Coleção pessoal de rafael_siqueira_cavalcante

Encontrados 6 pensamentos na coleção de rafael_siqueira_cavalcante

então queres ser um escritor?

(Tradução: Manuel A. Domingos)

se não sai de ti a explodir
apesar de tudo,
não o faças.
a menos que saia sem perguntar do teu
coração, da tua cabeça, da tua boca
das tuas entranhas,
não o faças.
se tens que estar horas sentado
a olhar para um ecrã de computador
ou curvado sobre a tua
máquina de escrever
procurando as palavras,
não o faças.
se o fazes por dinheiro ou
fama,
não o faças.
se o fazes para teres
mulheres na tua cama,
não o faças.
se tens que te sentar e
reescrever uma e outra vez,
não o faças.
se dá trabalho só pensar em fazê-lo,
não o faças.
se tentas escrever como outros escreveram,
não o faças.

se tens que esperar para que saia de ti
a gritar,
então espera pacientemente.
se nunca sair de ti a gritar,
faz outra coisa.

se tens que o ler primeiro à tua mulher
ou namorada ou namorado
ou pais ou a quem quer que seja,
não estás preparado.

não sejas como muitos escritores,
não sejas como milhares de
pessoas que se consideram escritores,
não sejas chato nem aborrecido e
pedante, não te consumas com auto-
— devoção.
as bibliotecas de todo o mundo têm
bocejado até
adormecer
com os da tua espécie.
não sejas mais um.
não o faças.
a menos que saia da
tua alma como um míssil,
a menos que o estar parado
te leve à loucura ou
ao suicídio ou homicídio,
não o faças.
a menos que o sol dentro de ti
te queime as tripas,
não o faças.

quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer
por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.

não há outra alternativa.

e nunca houve.

Charles Bukowski
105 compartilhamentos

⁠Dona Maria preocupada com seu filho na vida do crime fala: “Filho, Pelo Amor de Deus”
Ele Fala: “Mãe, Cale a boca! A senhora ta ficando louca?! eu sei o que faço, eu não vou dar boi pra polícia, e quem quiser me matar, um abraço.”
É... Um outro dia, um assalto com refém, perseguição e troca de tiros com a polícia, morreu mais um irmão.
Dona Maria hoje é só tristeza
Seu filho se foi
Pra ela nada mais faz sentido
Nada mais tem beleza
O espirito do seu filho
Sua alma
Hoje tenta fazer com que ela ouça o seu arrependimento
Seu pedido de perdão
Só que agora é tarde
Ela sempre dizia “Filho, coração de mãe não se engana e a realidade é cemitério ou cana”
Ela sempre falava ”Filho, a vida do crime não! Quantos parceiros seu estão na cadeia sofrendo?!”
Mas o conselho de sua mãe
De nada adiantou
Ele ignorou seu coração
E agora só resta
O pedido
De perdão

Ndee Naldinho - Conselho de Mãe

Pequenos Pensamentos
Grandes
Sentimentos

Ra Fa El
Tags: #rafa #pensamento

⁠Um beijo e um café
Um sorriso e um beijo
Um abraço e um “Volto Logo”

Rafael Siqueira Cavalcante
Tags: #beijo #abraço

Oi, minha xará!
Precisava escrever um pouco
Sabe, já faz um bom tempo que penso em você
É como se fosse um “gatilho”, tudo me lembra seu olhar me olhando
O que será que você está fazendo agora?!
Ficando com alguém?
Fazendo seu bebe dormir?
Não sei!
Só sei que continuo pensando em você
Sabe, já faz algum tempo que não paro de imaginar
Nós dois em nosso cantinho com nossa família
Vivendo nossa vida tranquila numa casinha confortável
Acordar pela manhã com o choro do nosso filho
Você me olhando e sorrindo
Ahhhh, que sorriso lindo você têm
Um beijo e um café
Um sorriso e um beijo
Um abraço e um “Volto Logo”
Pois é, minha xará, eu penso muito em você
Pois sei cada detalhe da tua face
Cada detalhe do teu sorriso
Do seu queixo, da sua boca
Será, minha xará, que um dia nossos caminhos vão se encontrar?
Espero que sim!
Esses dias ta sendo puxado, não consigo dormir direito
Talvez seja o café,
Talvez seja os pensamentos que não querem parar de lembrar os dias que já estivemos juntos,
Talvez seja esse sentimento de amor e tristeza,
Uma mistura que me faz perder o sono
Sabe, já faz um bom tempo que penso em você
Eu precisava escrever um pouco
Escrever e guardar num cofre
Engolir a chave como se fosse o antídoto contra o pior veneno que alguém poderia imaginar

Rafael Siqueira Cavalcante
Tags: #xará #completando

⁠São 3 da madrugada
Estou aqui, na insônia
Pensando nela
É como se fosse um gatilho
Tudo me lembra ela
Minha vontade era
e ainda é
sair correndo agora
ao encontro dela
Com quem ela está agora?
Quem ela quer?
Estou aqui, na insônia
Pensando nela
A vontade ainda não passou
O pensamento só multiplicou
O que fazer quando a gente pensa tanto numa pessoa
mesmo ela estando
ali
do nosso lado?
Me disseram que o pensamento atrai

Te espero , xará

Rafael Siqueira Cavalcante