Coleção pessoal de ReSsOoU

1 - 20 do total de 89 pensamentos na coleção de ReSsOoU

Buracos
eles estão por toda parte
no chão
nas nuvens
no cosmos
na pele
são canais
viabilidades
um respiro
e também falhas...
na esperança
em algum sistema de segurança
de confiança
em qualquer fortaleza
lá estão eles
nada os impede
não importa a blindagem
sempre terá uma fenda
algum espaço
como em um código binário
como que num código dos astros

Cheios de vazio
átomos pairam sobre a existência
submergem seus mistérios
compõem nossos corpos
nos convidam a um mergulho
e nós
testemunhamos
sentimos
vivemos este vazio
preenchemos um e outro
mas são eles que nos sustentam
de possibilidades
de excitacao
imaginação

Será que carregamos o medo
como forma de exercício para que possamos aprender a ter coragem?

Só sei que nada está pronto
nada está acabado
sempre haverá
buracos a serem observados
tapados
superfícies a serem esburacadas

Em qualquer muro que me barre
que me sufoque
haverão buracos
para que eu respire
espie
para que eu escale.

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: buracos submerge

Me senti dentro de um espiral
senti a infinitude e ao mesmo
a finitude
a transitoriedade das coisas
da vida
na vida
Eu derretia
e ao meu redor
borbulhas
como borbulhos de mim mesmo
palpites do Eu
derretiam comigo
numa enxurrada de compreensões paradoxais
e ao fim
era tudo muito simples
simplesmente não era o fim
eu estava no meio
em meio o Todo
numa súbita sensação de compreender a essência de algo maior
e por mais que eu queria compreender
de uma só vez
percebi que não precisava
que certamente não poderia
e que a raiz de toda essa confusão
era a resistência em entregar-se à incerteza

"eu quero" estar tão "certo" de mim mesmo!!

parece justo
mas não
sou metamorfose
e também muito ego nessa morfose
e nessa "Metaexperiência"
quero ser importante
sendo que a real importância é ser real
preciso ser sincero
assumir que não sei
e o pouco que sei
talvez
só talvez possa te ser útil
e caso for
caso você esteja nessa minha mesma frequência
"como se a frequência fosse minha"
então ajuntaremos alguns parâmetros nessa nossa equação
ajustaremo-nos nessa construção
olha só...
acabei envolvendo-te novamente

eu sei que essa "cura" é só minha
mas é que essa busca é nossa
e eu preciso de você
você me completa
em muitas vezes as distrações não nos deixa ver o quanto estamos ligados
mas
bote fé
nós somos um só

Essa "epifania"
me fez renascer em reconhecimentos
literalmente
pois reconhecia-me em conhecimentos que antes já os tinha
mas
necessitavam de renovo
e sei ...
eu sei que necessitarão denovo
como que num sisma da vida
uma desconfiança de si mesmo
uma vontade de se desvendar
explicar pra si mesmo
o porque das coisas estarem de tal jeito
sem contar com a complexidade em que podemos elucidar a mesma coisa em milhares de formas
e nesse ciclo
quanto mas se estudamos
mais temos referências
ferramentas para aperfeiçoamento nessas "explicações" dessas tais "noções"
percepções de si
mas
só posso ver o quão sou imperfeito
e que perfeito mesmo é como tudo se conecta
sou um emaranhado de nós e laços
lançando-me no mundo que brota de mim
com fusão de nós.

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: espiral metamorfose

A verdade liberta
E a liberdade nos tira do conforto
Nos inquieta
Nos tira do porto
Seguro
Levando-nos à navegar mar adentro
Sem guru
Livres somos nós mesmos
Livros abertos
Páginas em branco
Vidas a serem descobertas
Experiencias de um encanto

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: liberdade conforto

Desbordamos todos os esquemas, nada nos encaixa. Não há sistema militar mais duro, não há nazismo mais feroz, não há repressão eclesiástica mais dogmática que possam enquadrar o ser humano. Sempre sobra alguma coisa nele. Porque com seus pensamentos ele habita as estrelas, rompe todos os espaços. Por isso, nós, seres humanos, temos uma existência condenada a abrir caminhos sempre novos e sempre surpreendentes.

Leonardo Boff

Leonard Boff
1 compartilhamento
Tags: surpreendente caminhos

Se a sexta é santa
Então eu sou domingo
Na igreja alguém canta
Enquanto estou dormindo
É que eu sou minha própria igreja
Sou o dia do descanso
A madrugada é minha peleja
De dia eu descanso
Casa alugada e o pão na mesa
Meu feriado eu mesmo faço
Eu sou as férias
Não importa a feira
Eu sou uma fera
Importei minha caveira
Da poeira das estrelas
Cavei e levantei poeira
Causei na sexta feira
Me desculpe a brincadeira
Não me culpe pela sua neura

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Quem sou Eu senão uma colônia?
. . .
Tenho um pouco de todos em mim
Em todos há um pouco de mim
Mais bactérias do que células
Se liga nesse céu !!!
Desliga esse celular
Se recarregue em luz solar
Ou no luar
Sinta-se
Faça tua luz brilhar

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: bactérias células

Me adubo com minha própria química
Abuso da dopamina lírica
Vivência é empírica
No meu organismo vivo
Aqui estou
Se eu me organizar consigo
Pois tudo posso
Pois tudo sou
E tudo passa
Mas nem todo som
Transpassará
O coração
Não disfarçará
Quer progredir?
Então faça já!

