Coleção pessoal de marsouza42

1 - 20 do total de 658 pensamentos na coleção de marsouza42

FOI PENSANDO EM TI.
Márcio Souza. 30.07.18 684
Foi pensando em ti,
Que cheio de fantasias,
E com muito amor decidi.
Escrever-te essa poesia.
Pensei e repensei com calma,
Busquei minha inspiração,
Com toda alegria da minh’alma,
E bem no fundo do coração .
Sonhei com teu belo rosto,
Com teu sorriso maroto,
Feito uma criança inocente,
Com teu olhar envolvente.
Fui ficando enamorado,
E pouco a pouco por inteiro.
Vi-me assim apaixonado,
Como se fosse o amor primeiro.
Sinto-te como uma flor,
No jardim, a flor mais bela,
Que por ti sempre sonhou,
Na minha florida primavera.
Entre o possível e o imprevisível,
Vou seguindo sempre em frente,
Mesmo sendo um amor quase impossível,
Trarei-te sempre em minha mente.
De repente, me peguei a versejar,
Senti/te tão perto de mim,
O meu sonho em te amar,
Ao estar pensando em ti.
Márcio Souza.
( Direitos autorais reservados por lei)

Marcio Souza
1 compartilhamento

A DESPEDIDA.
Márcio Souza 18.07.18- 683
Quando tu partiste, levaste toda minha alegria,
Levaste parte do meu ser e pedaços da vida,
Hoje, restam somente lembranças e fantasias,
Tristezas e lágrimas e a minha alma ferida.
Voaste de repente como um passarinho,
Feito ave, em voo rápido de verão,
Deixando-me desolado e sofrendo sozinho,
Ferido e chorando esse meu coração.
Mas a vida é uma história, é mesmo assim,
Cheia de surpresas, sem qualquer previsão,
Ela sempre se completa com começo, meio e fim,
Quando se passa do sonho à verdadeira razão.
Nenhum de nós dois foi culpado,
Há de se conformar, sem desatino,
O nosso tempo agora foi encerrado,
Não se devemos culpar o nosso destino.
Nesse mundo de vitórias e derrotas,
Sempre haverá, na vida, sonhos e logros,
Nessa estrada do amor cheia de idas e voltas,
Alguém tem que perder, para outro entrar no jogo.
Não se trata de vitórias ou fracassos,
Vais buscar o teu
porto seguro da felicidade,
Que tu encontres guarida em outros braços,
E eu por aqui vou vivendo de saudades.
Vais deixando a dor da saudade e lembranças,
E o adeus ao sonho de um amor profundo,
Deixando gravado no coração como herança,
Uma bela história que vivemos nesse mundo.
Mas se o destino quis assim,
seguirei sozinho os meus caminhos,
Que as saudades e lembranças se afastem daqui,
Quero tirar a dor desse coração em desalinho,
Tentar esquecer esse amor e cuidar mais de mim.
Márcio Souza
Entre idas e vindas,
Nas tristezas ou felicidades,
Restam-nos nas despedidas,
Sentimentos de lembranças e saudades.
(Créditos para imagens e musica) Clique para abrir
👇👇👇👇
https://youtu.be/dOc9t2ALeo4


youtube.com

Marcio Souza
1 compartilhamento

ABRAÇO-TE.
Márcio Souza. 06.07.18 681
Abraço-te como se fosse pela primeira vez,
Abraço-te, carinhosamente, com emoção,
Abraço-te sem qualquer timidez
Abraço-te com toda a força do coração.
Abraço-te para que os corações sintam em silêncio,
O pulsar do amor a todo instante e momento,
Para sentir, no peito, todo amor intenso,
Num encontro de almas no silêncio do tempo.
Abraço-te docemente com todo amor
Num afago suave, carinhoso e solto,
Na doce magia de todo teu calor,
Em ondas de amor ao desnudar teu corpo.
Abraçamos nós e nossos corações,
Num carinho de amor, de ternura e paz,
Porque o amanhã será um futuro sem quaisquer previsões,
E o hoje terá sido a saudade de um passado que jaz.
Cada abraço é uma chegada ou despedida,
Sentimento de amor ou de ilusões,
Uma alegria na alma da saudade sentida,
No silente encontro de dois corações.
Márcio Souza.
(Direitos autorais reservados pelo autor)

