Coleção pessoal de pittie

1 - 20 do total de 53 pensamentos na coleção de pittie

"Tantas vezes eu dormi vazia e me enchi de você por tantos respiros frenéticos, contidos num espaço de segundo, na etapa curta do sono em que os sonhos acontecem e nada é tão grande que consiga separar a minha boca da sua, a nossa verdade da frieza simétrica do mundo. Tantas outras eu dormi cheia de esperanças e acordei com azia da vida por ter me empanturrado de sonhos e por não terem inventado ainda sal de frutas contra realidade. Mas você continua em mim. Eu posso desligar o computador, posso quebrar a televisão, nunca mais ler jornal, fechar os olhos, apertar os punhos, tapar os ouvidos, encher minha boca de tantas outras palavras, de tantos outros cantos que não falem de você. Mas não, nada adianta. Não te cantar não significa não te escrever nas minhas entrelinhas, tapar os ouvidos não significa não te ecoar o tempo todo dentro de mim, no escuro do que é ser eu. murros ao vento não impedem a dor, olhos fechados também conseguem chorar sua ausência. jornal, internet, televisão, fax, rádio, código Morse, sinal de fumaça... como se a nossa sintonia dependesse, mesmo, disso. É como naquele clipe do Foo Foghters: todas as certezas da minha vida bem na minha frente, depois da parede de vidro. Incontável o quanto eu prometi a mim mesma não te sofrer, não te lutar, não te falar à quatro ventos pra não te gastar em palavras. Mas você continua latente bem na minha frente, todos os dias, todos os minutos, em cada suspiro de alegria, tristeza ou vazio que saia de mim. Todas as manifestações de vida, na minha, são você. Toda a vida que eu guardei e gastei em porções mínimas, sobraram pra durar você. Eu que não sei de tantas coisas, continuo crente no que, pros outros, parece incerto. Eu que sempre fui tão imediata e fugaz, sento agora no cantinho mais confortável de mim, sem aquele desespero do começo, pra esperar você. Eu sei que você vem."

Rani Ghazzaoui
15 compartilhamentos

Aos vinte a madrugada já perdeu um pouco a graça e começou a dar uma vontadezinha besta de aproveitar mais o dia. Aos vinte a criança foi embora e veio chegando um sentimento meio tia. Aos vinte se festa, se estuda, se trabalha -- tudo isso sem tanta disposição e inocência, mas com muito mais glamour. Eu que fui uma criança prodígio em muitos aspectos fico muito feliz de saber que cheguei aos vinte sendo, em muitos momentos, uma adulta bem infantil.

Rani Ghazzaoui
12 compartilhamentos

Meus sentimentos nunca foram assassinos, sempre suicidas em doses homeopáticas.

Sintia Lira
10 compartilhamentos

Eu acho que a beleza dessa vida esta na imperfeição que ela possui. Se todos os dias o sol viesse nos iluminar iríamos deixar de observar o quanto os outros nos iluminam. Se sempre soubéssemos o caminho, jamais iríamos nos perder sendo assim jamais iríamos nos encontrar. Se toda vez que a gente falasse fosse corretamente, não daríamos risadas das confusões verbais. Se fosse todo mundo dentro dos padrões, seriamos todos iguais e não enxergaríamos a beleza da diferença. Se nunca faltasse nada em nossa vida, não aprenderíamos a dar valor a tudo àquilo que a vida nos proporciona. Se não houvesse dificuldade, não aprenderíamos a ter fé. Se a gente nunca se desliga um pouco das coisas, não passaríamos por momentos tão deliciosos. Se não houvesse as mudanças, jamais teríamos uma personalidade própria. Se amadurecemos rápido demais, perderíamos a graça da infância e da juventude. Se não tivéssemos inimigos, não aprenderíamos a ser cautelosos. Se ninguém contasse uma piada, poderíamos esquecer de rir. Se não tivesse música, não saberíamos dançar. Se fossemos sérios o tempo todo, não iríamos ter histórias divertidas ou micos pra contar. Se a gente ficasse querendo fazer tudo perfeito, não iria tirar nada da vida. Se a gente aprender a olhar pelo lado positivo, nunca vai ser ruim ter que viver. É só parar de buscar a perfeição e se permitir viver, só ai não vamos ter do que se arrepender.

