Coleção pessoal de paulo_sousa_2

Encontrados 13 pensamentos na coleção de paulo_sousa_2

As vezes (não q isso tenha q ser necessariamente dolorido)
Temos q baixar os ombros
Encarar as palavras ditas ou escritas
E simplesmente admitir não sem uma pontinha de dor
q pessoas vem e vão
Deixar de lutar para ser ainda "da velha turma"
Não quer dizer absolutamente q se trata de uma atitude derrotista
Quer dizer sim q uma hora ou outra
Vc veria nomes marcados e o seu não estaria entre eles
Normal,simples assim...
É como deixar de pedir a bola
É como deixar de se convidar de uma forma constrangedora
É como um sentimento q acaba de um segundo para o outro
Sem magoas,sem rancores
Só busca de todas as formas não se afogar
E de repente entende q essa luta é em vão
E se deixa submergir
E não mais q surpreso
Vê q o seu lugar não precisa mais de oxigênio
Não precisa mais de risos antigos
Não precisa mais de historias passadas...

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento

É engraçado e ao mesmo tempo desesperador
Me vejo andando cego a caminho da loucura
Quando por um milionésimo de segundo
Caio em mim e rio sozinho
Do quao perto estive do precipício.

Por esses dias
Por quantas vezes
Me salvei por um triz
Submergindo de volta a lucidez.

Por esses dias
Dias tão longos
Por quantas vezes
Eu pensei ter morrido sozinho
E ressuscitei em meio a fronhas molhadas de lagrimas.

Da minha quase loucura
Me senti ridículo
Chorando e sorrindo e chorando e gargalhando
E repetindo tudo de maneira desordenada
E repetindo de novo
Sorvendo entre meu sorriso doido
O gosto salgado da água da minha alma.

Por esses dias
Dias nublados ensolarados de chuva
O quanto me escondi
O quanto tive medo da percepção da minha fraqueza
O quanto quis q ninguém lesse minha dor.

O q me salva são as palavras
Fervilhando na minha mente
Pedindo ajoelhadas para serem transpassadas para o papel
Elas se salvam saindo de um corpo ambiente caos
Elas me salvam levando em cada uma delas
Uma porcentagem ínfima dessa dor
Essa pequenez q elas levam
Me dão o respiro necessario
Pra voltar do fundo de mim
Me tiram da certeza do afogamento emocional
E me salvam da loucura iminente .

Por esses dias
Por quantas vezes
Me perguntei
Será q já nao enlouqueci?
O q me da certeza do nao enlouquecimento ?
Alguém,algum dia vai ler os meus textos e encontrar lucidez e entendimento nessas palavras loucas e sem sentido?

Por esses dias
Dias q se estendem além do meu querer
Dias q nao me dão paz
Lotado de suas horas,minutos e segundos
Me forçando a vive-los
Um a um
Numa doce e vingativa tortura
Da qual eu sei ser merecedor...

Da qual sei ser o causador.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: melancolia tristeza

To com saudade da minha casa
Das minha almofadas coloridas
Do meu assento de vaso que precisa ser trocado
Das galinhas estáticas encima dos livros.

To com saudade da minha bagunça
Das roupas que jogo pelo quarto
Dos meus imãs de geladeira engraçados
Do passarinho derrubando folhas pela cozinha

To com saudade das minhas contas atrasadas
Dos meus DVDs falsos
Tanta saudade do Glee e dos Friends
Do tapete de juta que não deveria estar no banheiro.

To com saudade do cheiro da minha cama
Do cheiro do meu travesseiro
Dos cheirinhos que eu mesmo fiz pra por na sala e no banheiro
De quando o Di passa a carne na manteiga.

To com saudade da minha tv
Saudade da Jô comentado comigo cada bobeira que passa
Saudade da gente chorando de dar risada
Enquanto o Lê ronca ensurdecedoramente deitado no chão

To com saudade da luz do IPad batendo no rosto do Di.

To
Com
Saudade

O tédio pesa uma tonelada trancado nesse quarto de hotel...

