Coleção pessoal de renew

1 - 20 do total de 1089 pensamentos na coleção de renew

Cada inferno tem seu diabo.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Na política somos todos escória desse vil metal.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Já falei que não gosto de gente?

Renilmar Fernandes
2 compartilhamentos

Depois de todos esses anos, ainda me pergunto se está tudo bem.
Velhos vícios, novas batalhas com bos e más lembranças.
Amigos esquecidos, amores abandonados, nó na gargante e corações partidos...
Tenho vontade de chorar... e não sei o porquê. Tempo perdido. Mas eu sei... não foi de propósito. Só aconteceu...Luzes, corredores e risos, simplesmente se apagaram. Tive medo do escuro. Mas não estava cego. Novos vícios, velhas batalhas.
E mesmo assim ainda me pergunto...

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Só Jesus sabe como choro nas madrugadas.

Renilmar Fernandes
2 compartilhamentos

Se eu me arrependo? Claro! Todas as vezes que me lembro. Eu me arrependo. Mesmo que em algum momento tenha dito o contrário.

Renilmar Fernandes

Depois de todos esses anos, ainda choro ao lembrar de tudo o que aconteceu.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

A gente chora pela vida que não teve.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Quando eu era pequeno sempre me perguntavam o que eu queria ser quando crescer. Na minha inocência de criança, eu sempre respondia quero ser nada. Desconversava e rapidamente voltava a brincar. Agora que sou adulto fico pensado. Que naquele tempo já sábia mesmo sem saber o que eu viria a ser. Pois quando respondia aquela pergunta o nada era a resposta muito mais profunda, expressa em uma única palavra.
Nada de preocupação com o futuro...
Nada de deixar o agora para o amanhã...
Nada é a resposta certa para aquela pergunta errada.
Vejo que naquela época era justamente isso que eu queria e o mais incrível é que ainda contínuo querendo.
Eu queria ser nada. Pois bem, um nada me tornei.
Sendo assim posso voltar a brincar?

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento
Tags: criança brinca

Quem se importa? Quem se importa? Quem se importa? É apenas uma triste canção.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Sempre fui pobre inclusive de espírito.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Quando as pessoas entenderem que a alegria do palhaço é ver a lona pegar fogo. O espetáculo se tornará muito mais interessante.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Você não pode mandar para o inferno alguém que há muito tempo vive nele.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Não existe cabeça para cima no planeta terra. É apenas uma falsa impressão de soberania ou simplesmente ação da gravidade.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento
Tags: soberania terra

Vamos viver enquanto ela não vem nos ver.

Renilmar Fernandes
2 compartilhamentos

Poderia ter sido tanta coisa nessa vida que acabei me contentando comigo mesmo.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Andei pensando na minha vida e depois de muito tempo tive vontade de escrever. Mas não sabia sobre o que escrever ou sobre quem escrever e isso me faz pensar infinitamente em milhares de coisas aleatória e aparentemente sem sentido. Desconfio que esse sentimento ainda não tenha nome. Às vezes é muito estranho, para não dizer difícil conviver com algo que não tem nome. Compreendo perfeitamente que muitas coisas não tem nome. Talvez não tenha sido descobertas ou não foi classificada importante para receber uma etiqueta.
Vejo meus amigos fazendo muitas coisas nessa vida. Tudo muito rápido. Geralmente essa velocidade me causa estranheza. Sim... O mesmo sentimento do início.
Muitas fotos, vídeos, viagens, casamentos, festas, realizações, filhos e família.
Tudo isso em um turbilhão de coisas que afeta até mesmo uma pessoa como eu que não está “Webmente” socializada. Por incrível que pareça não as invejo e não me sinto desapontado por não fazer, poder ou não querer isso tudo. Certo dia me foi dito que sou preguiçoso demais e por isso não realizo muita coisa. Em um primeiro momento quase acreditei nisso. Mas logo percebi e sou grato a Deus por isso não ter colado na minha alma.
Acredito no trabalho e na minha grande responsabilidade para com ele. De vez em quando até parecer fácil.
Na verdade é sempre o mesmo jogo de sombras que faz o engano das aparências.
Há dias que acordo muito cedo, outros nem tão cedo assim. Mas, o mais importante é sempre está feliz por acordar. A gente se esquece de estar feliz. E quando se lembra. Está velho de mais e o que sobra é a nostalgia de um tempo que não se viu passar por conta da correria e do vento. Não quero ter saudades de nada.
Esse final de semana por pura surpresa de encontrar comprei um pacote de Jelly Beans.
Havia me esquecido como eu odiava aquela balinha azul. Também sei que não sou o único.
Falando em vento... Hoje no final da tarde quando estava voltando do trabalho. Parado no semáforo eu vi uma pipa que certamente foi cortada bailando lentamente até chegar à sarjeta da Avenida Maruípe.
Por alguns instantes enquanto o transito não andava fiquei observando para ver se alguém apareceria para resgatar o premio proporcionado por um infeliz cerol. Não vi ninguém...
Ainda tentei observar pelo retrovisor. Mas o transito começou a andar lentamente e só me sobrou o sentimento que aquela pipa não seria resgatada por nenhuma criança ligeira e sim atropelada por algum veículo.
Quer saber o que me deixa apreensivo nessa história?
É que em Vitória ainda se pode ver pipas, mas já não existem crianças.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento
Tags: família amigos

Necessitados não tem escolha.

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Neil Armstrong foi pro espaço...(De novo).

Renilmar Fernandes
1 compartilhamento

Eu sei mais da minha vida do que você.

Renilmar Fernandes