Bruna Bianconi
5 compartilhamentos

a contradição, a mudança e a diferença.

Em minhas fraquezas descobri minhas forças, foram nas horas aonde eu mais sofri que eu mais aprendi, com o coração no chão pisado, sofrido e gritando que eu aprendi a amar.
Foi na morte de pessoas conhecidas que eu comecei a valorizar um pouco mais a minha vida e a aproveitar cada momento que tenho ao lado dos meus, afinal ninguém sabe o dia de amanhã.
Quando o telefone não tocava, quando ninguém me chamava eu aprendi a beleza de ficar sozinha, pensando apenas.
Nas horas de loucura, eu aprendi a me soltar e não ter a vergonha de cantar, gritar e sorrir, aliás, isso é a melhor coisa que tem.
Foram nos dias que passaram voando que eu aprendi que o tempo que temos é curto e devemos fazer tudo aquilo que sentimentos em nosso coração, não deixar pra depois.
Ouvindo o som do mar, da chuva, dos pássaros, dos instrumentos musicais, eu aprendi a decifrar seus mistérios, por trás de cada tom, de cada som existe algo pra se conhecer.
Reparei nos pequenos detalhes, como o azul do céu, a gota fina da chuva, o brilho das estrelas, foi quando eu vi que todo dia essas coisas se transformam que nada é igual todos os dias, mais nem por isso um dia é pior que o outro, nem por isso.
Eu decidi olhar as coisas de outra forma, decidi apreciar a beleza da contradição, a beleza da diferença e a beleza da mudança, são coisas raras e devem ser apreciadas como uma criança saboreando seu algodão doce, lambendo os dedos pra não perder o gosto, pra não perder a delicia.
Minha oração de cada dia, não ser positivamente enjoativa, nem pessimista, mais ver sim até em coisas tristes uma lição pra vida, ver em cada ser humano o oposto que nos torna iguais, compartilhar, acrescentar, um sorriso, um olhar, um amor, ver os detalhes da natureza, da beleza humana, sentir cada som, abrir o coração, gritar, sangrar e chorar, e aceitar a contradição, a mudança e a diferença, é isso que nos torna humanos, superar as dificuldades da vida e aproveitar tudo que vivemos, porque nada mais lindo do que uma fotografia viva e em movimento dessa nossa vida, que possamos permitir o toque, a percepção e o conhecimento de nós mesmos e da vida, a cada dia.

Bruna Bianconi
50 compartilhamentos

Pra quem gosta de decodificar pensamentos.

É incrível a forma com que nos momentos difíceis, os pensamentos brotam facilmente e saem como lição de vida pra outras pessoas.
De uma forma harmônica, os dias cinzas, são traduzidos em palavras, onde de caneta ao punho, aquele que sofre extrai sua dor, como se pudesse deixar de senti-la e passar a estudá-la, lendo-a na busca de uma solução. Para quem escreve, a cura; para quem lê, talvez seja uma luz, uma resposta, ou um mero passa-tempo.
Bom ou ruim, certo ou errado, o remédio da minha dor está ao alcance de minhas mãos, basta chegar até ele.

Laiza Gabriella
21 compartilhamentos

SENHOR TRATA-ME AMANHÃ COMO TRATEI OS OUTROS HOJE.

Que eu seja julgado com a mesma justiça com que julguei;
Que eu seja amado com o mesmo amor que doei;
Que meus filhos me tratem da mesma forma como tratei meus pais;
Que meu companheiro faça por mim tudo que por ele fiz;
Que meus pais me respeitem como eu os respeito e que falem comigo com o respeito com que falo com eles;
Que as pessoas reconheçam minha luta e minha vitória assim como eu reconheci a deles;
Que eu nunca me sinta vitima da situação e sim autor;
Que eu pense antes de agir e que seja humano suficientemente para arcar com as conseqüências;
Que eu saiba reconhecer que sei tão pouco que chego a ser digno de pena;
Que eu saiba aprender com o erro dos outros, não para tripudiar, mas para diminuir a dor da minha jornada e para menos errar;
Que me dêem a atenção que receberam de mim;
Que me ouçam da mesma forma com que os ouvi;
Que se um dia eu cair, ou caído estiver me ajudem da mesma forma que eu os ajudei;
Ao final de tudo, espero que as pessoas tenham o sentimento de companheirismo para agirem e doarem-se mutuamente, mas que cada uma faça o bem que lhe cabe sem esperar nada em troca, pois assim o bem será mútuo e contínuo e que
Eu seja o filho que Deus projetou;
E o irmão por quem Jesus tanto sofreu...
Que eu leve alegria, mesmo que por dentro a dor me consuma...
Que eu saiba reconhecer que por pior que esteja ainda há quem esteja pior que eu... e que precisa de mim;
Que se nada na vida conseguir, eu consiga ao menos deixar boas recordações... sorrisos e saudades, pois tudo o que é material um dia se acaba, mas o que é espiritual, o que é advindo do amor, dura eternamente.