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento

Eu sei que a sua fruta preferida é maracujá mas ele tem que está bem azedo pq você ama fazer suco sem colocar nada de açúcar e depois me oferecer pra ver minha cara de quem está tomando tempero de salada ao invés de suco.
Eu sei que a sua cor preferida é preto pq inconscientemente tudo o que você escolhe é dessa cor e é mais fácil de combinar com a sua praticidade pra mim incompreensível na hora de se vestir.
Eu sei que quando você está ansioso você segura o lábio inferior com dois dedos como se fosse assobiar, não confundir com quando você está nervoso pq dai se formam 3 vincos profundos entre as suas sobrancelhas e você não sossega enquanto não coloca pra fora.
Eu sei que você prefere tomar banho depois de mim pq não suporta a ideia de que tem alguém esperando você sair do banheiro pra poder usar em seguida.
Eu sei que você tem tanta vontade de tanta coisa mas não consegue colocar essas vontades em pratica e se sente culpado por isso. Eu sei que você tem um sonho de fazer trabalhos sociais mas também ainda não conseguiu tirar isso do papel.
Eu sei que você canta bem mas não se sente confortável quando alguém se toca que você canta bem e que você odeia ser o protagonista de alguma coisa então quase nunca canta em público.
Eu sei que você adora debater assuntos polêmicos comigo pq isso apesar de parecer que estamos brigando na verdade é uma das coisas que mais nos aproxima.
Eu sei como você gosta de cuidar de pessoas, que gosta de receber todo mundo bem e se irrita com meu jeito quase que preguiçoso de receber as pessoas em casa.
Eu sei que você não gosta de datas comemorativas, feriados, aniversários e nem nada que te obrigue a ser feliz naquele momento. Do Natal eu sei que você gosta.
Eu sei que você sorri ainda mais que eu quando você faz aquele barulhinho engraçado de cachorro farejador e eu falto fazer xixi nas calças de tanto gargalhar.
Eu sei dos seus traumas do passado, eu sei dos seus traumas do futuro, eu sei das suas vontades indizíveis, eu sei que se sente sozinho, eu sei que nada do que eu sei vc me disse em voz alta, eu sei que se te perguntar sua cor preferida, sua fruta, seu filme você não vai saber responder mas eu sei, eu sei de tudo, mesmo das coisas que nem você sabe sobre você mesmo.
Eu sei das suas confusões mentais e sei de tudo o que você pensa de mim.
E eu sei tudo isso pq você é tão importante, mais tão importante que procuro conhecer cada milímetro seu, procuro dissecar cada gesto que vem de você. Eu sei de tudo isso pq te adoro tanto que decifro cada vírgula sua antes mesmo de que tenha saído qualquer palavra da sua boca.
Só queria te dizer que eu sei.
Só queria te dizer que de todas as certezas a mais certa delas você também sabe.

Só queria dizer que te amo.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: amor sabedoria

Sou a mão que acaricia o peito esquálido do cachorro
Enquanto ele me encara agradecendo o doce afago
Sou as mil borboletas presa no estômago teimando em avisar
Das mazelas que estão por vir e prefiro não acreditar
Sou o cabelo arrancando lágrimas doídas involuntárias
Pq cai em cascata na testa e nos meus olhos resolve fazer morada
Sou a vontade acima da vontade de me afogar no mar
Sou o canto da sereia embanando meus próprios sentidos