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: dopamina lírica

Tampouco importa o que creres
mas sim o que sentes.

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Se tens um propósito então avance!
De tênis rasgado ou descalço
Sem tenda no êxodo desse romance
Entenda, ter êxito não é fácil
Atenta ao talento de quem merece
E tenta, tenta pois o tempo corrói o aço
Se precisar correr corra
Corroa o falso
De dentro de si pra fora
Reforce seus traços
Desenhe-se, por honra
Dê cor a seus atos

Gabriel Lopes Paixão
2 compartilhamentos

Ousado que nem Pablo Vittar
Pesado que nem Pablo Escobar
Cansado de tanto papo escutar
Estou vacinado contra cobra
Seu próprio veneno vai te cobrar
Não tem como encobrir
Tu vai ter que pagar
Umbral em si
Em braile está
Codificado pra tu ter que se estudar
Tem que descriptografar
Não dá pra fugir de si
A memória é fotográfica
Nem mesmo a Kryptonita pode destruir
O Ser que por trás de toda consciência está
O porque de cada essência
O que constitui uma doença
Super mano e super mana
És o próprio maná
Nesse seu pensamento indo e vindo
Qual a tendência?
E sobre isso que tu está sentindo
O que tu pensas?

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: tendência pensamento

O que você fez já não importa mais
Agora o que importa é o que tu faz
Ninguém é santo
Estamos todos no mesmo barco
branco, preto, amarelo, tudo farinha do mesmo saco
Quando morre é tudo igual
Cheira mal
O que rege é o astral
E o astral rege pra sempre
Eterno aprendiz viajante
O corpo volta pra terra
Vai pro ciclo da matéria
Vira adubo pra nutrir
Outros que ainda vão vir
Seguindo sempre assim
Aqui estou de passagem
Melhor é aproveitar essa oportunidade

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: oportunidade corpo

GRATIDÃO

Da Alma o refrigério
Paraíso interior
Passaporte para o Amor

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Outro dia me formei
Numa dessas clássicas fôrmas
Me deram um uniforme
E então classificaram-me
Disseram que estou pronto
Que estou conforme o protocolo
Mas nessa formalidade
Ainda não me conformei
Essa ideia de etiquetar alguém
Sempre estou me informando
Mesmo assim não basta esse formato
O bastão é o título
O canudo, o acato
Só que minha sede eu mesmo mato
Mato no bico
Mesmo sem sedes
Sou mais um no anonimato
Rachando o bico desses bordões
Desconfigurando pelas rachaduras
Adentro pelas bordas
Deformando pra reformar
Minhas próprias opiniões
Essência esotérica
Sou sem normas
Estrutura etérea
A minha forma é a ciência das formas
Dessa existência que me transforma

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: forma formalidade

Ela é o azul do meu céu,
A luz que rasgou o véu,
Invadiu meu coração,
Tornou-se minha pulsação.

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Eu me canso
do que não me faz dança
nem canção
porém me alço
naquilo que me balança
que me alcança
que me faz coração

Coração é movimento
envolvimento
sentimento
da vida, o talento
a única coisa que temos
o que sentimos
neste momento

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento
Tags: coração talento

Essas nossas conversas não dão pé,
profundas e diversas vão da razão à fé,
nem sei como tudo começa mas sempre temos um pé,
não há o que nos impeça, é muita ginga, é muito axé.

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Eu me vi !
Eu estava do outro lado,
De fora da bolha acenava um chamado,
mas como assim?
tem 2 de mim?
Só posso estar chapado. . .

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

"Poesia é o gingado de uma alma livre"

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Eu me apaixono
só pra
sentir o sabor,
esse gosto de amor
mas não me abandono,
é só pra
experenciar o calor,
gosto de dar valor

No intervalo me pego em meu ego
faço-me paixão,
no que vale eu pego e me entrego
faço conexão.

Podem dizer que sou moda
eu sei que sou motivado,
se este meu modo incomoda
então não há nada de errado
pois vim para amolar,
afiar indagações,
a vida é meu lar
e ao fim somos ligações

com um pé no chão e o outro no cume
carrego a paixão no meu nome

Gabriel Lopes Paixão
1 compartilhamento

Você sempre terá motivos,
motivos pra se firmar,
motivos pra desabar,
saiba qual valerá.

Gabriel Lopes Paixão
3 compartilhamentos
Tags: motivos desabar