Que eu seja mais alma que carne;
Que eu doe mais, muito mais do que posso receber.

Laiza Gabriella
109 compartilhamentos

Carta de desabafo

Sabe esta é a primeira vez que uso o Word desde que o instalei em meu computador e venho a usá-lo para libertar da minha cabeça alguns de meus sentimentos que já tentei de vans maneiras liberá-los de mim já tentei lutar com alguma pessoa na academia, pois eu faço karate (afinal não sou covarde o suficiente para arranjar uma briga na rua com que tenho certeza não seria páreo para mim procurei alguém forte para até mesmo talvez apanhar, pois a dor física eu sei como suportar e destruir, eliminá-la de mim), já tentei beber (mais o álcool não mata a sede nem embriaga um coração tão triste que só o faria alegre com á embriagues). Bem esta é minha ultima tentativa sinto-me como se tivessem arrancado meu coração com as minhas próprias mãos e apesar disso tento parecer que estou bem, pois ninguém tem culpa pelo que eu sinto mais já não consigo suportar, pois a cada minuto minha mente vaga e lembro-me de palavras fortes que me fizeram ficar assim e como se eu entendesse a dor da margarida quando é arrancada por uma pessoa apaixonada de seu solo fértil apenas para aquela pessoa brincar com suas pétalas arrancando uma por uma até que a margarida não passa de mais um pedaço do que ela já fora e por fim quando já não e necessária descartada ao relento para apodrecer em meio as ervas para no fim ser apenas um pedaço de planta seca sem vida sem cor sem nada vendo enquanto apodrece suas companheiras flores crescendo bonitas e fortes, pois tiveram a sorte de escaparem da mão da menina apaixonada que lhe arrancou a vida com uma tortura lenta e calculada entre palavras de sim ou não que no final a ela mesmo pouco importava, pois já estava feliz.

Mais se disse que me sinto apenas como a margarida impotente e frágil pelos acontecimentos a minha volta estaria muito melhor do que estou porque ela possui a dignidade de poder mostrar a sua dor e estar à vista tal dor para que fique claro o que sente e eu não possuo no momento tal poder então sofro calado e invisível embebido em minha raiva devastado pela minha fúria sabendo que a única coisa que eu posso fazer e olhar para o meu infinito interno e me ver fazendo o que quase não noto mais faço sempre que me volto ao meu eu exterior chorando e no meio de tentativas vans de realmente esquecer o que sinto mentindo para mim e para os outros me deparo sempre com um obvio motivo pelo qual não consigo entender como a falta do conhecer quem está há tanto tempo ao seu lado pode doer tanto, pois e tão bom não saber nada do que saber um pouco tão doloroso que lhe faz querer saber mais e mais e a cada mais que você sabe mais dói e a quanto mais você não sabe te dilacera inteiro.

Aquele que já foi magoado se protege para não ser magoado novamente e quando isso se repete ao invés de como o obvio em todas as experiências da vida tendes sempre a ficar mais forte, neste caso você tende a ficar mais vulnerável.

Acho que se eu continuar a escrever este relato apenas vai mostra minhas fraquezas, pois sou um fraco eu mesmo vejo isso em mim, mais o pior e saber que quem e ler isso ficaram pelo menos um pouco triste, pois ira conhecer minha dor então neste momento venho colocar este texto para uma língua que não e a minha para que meus conterrâneos vejam mais não entendam o que tenho a dizer como a margarida que grita para que suas amigas tentem fugir da menina para não estarem como ela mais suas amigas já não escuta sua voz fraca de tão longe a quem ler e entender obrigado uma parte de mim mora em seu coração e desculpe por te dar um relato de vida tão ruim.