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: ansiedade melancolia

Querido Papai Noel,
Quando era criança, na minha cabeça sempre lúdica e meio "fantástico mundo de Bobby", eu te via como Deus. A verdade é que vc também não ajuda e seu lifestyle é meio plágio dele. A barba, a cabeleira branca,tudo isso também não ajudava a te diferenciar. Vendo vc como Deus eu sempre achei que já te pedia coisas demais. O engraçado é que tudo o q te pedia vc me dava, menos as coisas materiais. Nada de carrinhos com controle remoto, nada de bonecos dos Power Rangers com mil articulações, nada daquela caixa de lápis de cor Faber Castel com todas as cores imagináveis no mundo. Em compensação vc me dava corridas na chuva e futebol com a molecada na prainha de areia fina e branca do lado do rio. Vc me dava uma disposição absurda pra vida e saúde pra ficar horas debaixo da água que corria na rua junto com lama sem pegar uma gripezinha sequer. Vc me dava tudo o q era mais importante. No saco de presentes que vc me trazia eu tinha tudo o quanto era necessário pra ser o moleque mais feliz do mundo. Mas te confesso que naquela época ainda era pouco pra mim. Eu queria os lápis de cor, os Power Rangers e a porcaria do carrinho de controle remoto.
Daí eu cresci e me disseram que vc não existia, e eu ria por dentro pq sabia que vc existia sim. Essa certeza da sua existência me fazia rir pq meio que me tornava cúmplice de um segredo tão bonito e com uma pessoa da sua importância. Se te confundia com Deus e tenha plena convicção da existência de Deus então vc existe, simples assim. Eu parei de te pedir coisas. As coisas simplesmente vinham e esses presentes mágicos que apareciam do nada na minha vida me davam a certeza de que eu era e sou especial pq acredito em vc.
As coisas mudaram e eu não quis mais as coisas materiais, tudo o q eu tinha de mais importante não se comprava mais em prateleiras de lojas ou era fabricado por duendes anões. Tudo o que eu tinha de mais importante ficava a apenas um passo de distância. E tava tudo ali. Não faltava mais nada. E era tão mágico e tão surreal que eu achava que não merecia tanto, mas se vc achava q eu merecia quem era eu pra dizer q não né Papai Noel.
Na verdade, eu pra variar um pouco já me estendi demais. Essa carta foi te pra te agradecer, agradecer por tudo, se eu for nomear tudo aqui essa carta vai ser daquelas quilométricas e vai até o polo norte. Obrigado por esse ano, obrigado pela minha família, obrigado pelo meu trabalho, obrigado pelos meus amigos loucos, obrigado pela minha própria loucura, obrigado pelo Bento, obrigado pelo Di, obrigado pela felicidade sufocante que vc me dá, obrigado pela melancolia necessária e pelos momentos de aperto que me fazem forte. Eu te amo Papai Noel e sim eu acredito em vc pra caramba.
Feliz Natal e descansa um pouco depois do dia 25 pq sei o quanto é puxado essa época pra vc rs.
Ps* Sei que falei que não ia fazer nenhum pedido mas não me contive e vou fazer só um.
Continua me abençoando e olhando por mim e por todos que eu amo. Vc tem o poder de Deus pq na minha cabeça vc é Deus. Ah, eu quero o iPhone 6 também rsrsrs

Paulo R R Sousa
2 compartilhamentos
Tags: natal papai

E quando o ato de amar passa a ser totalmente consciente
Tudo equalizado, matematicamente elaborado
A emoção passando a ser construída
As vontades enlouquecidas presas na mente em nome da razão

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento

E no fundo, fico perdido entre o q eu sou, o q eu gostaria de ser, e o que eu gostaria que os outros acreditassem q sou. Mesmo quando crio máscaras, elas revelam ainda mais do q se pretendia esconder. Então acabo sempre me desnudando e sendo transparente demais. No fim das contas ser quem vc é não tem perdão pq não tem pecado nisso. As vezes tem burrice e inconsequência mas pecado não.

Paulo R R Sousa
2 compartilhamentos
Tags: autocrítica autoconhecimento

Trabalho para ir além da vaidade de ostentar minhas forças, do autoelogio hipócrita. Exijo de mim e busco sempre a beleza e a coragem de mostrar minhas fragilidades. De exibir minha humanidade defeituosa e por isso mesmo tão gostosa de viver. São os Meus defeitos que me fazem feliz, eles vem com o bônus da melhoria contínua. Eles me impulsionam pra frente.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: humanidade amor