Marcio Souza
1 compartilhamento

VIAGEM.
Márcio Souza. 3.07.18 - 680
Viajamos pela vida, por varias estradas.
De todas, a principal é Estrada da Vida.
Caminhamos pelo Tempo, sem paradas ou distâncias,
Conhecemos, apenas, seu início, no início quando crianças.

Pisamos em pedras e lamas,
Em flores e espinhos também...
Buscamos vida simples e sem fama.
Sempre almejando a paz e o bem.

Muitas vezes caímos,
E levantamos mais fortes.
Superamos e reagimos,
Os obstáculos da vida,
No passo a passo do dia,
Sem pressa ou corrida.

Nessa estrada infinita,
Seguimos o destino
e o norte,
Até a parada da vida,
Com a chegada da morte.

Vivamos, portanto, a cada dia e instante.
A vida é um presente, é uma luta constante,
São sonhos de todos, meus e seus,
A vida é uma viagem é uma dádiva de Deus.
Marcio Souza.
(Direitos autorais reservados pelo autor)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2177287072300977&set=a.550967981599569&type=3&eid=ARCXZQtQzevAdTEtCtlNQELspvGcmTHdKT1Vs_YqmivEpDX_cNFPUez87u-vNY12neIeKW_HZxraZp-5

Marcio Souza
1 compartilhamento

AS APARÊNCIAS ENGANAM.
Márcio Souza. 29.06.18 - 679
Com plumagens verdejantes,
A bela disfarçada taturana, (*)
Provoca queimaduras irritantes,
E ardentes feito uma chama.
É uma dor bem dolorida,
É uma insuportável dor,
É como a dor da despedida,
Quando se perde um amor.
Devemos tomar cuidado,
Pois as aparências enganam,
Escolher, para não ficar frustrado.
E com a certeza de que se amam.
E sem medir qualquer valor,
É como a dor latente da paixão,
Pode sobrar apenas cinzas de dor,
Das chamas, que queimam um coração .
Como um coração triste e enganado,
Pela beleza da taturana inocente,
Sofrendo a dor e todo queimado,
Solitário, sofrido e todo carente.
Iludido pela saga do amor e paixão,
E da vontade louca de querer-te,
Aquela aparência tornou-se desilusão,
Toda aquela beleza do teu verde.
Márcio Souza.
(*) Tata = fogo
rana =semelhante
(Direitos autorais reservados pelo autor)
https://scontent.fsjk1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/36389801_2170631132966571_2574637481529966592_n.jpg?_nc_cat=106&_nc_ht=scontent.fsjk1-1.fna&oh=1c5b5489ff404e2e65e97d878b7694f2&oe=5D0C7A2A

Marcio Souza
1 compartilhamento
Tags: aparencias

BUSCA DE UM SOL. 678
Márcio Souza. 23.06.18
“Lutar sempre, desistir nunca e vencer, se possível for.”
O tempo é o Senhor da verdade e Deus é o Senhor do Tempo, da Verdade, da Vida e da Morte!
Todos nós ficaremos bem ao final de tudo, na busca do nosso sol,porque somos filhos de Deus e passamos pela Vida e enfrentamos as tempestades do Tempo!
De todo esse privilégio que Deus nos proporciona, necessitamos de muito pouco para vivermos: simplesmente... A vida!
É por ela que devemos agradecer a Deus todos os dias!
Nós já nascemos campeões desde a concepção. Lembrem-se sempre...
Somos aquela sementinha campeã que venceu as demais, na corrida ao óvulo materno, pela sobrevivência.
Por isso não podemos nos entregar no curso da vida e morrermos fracassados... Pensem nisso!
Um vitorioso será sempre um grande campeão nas batalhas e nas lutas ao longo vida!
Entretanto, nem todas as batalhas tem o sabor da vitória, mas até nas derrotas tiramos grandes lições para o nosso aprendizado.
Desistir da luta é desistir do próprio direito de viver.
Portanto, lutemos sempre!
Marcio Souza.