Paulo Henrique de O. Rodrigues
11 compartilhamentos

Desabafo de um solitário.

Mais uma noite cai e eu estou aqui mais uma vez no meu quarto, ao lado de um rádio ouvindo músicas as quais me fazem viajar em um mundo completamente esquecido, porém meu. Esquecido ao ponto de não ter com quem dividir essas palavras que ao se juntarem formam verdades que nos fazem lembrar de coisas ou fatos que marcaram muito nossa vida, vida a qual muitas vezes mal vividas, talvez por falta de um alguém ou até mesmo pelo fato de não termos coragem de assumir um amor...
O sono bate, as palavras somem, os olhos pesam... mas de uma coisa ainda tenho plena consciência, de que no dia seguinte será da mesma maneira como foi o ontem...
Será que minha vida só se resume a isso?
Será que um dia, seja perto, seja lonje, poderei ou deixarão eu viver minha vida da maneira que me for mais suficiente para me sentir realmente feliz?
Trago comigo a seguinte frase: "Felicidade não existe, o que existe são bons momentos partilhados com pessoas especiais que nos fazem sentir bem e que não duram muito tempo!"
Infelizmente, felicidade não é para todos, pois nem todos vivem da maneira que gostaria de viver para poder se sentir feliz.
Tudo no mundo depende de uma segunda pessoa para tentarmos sermos felizes, apesar de que a felicidade tem que estar dentro de nós mesmos e não nas pessoas, pois as pessoas apenas nos completam!

Alessandro Ferraro
129 compartilhamentos

Desabafo

Francamente não sei como explicar, e tambem nao adiantaria nada se o seu "Para sempre" nao for igual ao meu.
É como se eu não soubesse o porque de estar aqui, é como se eu fechasse os olhos e tudo isso nao passasse de coisas que nao tem o porque de estarem onde estão.
Sabe quando a cabeça luta contra tudo a sua volta e seu coração insiste naquela melâncolia monotôna?
Sabe quando tudo parece real, só que é igual quando se esta dormindo, e quando se toca, estava apenas sonhando?
Se eu pudesse definir o amor, eu diria que é como voce dizer que ama Paris, sem sequer ter ido até lá, é como se voce nao soubesse oque é o amor realmente, mas voce sabe que ele esta ali, voce o sente de alguma forma, já a desilusão não se enquadra em nenhum ritual, ela eu definiria como "imprevisivel".É como se voce ficasse com sono quando nao se pode dormir, e ficar como uma energia e tanto quando a cama esta ao seu lado..Alias, nao sei o porque estou falando isso aqui, sendo que a pergunta que mexe com todos meus intintos é: O porque de tudo isso?
Porque este quarto rosa quando tudo na minha mente esta obscuro? sem respostas?
Porque será que tenho que sorrir quando na verdade eu quero chorar?
Porque arrumar a bagunça do meu quarto quando na verdade a parte mais importante do meu corpo esta confusa, minha cabeça?
Porque existem as estrelas se quando a nuvem chega elas desaparecem?
Será que é para termos a certeza de que ela sempre voltara a brilhar? Mas a questão é...e se não brilhar?
Para que falarmos que algo é Para sempre se nao temos a certeza?
Porque temos que nos preocupar com o final, se o começo nao esta nem começando?
porque acender a luz do quarto quando o resto da casa esta no escuro?
sera que estamos tentando esconder algo?
Pra que as lembranças se elas prejudicam o coração?
Porque as crianças insistem em desenhar casinhas na floresta? Ah, já sei, talvez esses desenhos deram inicio às favelas ou nós que estamos sonhando demais?
Oque estamos tentando disfarçar? O que sera que nos machuca tanto?
As vezes pelo simples fato de citarmos essa palavra ja machuca.
Certamente a melhor forma de viver é olhar para o final para entendermos o começo e o presente, mas como isso é possivel se no final todas nós estaremos mortos?
Pra que criar seu mundo de fantasia se o carnaval já passou?
Pra que se mostrar forte se voce esta acabado por dentro?
Pra que insistir em algo no qual ja nos mostra o final?
Será que ainda temos a esperança de que algo mude a esta altura do campeonato?
As vezes nem eu sei direito quem sou, e falar de amor, já tornou-se algo perigoso...
Porque será que o amor nos faz sofrer sendo que, Poxa, era pra ser a coisa mais bonita do mundo, será que é realmente de amor que estamos falando, ou algo parecido?
Quantas perguntas né?
Mas a questao é : se nao existissem as perguntas, quem precisaria das respostas?
Respostas que ninguem sabe se um dia vai chegar, e se talvez algum dia chegar, certamente sera no final...
Mas, no final nao estariamos Mortos? (risos)