Colega de trabalho.
Depois viramos colegas sem vínculo de trabalho.
Depois colegas de bar.
Aí choramos juntos nossas dores e cantamos Legião.
E isso nos tornou cúmplices.
Cúmplices na dor compartilhada e na cara feia do dono da padaria.
Depois superamos as dores de amor, curamos as feridas.
E isso nos tornou amigos.
Depois vivemos começos, recomeços, tropeços.
E isso nos tornou confidentes.
Depois partilhamos nossos anseios e medos.
Desnudamos nossos segredos.
E isso nos tornou irmãos.
Depois eu te amei de um jeito tão terno e fraternal.
Depois eu vivi sua rotina de casa.
Depois eu olhei pra você com a admiração que a mais foda das pessoas merece ser olhada.
Depois eu disse que você era o amor de my life, e você respondeu: eu sei!
Depois cantamos Los Hermanos e as letras que nos definem dos pés a cabeça.
E a partir daí não sei mais o que viramos.
Somos colegas de bar, somos parceiros, somos confidentes, somos amigos, somos irmãos. E de verdade somos o que nenhum desses rótulos idiotas é capaz de nomear.
Feliz Aniversário menina dos girassóis. Atrasado pq estive o dia inteiro com ela e os dias com ela são somente para enche-la de amor.
Te amo

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: amor amizade

Hoje minha avó morreu
A verdade é que foi tudo tão rápido e automático que não pensei nela
Só conseguia pensar no meu pai.
Sei que é loucura mas não consigo imagina-la morta
Pra mim ela sempre vai estar na frente da casa sentada na cadeira de macarrão proseando com os vizinhos.
Já meu pai não,
Ele está aqui e vejo os anos pesando sobre seus ombros.
Eu vi ele chegar hoje andando devagar, eu vi a dor nos olhos dele
E eu vi lágrimas que não via há muito tempo
Talvez nunca tenha visto como aquelas.
E me doeu tanto
Doeu na alma ver (incapaz de reverter) alguém que amo tanto exalando aquela dor tão real, tão intensa.
Pai tudo o que eu queria era arrancar isso de você, mas seria egoísmo demais não deixar você viver o seu luto.
O tempo tudo cura, você só precisa saber que ela está nesse momento, sentada na cadeira de macarrão, com a caixa de fumo do lado, fazendo pacientemente o próprio cigarro. Ela vai pedir um café pra depois do cigarro e vai rir de tudo isso. Daquelas gargalhadas doidas que se seguiam de um beliscão que era a forma dela dizer Te amo.
Ela está melhor que nós.
Eu te amo demais.
Eu queria que você nunca esquecesse disso.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento

Mil borboletas no estômago me fazem sorrir
Sorrir de nervoso
Sorrir de ansiedade
Sorrir pq acho que está chegando aquilo que mais queria na vida
Já li "Deus me proteja daquilo que mais quero"
Hoje digo: Pode mandar Deus, pq eu estou mais que preparado.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento

Faltou o ingresso perdido entre livros "meio lidos" e um acúmulo de papel fora do normal.
Faltou um vestido soltinho pink estampado de girassóis.
Faltou o desafinado da voz e todas as letras dos Los Hermanos que sabemos de cor.
Faltou uma Praia em um dia nublado.
Faltaram dois adultos correndo como crianças em direção ao mar.
Faltou uma viagem frustrada de bote para um ilha paradisíaca.
Faltaram aquelas longas conversas sobre coisas da vida.
Faltaram várias long necks largadas embaixo da rede acompanhando suas risadas histéricas.
Faltou você me pedir pra contar as mesmas histórias repetidas e rir de todas elas como se fosse a primeira vez que as estivesse ouvindo.
Faltou o Sar - Sas - Sacas - Sarcasmo.
Faltou eu e você juntos hoje (nos acostumamos tão mal de estar juntos hoje.)

Faltou você, faltou eu.

Que hoje seu dia tenha sido lindo, pq pra mim o foco foi mesmo a sua falta.

Te amo demais Lidiane.

Você me faz falta.

Feliz aniversário.

Paulo R R Sousa
1 compartilhamento
Tags: aniversário amizade