https://scontent.fsjk1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/36054529_2160936420602709_8562760321033306112_n.jpg?_nc_cat=105&_nc_ht=scontent.fsjk1-1.fna&oh=2e0b702df922497b5d78def7389e4fe1&oe=5D26ADF4

Marcio Souza
1 compartilhamento

SEU PERFIL. 677
Márcio Souza. 18.06.18
Tentei, mas não consigo descrevê-la,
Mesmo usando toda a minha ousadia,
Prefiro, assim de longe, observar e vê-la,
Sob o olhar distante do coração todos os dias.

É um desejo insano sempre ativo,
Ávido e forte, presente e pulsante,
Que alimenta a minha alma, dando-me alívio,
Com o seu amor presente, perto ou distante.

Mesmo acordado lhe desejo em sonhos,
Se durmo não vejo a hora do amanhecer,
Porque meus desejos não têm segredos ou tamanhos,
Porque todas as noites, os meus sonhos são você.

E assim vou lhe idealizando em minha mente,
Como do meu jardim você fosse a bela flor,
Sempre cuidada, com carinho, diariamente,
Mesmo na dúvida de lhe perder e sofrer de amor.

Mas a vida é um jogo, é preciso arriscar,
É um perde e ganha, nada há o que fazer.
Tem que jogar o jogo do amor pra se amar.
E esperar com o tempo, o próprio tempo esclarecer.
Márcio Souza.
(Direitos autorais reservados)

Marcio Souza
1 compartilhamento

BUSCA DA FELICIDADE.
Márcio Souza. 10.06.18 676
Mesmo que podam minhas asas, mesmo que sacrifiquem o meu corpo, farei como a Fênix; Ressurgirei das cinzas e voarei aos céus.
Alcançarei o infinito, colherei estrelas, para oferecê-las à paz, ao amor e aos amigos. E, com o brilho de suas luzes, iluminarei meu caminho e buscarei a felicidade, enquanto as belezas da vida me permitirem.
Márcio Souza.
(Direitos autorais reservados pelo autor).

Marcio Souza
1 compartilhamento

TEUS OLHARES E SONHOS
Márcio Souza. 06.06.18 675
Se olhares para o céu e sonhares com a lua,
Nunca te esqueças que sou teu sol,
Eu me saciarei de teus amores e ternuras,
Serás a minha luz e eu serei o teu farol.
Quando olhares para as estrelas,
Tenhas certeza de que és uma delas,
Pois a luz do teu olhar se assemelha,
Dentre as milhares a mais brilhante bela.
Quando olhares para o respingar da chuva,
E sentires o cheiro da terra molhada,
O gosto do vinho, com o sabor da uva,
E os mais doces beijos de ti amada.
Quando olhares pra natureza,
Com toda sua fauna e bonita flora,
És tu entre as flores de maior beleza,
Que no jardim cultivo e meu peito mora.
Quando olhares para o mar,
Com tuas ondas azuis e o infinito,
Perto ou distante, perceberás,
O meu canto de amor, como verdadeiro grito.
Mas se tu olhares e nada veres no entanto,
Ao sol pergunte o que aconteceu,
Não quero ver-te derramar teu pranto,
Por meu amor que tanto, por te amar morreu.
Márcio Souza
( Direitos autorais reservados pelo autor)