Deborah Oliveira
59 compartilhamentos

Meu desabafo,minha solidão!

Quando deito pra dormir, com a escuridão da noite, memórias me trazem lembranças de puro sofrimento.
Meu coração partido em pedaços, minha alma morta, e meu corpo enfraquecido.
As lagrimas insistem em descer, estou perdida em um mundo cercado de desgraça, miséria e dor.
Em um mundo desumano onde o único objetivo é ser melhor que os outros, em um mundo onde o amor perdeu o sentido e o ódio reinou.
O amor foi aniquilado do coração do homem, o amor foi despedaçado.
Me sinto melhor no escuro,fico mais à-vontade!
Pois ninguém me ver, onde ninguém pode reparar meus defeitos, onde posso amar sem me preocupar com beleza física, sem saber qual sua cor, seu nome!
Apenas sinto seu calor !
Me sinto bem à-vontade quando estou de preto .
O preto me atrai, me deixa em paz, me anima e me faz pensar em min mesmo.
Gosto de ficar sozinha desse jeito não me sinto traída....
Apenas falo com minha consciência ela me entende, me ajuda, me ensina.
Estou fora de si ,me sinto tão sozinha mesmo quando estou rodeada por milhares de pessoas, mais ninguém me entende,ninguém sabe o que realmente quero .
Meu desejo é tão pequeno...
Sou tão complicada que às vezes nem eu mesma me entendo.
Perdi meu manual fica meio difícil saber como usar!
Preciso de um técnico que possa me ajudar, me ajudar a descobrir como realmente sou.
Um técnico para avaliar meus conceitos, concertar meus defeitos, alegrar minha alma entristecida.
Preciso de um técnico perfeito!
Minha alma esta negra nem eu mesma consigo enxergar, quer dizer nem sei se tenho alma.
Não consigo me descobrir neste mundo escuro, coberto por uma nuvem negra que não quer passar ,com a proporção do tempo ela esta crescendo ,qualquer dia desses essa bomba vai estorar ,e eu não quero estar aqui para ver!
O mundo vai se acabar e eu continuo sozinha, não tem ninguém para me perceber!
Eu quero alguém só para min...
Alguém que me ame e me note no meio da multidão, alguém que tape o buraco negro do meu coração...
Alguém que seja capaz de me arrancar da SOLIDÃO e me fazer feliz,como nunca fui um dia!

By: Srta.Betinha
Roberta Pires
Criado em ,05/03/08

Srta.Betinha (Roberta Pires)
303 compartilhamentos

De tudo o que existiu fica tudo!
Ficam a empatia, os risos, o choro, o medo, o desabafo, os nós desatados e os que atamos também.
Ficam as palavras, as expressões e gestos de afeto e carinho.
Ficam os olhares de cumplicidade e intimidade nos momentos que foram nossos.
Ficam as músicas que não tivemos, as atrapalhadas, as caras de espanto e o medo de magoar com qualquer bobagem impensada.
O toque que a cada dia foi tomando forma mais sincronizada, sem muito desespero. Também fica junto com ele o abraço que foi se tornando cada vez mais apertado fazendo a gente quase entrar na gente.
Ficam os "nãos", os "sins", os "tudo bem" e ficam também os "bóra"! As aulas ficam. Tanto as de "como não fazer" quanto às de "como não ser".
Ficam as longas conversas sobre tudo e nada, sobre eu, sobre você, sobre os outros e sobre nós.
Ficam o silêncio e a troca intensa de emoções que fizemos através dele.
Ficam as broncas acompanhadas de gargalhadas, ficam as piadas engraçadas e as sem graça também. Ficam aquelas que fizemos pensando ao mesmo tempo a mesma coisa sobre a mesma situação. Como tudo isso foi incrível!!
Ficam os sentimentos de cuidado, de carinho, de zelo. Fica cravado no peito o respeito de uma grande e forte "amorizade".
Mas acima de tudo pudera eu dizer pra você: fica?!
Sugiro que modifiquemos e transformemos tudo isso que ficou para continuarmos usufruindo, mas de outra forma. Uma forma mais amena, serena, mas praticável.
Assim, com certeza, a gente vai poder ficar sempre perto!

