. Ah, e como é tão difícil conviver ao seu lado. Mas somos forçados ao triste convívio. Presos que estamos em suas resistentes e intransponíveis teias. Somos seus fiéis espectadores, somos meros coadjuvantes ou fantoches em suas mãos.
Usamos os mais variados meios para afastá-la de nós. Cantamos, dançamos, gritamos, rezamos, nos enfeitamos, olhamos para as estrelas, recorremos as artes, buscamos a divina proteção de Deus, Tudo em vão...
Não há como fugir. Ela atua incessantemente em nossas vidas, ocupa todos os espaços...e revela o nosso tempo, as nossas angustias, alegrias, vitórias e decepções. Nada lhe passa despercebido.. Ela é única e reina absoluta
Será que ainda não sabem de quem estou falando? Querer-lhe-ão que eu lhes diga?
Seu nome desperta e sempre continuará despertando calafrios e grande admiração. Chamam-na de Realeza ou simplesmente de Realidade

Nelson Barh
1 compartilhamento
Tags: realidade rainha