Coleção pessoal de N4m9A6L5

1 - 20 do total de 187 pensamentos na coleção de N4m9A6L5

" Só segimos em frente, quando deixamos o passado,
no passado."

Nilma Marques Coelho

" Acreditar em si, é ter poder."

Nilma Marques Coelho

" Nosso olhar é capaz de enxergar além do que a vis-
ta realmente alcança."

Nilma Marques Coelho

" Amar uma criança, é garantir a formação de um adulto
seguro dos seus sentimentos e dos seus ato perante a vi
da."

Nilma Marques Coelho

"Você é e sempre será, o melhor momento na minha vida.

Nilma Marques Coelho

" Acordei com um vazio tão intenso e sofrido que me-
fez dobrar tamanha dor.
Chorei, chorei, chorei até ficarem apenas os solu-
ços, pois não havia mais lágrimas.
Lentamente voltei a ficar ereta, mas agora, no meu
coração havia um buraco profundo e seco."

Nilma Marques Coelho

" Ansiedade nostágica que assola o coração e oprime,
deixa sem respiração, leva as lágrimas, mas não lava a
a tristeza entranhada na alma.

Nilma Marques Coelho

" Amor do passado, presente e do futuro, juntos conti-
nuarão.
É amor que acompanhará até a eternidade."

Nilma Marques Coelho

" Ter medo da vida é um fato, pois é um caminho desco-
nhecido que temos que percorrer sem opção.
Mas nem por isto, vamos deixar de vivê-la intesamen-
te,e descobrir as surpresas que nos aguardam.
Nas boas, nos deleitaremos, nas ruíns, superaremos."

Nilma Marques Coelho

" Não se preocupe coma as pedras que recebe.
Elas jamais chegarão até você como um mineral duro,-
sólido e ferí-lo.
Durante o percurso, ela se transformará em penas a -
deslizar pelo ar, levada suavemente pela brisa, pois --
a pureza do seus sentimentos fará o milagre da conver--
são, pois é só amor.
E o amor tem o poder da magia."

Nilma Marques Coelho

Aquilo que foi levado de você, não lhe pertencia, por -
por isso se foi.
Mas esteja aberto para receber o que é Seu, pois virá."

Nilma Marques Coelho

Mágoa, é sentir-se ofendido moralmente, se sentir agredido na sua sensibilidade e em seu amor-próprio.
A aflição é apenas Sua, quem a provocou não a sente.
Supere e mostre sua grandiosidade e força.
Esqueça.

Nilma Marques Coelho

Ter a coragem, para ter coragem, é juntar todos os nos-
sos medos e tentar superá-los para seguir em frente.
Derrubando para construir."

Nilma Marques Coelho

O pessimismo ás vezes é a forma de descobrir que a vida
é muito mais.
E no meio desse tormento é onde se descobre a luz que-
iluminará essa escuridão, e então, surge o caminho até en
tão, invisível, aos olhos enevoados pela dor, antes impos
sibilitado de vê-lo, agora claro como dia, siga-o."

Nilma Marques Coelho

A fala, tem a magia do encanto que hipnotiza, que faz
sonhar, e levar...
O ato de fazer, tem o poder de tornar realidade."

Nilma Marques Coelho

Na infãncia, a criança sonhadora e inocente ama sem en-
tender, porque só sabe sentir.
Na adolescência, a paixão explode como fogo, a tudo con
sumindo.
Na maturidade, estes sentimentos até então desordenados
impulsivos, se fundem, e cedem lugar a um amor consciente e
pleno, forte.
O verdeiro amor que será o companheiro de jornada."

Nilma Marques Coelho

Esqueça os problemas que já superou, mas jamais, os
exemplos que aprendeu."

Nilma Marques Coelho

" O tempo passa, ele é inexorável, os sentimentos da
mulher foi abalado, seu muro ficou trincado, mas mante
ve ás aparências.
Este fato muito consumiu das suas energias e desa-
bou como qualquer ser humano.
Sua mente e seu corpo se ressentiram do esforço, e che
garam ao seu limite, e foi obrigada à enxergar, e seu muro
trincado, desabou totalmente."

Nilma Marques Coelho

" A mulher tomou consciência de si, pecebeu que nunca-
se deixava levar pelas emoções, se escondia com maestria
e se guiava sempre pela razão.
Mas não há arrenpendimentos, por um lado se protegeu
das atribulações da vida, mas por outro, não sabe o que-
perdeu em não deixar os sentimentos sobrepujar á lógica-
e o que deixou de viver.
Quando descobriu..."nn

Nilma Marques Coelho

" A mulher acreditava-se feliz, sentia-se bem vida e consigo mesma.
Senti-se importante, imprescindível e indispensável.
era orgulhosa, e sentia orgulho dos elogios que rece
bia. quanto egoísmo mas á vida ensina."n

Nilma Marques Coelho