Sheila Danadio
323 compartilhamentos

aah . . se eu soubesse que aquela seria a última vez que envolveria você nos meus braços, que beijaria seus lábios, que sentiria seu perfume, que deitaria no seu ombro,jamais eu teria deixado você ir.
Jamais teria soltado sua mão, ou dito adeus, jamas teria atravessado a rua sem olhar pra trás,eu não deixaria você dar um passo que o levasse pra londe de mim; eu te abraçaria com toda a minha força,encostaria o meu nariz no teu,e te confessaria que você tem os olhos mais fascinantes que ja vi; e eu te diria que pra sempre serei sua,e que nem que os céus derramem sobre nós lágrimas de sangue eu esquecerei de cada gesto seu,e a canção que um dia você cantou pra mim, hoje está gravada no som da chuva, quando ela caii machucando o chão; então o dia amanhece, pra me lembrar que eu e você não existimos mais; quando o nada se transformar em tudo, nós ficaremos bem novamente (:

amanda
13 compartilhamentos

Domingo, Junho 24, 2007

Era de tarde e eu senti saudades do seu sorriso. alguém sorria tão bonito na rua, e da janela do ônibus eu vi, e era um sorriso que me lembrou o seu. Bem que me disseram que depois de muito tempo sem falar com alguém, qualquer raiva vira saudade pura. Não tenho medo de clichês: amor realmente não basta quando duas pessoas vivem momentos diferentes. Quando o amor é de primeira, e no olhar as almas se encontram e se amam, o amor pode ser extremamente bonito, mas também frágil demais. E mais uma vez sendo comum, lhe digo que sentimentos delicados são como cristais. E, portanto, digo também que há vasos que precisam ser tratados com extrema delicadeza. E palavras rudes são tombos altos. A decepção condicionaliza o amor, que, para ser amor, há de ser incondicional. Ainda que as almas saibam que o amor é de verdade, as pessoas precisam conhecer profundamente o caráter da outra para não precisar ficar segurando o vaso o tempo inteiro. Nos amávamos, não tenho dúvidas. E, por isso - somente e o bastante - não tivemos medo de deixar o vaso sobre a mesa. E hoje quando eu olho os cacos, um deles é a janela do ônibus pela qual eu vi um sorriso que me lembrou o seu. E me deu saudades. E mais do que lembrar dos passeios que não chegaram a acontecer, as comidinhas gostosas e os desenhos que não fizemos, os seus casos de amor que você não me contou, as alegrias e as tristezas que não aumentaram ou diminuíram ao dividirmos, mais que tudo isso eu olho para os cacos e lembro de tudo que está em cada um deles. Tudo o que aconteceu e fez de mim uma pessoa melhor. Porque a alma ainda ama. Se eu tivesse cola, eu juro que tentava colar. ainda que não fosse nunca ficar igual.

Mariana Chagas
102 compartilhamentos

Simplesmente

O que tenho por fora, permanece inalterado
Sorriso estampado no rosto, calor no corpo inteiro, alegria de ver e viver,
Parece festa, parece fogo, parece... parece felicidade!

Dentro de mim há um abismo.
Não pode ser visto, nem tocado
Sua profundidade é incalculável,
Os que tentam desvendar apenas se enchem de dúvidas

Dúvidas?
Sim! Muitas dúvidas.
Coisa inexplicável...

O que me move é a paixão
É ela que me faz querer viver
Que me faz voar e querer alcançar o céu
Voar bem alto... e cair, voltar ao chão

O que queima dentro de mim é o desejo incontido de ter (e não ter)

E se me busco em mim mesma, encontro o vazio
A loucura,
O medo

Mas se por um segundo eu me encontro, mesmo que por um segundo
Eu quero, eu surto, eu vejo, eu sinto...
Que você nunca passou

Simplesmente
Amo-te!

Fatima Vasconcelos
73 compartilhamentos

Se Puder Sem Medo

Deixa em cima desta mesa a foto que eu gostava
Pr'eu pensar que o teu sorriso envelheceu comigo
Deixa eu ter a tua mão mais uma vez na minha
Pra que eu fotografe assim meu verdadeiro abrigo
Deixa a luz do quarto acesa a porta entreaberta
O lençol amarrotado mesmo que vazio
Deixa a toalha na mesa e a comida pronta
Só na minha voz não mexa eu mesmo silencio
Deixa o coração falar o que eu calei um dia
Deixa a casa sem barulho achando que ainda é cedo
Deixa o nosso amor morrer sem graça e sem poesia
Deixa tudo como está e se puder, sem medo
Deixa tudo que lembrar eu finjo que esqueço
Deixa e quando não voltar eu finjo que não importa
Deixa eu ver se me recordo uma frase de efeito
Pra dizer te vendo ir fechando atrás da porta
Deixa o que não for urgente que eu ainda preciso
Deixa o meu olhar doente pousado na mesa
Deixa ali teu endereço qualquer coisa aviso
Deixa o que fingiu levar mas deixou de surpresa
Deixa eu chorar como nunca fui capaz contigo
Deixa eu enfrentar a insônia como gente grande
Deixa ao menos uma vez eu fingir que consigo
Se o adeus demora a dor no coração se expande
Deixa o disco na vitrola pr'eu pensar que é festa
Deixa a gaveta trancada pr'eu não ver tua ausência
Deixa a minha insanidade é tudo que me resta
Deixa eu por à prova toda minha resistência
Deixa eu confessar meu medo do claro e do escuro
Deixa eu contar que era farsa minha voz tranqüila
Deixa pendurada a calça de brim desbotado
Que como esse nosso amor ao menor vento oscila
Deixa eu sonhar que você não tem nenhuma pressa
Deixa um último recado na casa vizinha
Deixa de sofisma e vamos ao que interessa
Deixa a dor que eu lhe causei agora é toda minha
Deixa tudo que eu não disse mas você sabia
Deixa o que você calou e eu tanto precisava
Deixa o que era inexistente e eu pensei que havia
Deixa tudo o que eu pedia mas pensei que dava

Oswaldo Montenegro
339 compartilhamentos

É o que restou...

Todo amor se foi...
Dessa história que acabou, só fotos e lembranças foi o que restou...
Lembranças de momentos bons, e de uma dezena de meses marcantes...
Lembranças de momentos de realidade, de um sonho onde eu nunca quis acordar...
Lembranças de um olhar sincero, e de um sorriso singelo que um dia mi fez chorar...
Ficaram lembranças de palavras que foram ditas apenas da boca pra fora, palavras como “Eu te amo”, e outras coisas... Planos que foram criados e pessoas que si decepcionaram... Erros que ficaram claros, e perdões que foram dados sem ao menos serem pedidos...
Foram sonhos perdidos, e um amor que se dizia puro, que em fim morreu na praia...
Ficaram lembranças de muito amor demonstrado, e uma insegurança que trousse erros e grosserias... Ficaram lembranças de momentos que nunca vão ser esquecidos... Ficaram lembranças... Lembranças que são reflexos de saudade... E a saudade que é ausência da presença... Afinal quando o amor é puro ele permanece vivo dentro das lembranças... Como um dia a caminhar na chuva, como uma brincadeira e outra entre um beijo e um abraço bem apertado... Dentre tantas juras e promessas de amor, muitos momentos serão lembrados e outros jamais poderão ser esquecidos...

Fernando Zéqui
140 compartilhamentos

E agora o que faço da minha vida?
Depois que você partiu
Acabou toda a minha alegria.
E sem entender
Me desesperei
Em prantos fiquei
Por não poder compartilhar
O calor dos seus abraços
O mel de seus lábios...
Por não poder compartilhar o dia a dia.
Não poder te encontrar toda hora...todo dia,
Para MIM é uma agonia...
O que faço da minha vida
Sem a sua companhia?
Sem a sua alegria...
Não vou ter mais
Seu olhar me protegendo...
Nem seu sorriso me envolvendo...
Sem você a vida perdeu a graça...
Sem você...de que adianta o jardim da praça?
Sem você...de que adianta viver?
Sem você...o sol não irá brilhar ao amanhecer...
Sem você...a lua não irá encantar o anoitecer...
Sem você...não saberei viver...
Sem você...é padecer...
O que faço da vida sem você?
O que será de mim sem o seu amor?

Desconhecido
11 compartilhamentos

Enfim o fim...
Acabou, não dar mais para ser sua...Tentei...Corri...Fiz...Falei...Chorei...Ri enfim LUTEI, mas acabou e você para mim morreu.
Muitas vezes fui e voltei, falei e me contrariei, briguei e não me levei a serio, errei e tornei a errar, mas infelizmente já chega...Libertei-me.
Dói, ainda sinto sua falta, seu cheiro está em determinadas roupas, sua foto mexe muito comigo, só que cansei de não ser correspondida.
Não lamento pelos momentos que não vivemos juntos, pela estória perfeita que gostaria de ter escrito, porém lamento por você não ter observado que o grande amor da sua vida estava o tempo todo a sua disposição.
Nunca me arrependi de nada que fiz e hoje tenho a total consciência que tudo eu fiz foi por mim, para te ter, pena que você não disse a palavrinha mágica: SIM.
Esperei tempos por uma reposta positiva...Dormir e acordei desejando isso, sonhei e viajei com minhas ilusões, fui a marte e júpiter pensando em nos dois...Só que você me retribuiu com a incerteza, com o NÃO como resposta...Sofri, vivi momentos de choros incessantes, visitei o inferno dos amantes não correspondidos, abracei a solidão, convivi com a noite fria e beijei os lábios da angustia.
Mas cansei, me ergui e me levantei...Limpei as lagrimas, voltei para a terra, abracei a oportunidade, convivi com a esperança e beijei a renovação. Lembranças existem e sempre existirão, momentos de felicidades e de tristezas sempre serão lembrados, ciclos acabados sempre rondaram...Para você hoje eu digo adeus e encerro minha persistência, foi bom enquanto durou, mas preciso ser feliz, preciso amar novamente e ser amada de verdade.
Quero intensidade de valorização, ser notada, ter o desejo do meu amado todos os dias...Quero um amor de novela, minha cara-metade do meu lado.
Quero sonhar e não ter que acordar no meio da noite assustada para ver se você ainda está ali ou já se foi.
Quero liberdade para rasgar meu peito e mostrar todos meus sentimentos sem medo de errar.
Enfim...Não quero mais ter esse suposto amor e sim quero um coração palpitando paixão e ardendo em desejo.
O fim sempre é doloroso, mas infelizmente só me resta dizer ACABOU e não morri, porque quem morre é a pessoa que não ama, que não se entrega, que vive atrás de uma mascara.
A vida passa e de nada se leva só os sentimentos que foram conquistados e recebido, por isso ame, sofra, renove e acabe, mas sempre saiba que nunca se morre de amor e sim sempre renasce uma nova esperança para que tudo possa ser diferente um dia como um novo amanhecer.

Mariana Nascimento
115 compartilhamentos

AGORA ACABOU

Você foi como um sonho repentino que veio sem aviso no momento em que eu mais precisava
Você veio como um anjo falando manso, dizendo palavras bonitas e precisas que sempre me encantavam
Mas tão rápido como veio, você me disse adeus e não disse mais nada
Pode ser fácil para você, mas para mim leva um tempo para esquecer
Eu sei que você não entende, mas é porque você tem medo de se entregar como eu me entreguei
Mas, tudo bem, a vida continua, aceito a sua amizade e dou-lhe inteiramente a minha
Só a partir de hoje você está oficialmente fora dos meus sonhos de amor
Das minhas expectativas de parceria e felicidade
E, apesar de tudo, da sua pressa, não esqueça que tenho sentimentos
Que leva um tempo para se esquecer os sonhos que se sonhou
Mesmo que sozinha, eu ainda nutria uma esperança escondida que nem eu mesma sabia que tinha...
Agora tenha paciência, que também sozinha
Vou esquecer de tudo o que eu queria para nós dois
E que você sozinho desperdiçou.

Germana Facundo
158 compartilhamentos