Marcio Souza
1 compartilhamento

INTROSPECÇÃO
(Meu mundo por fora e por dentro)
Márcio Souza. 29.05.18
Vejo os pingos da chuva lá fora,
Sinto a brisa suave do vento,
Formando imagens em minha memória,
Num crítico olhar difuso e pra dentro.
É uma bela e perfeita comunhão,
Entre o céu , a vida e a natureza,
Do amor de Deus e a sua criação,
De um mundo perfeito de amor e belezas.
Vejo a verde relva no chão a crescer,
A me envolver o gostoso aroma da terra,
Sinto o sorriso a vida alegre florescer,
Como se fosse um mundo de paz e sem guerra.
Volto o olhar crítico para dentro de mim,
E percebo todo esse meu ledo engano,
Pois a maioria das coisas, às vezes ruins,
É produto do próprio egoísmo humano.
O que me anima e ainda consola,
Trago no âmago do peito o meu sentimento,
Quero sentir e viver todo esse mundo lá fora,
Sem ter que voltar só meu olhar para dentro.
Volto o olhar crítico para dentro de mim,
Ainda vejo sombras dos tempos de outrora,
Mas o velho tempo me ensinou e aprendi,
A enxergar as belezas do mundo aqui fora.
Apesar dos pesares e dessa introspecção,
Eu deixo de lado todos pessimismos meus,
Pois entre o meu ponto de vida e a própria razão,
Esse Mundo é um presente, é uma dádiva de Deus.
( Direitos autorais reservados pelo autor )

Marcio Souza
1 compartilhamento

REENCONTRO DE ALMAS.
Márcio Souza 17/05/18
Quero me envolver com teu amor,
Sentir o tocar do teu corpo junto ao meu,
Sentir do teu coração todo calor,
E roubar todos beijos dos suaves lábios teus.

Quero ser um menino passarinho,
Quero teus carinhos e os teus abraços,
Quero repousar em sonhos e fazer meu ninho,
E agasalhar-me no aconchego dos teus braços.

Quero ter a ternura dos teus beijos,
Quero ter teu amor que me acalma,
Tu és a fonte e a inspiração dos meus desejos,
És tu o bálsamo que alimenta a minha Alma.

Tu és da melodia e os meus versos,
És da minha música a mais bela canção,
A ti amor, te prometo e te confesso,
Sempre será pra ti meu coração.

É o reencontro de duas almas de outras vidas,
Mesmo com a morte, o próprio tempo não apagou,
Que pelo destino de volta foram trazidas,
Para completar a nossa história de amor.
Márcio Souza.
( Direitos autorais reservados pelo autor
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2114070561955962&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento
Tags: reenconrto

PEDAÇOS DE SAUDADES. 672
Márcio Souza. 06.05.18
Quando a saudade bate à porta,
Por um amor que pela janela foi embora,
A dor da alma combalida ainda se nota,
O pulsar de um pobre coração que chora.
Vai minha tristeza procurar,
E diga todo o meu amor por ela,
Já não tem como suportar,
Toda essa imensa saudade dela.
Essa louca saudade que não sara,
Sem remédio ou qualquer solução,
A dor latente e carente que não para,
Que maltrata de morte o coração.
Abro as cortinas da janela, olho lá fora,
Ainda sinto o perfume que deixou,
Com a imagem ainda fixa na memória,
Do amor tão lindo que a história me roubou.
Restaram apenas pedaços de saudades,
De um belo amor que o destino desfez,
E pra ter de volta essa tal felicidade,
Recomeçaria tudo de novo outra vez.
Márcio Souza.
(Direitos autorais reservados pelo autor)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2098964400133245&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento

O CASEBRE
Márcio Souza. 26.04.18
Pobre e simples tapera perdida, abandonada,
Um semidestruído casebre perdido no tempo,
E que sobraram apenas paredes barreadas,
Maltratadas e surradas pelo açoite do vento.
Uma casinha modesta, simples talvez,
Construída de taipas, pobrezinha e sem cor,
Que ao passar do tempo, o sábio tempo desfez,
Ninguém sabe talvez, alguma história de amor.
Ela embora sem cor, mas com verde da mata,
Onde a vida caminha no seu passo a passo,
E que o som do silêncio se faz serenata,
Onde apenas se ouvem os cantos dos pássaros.
Uma velha árvore completa a tosca paisagem,
Que só o tempo que o diga a história dela,
Escorando o casebre e pedindo passagem.
Nos retorcidos galhos e as belas bromélias.
O que fora na vida, uma realidade e esperança,
Hoje, corroída pelo tempo, abandonada e só,
Vai enterrando, aos poucos, todo passado e lembranças,
As velhas paredes de taipas transformando-se em pó.
Essa imagem bucólica plantada no agreste,
No verde jardim, do velho e verde sertão,
Ao relento do vento e sob o sol do nordeste,
Dando prazer aos olhos da alma e ao coração.
Márcio Souza.
Foto: Lu Benjoino.
(Direitos autorais reservados)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2091256924237326&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento

DEIXA-ME SONHAR.
Márcio Souza. 18.04.18
Amo-te, deixa-me amar-te docemente,
Deixa-me querer-te plenamente,
Deixa-me satisfazer os meus desejos,
Toda volúpia de abraços e meus beijos.

Serão beijos apaixonados de amor,
Serão abraços sedentos de carinho,
Sentir do teu corpo, no meu corpo o calor,
Fazer do teu colo o aconchego do meu ninho.

Deixa-me levar-te pelas mãos,
Ao fantástico mundo dos sonhos,
Guiados pela voz dos corações,
Ambos Alegres, felizes e risonhos.

Amo-te, deixa-me viver essa ilusão,
Dê-me essa dádiva primazia,
Para que tenha a falsa sensação,
De estar iludindo as minhas fantasias.

Deixa-me sonhar por toda vida,
Pois tu és a luz que brilha e me acalma,
Que sejas tu a bússola dessa minha ilusão sentida,
Até que seja chamada ao repouso,a minha Alma.
Márcio Souza.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2082652211764464&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento
Tags: deixa-me sonhar

EU E A ROSA
(Rosa solitária)
Márcio Souza 28.03.18
Um botão solitário desabrochou na roseira,
A minha rosa tão bela e perfumada flor,
Sozinha num galho e sem companheira,
Toda cheia de vida, mas carente de amor,
Apesar dos pesares, tudo é muito belo e divino,
Rainha das flores, cheia de encantos e nobreza,
Semelhante a nós e que tem também seu destino,
Que rege tudo na vida a própria Natureza.
Mesmo solitária, suave,tão bela e franzina.
Quando eu olho pra ela, sorrindo pra mim,
Como uma doce donzela, inocente menina,
Perfumada e enfeitando, o meu verde jardim.
Foi cuidada e amada desde pequena,
Ao surgir a primeira pétala do seu botão em flor,
Minha menina criança, meiga e serena,
Sempre mimada com carinho,zelo e amor.
Converso com ela e lhe dou meu “bom dia”!
Confesso, porém, não ser maluquice minha,
Vivemos carentes, tão sós, mas em sintonia,
Solidários na vida, eu o Rei ela a Rainha.
Sei que os seus dias estão curtos e findos,
E o tempo da vida, não me espera também,
Mas dessa cumplicidade e momentos lindos,
Deixaremos saudades no coração de alguém.
Somos frutos de Deus e da mãe Natureza,
Viemos ao mundo da vida, pra crescer e viver,
Mas há o fato e a razão e com toda certeza,
Temos a hora e o dia certos para morrer.
Porque a beleza da vida um dia se encerra.
E de todas as verdades, a verdade é uma só,
Somos feitos do barro e do pó do seio da terra,
E que, naturalmente, um dia, voltaremos a ser pó.
Márcio Souza
(Direitos autorais reservados)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2058883377474681&set=a.292250330804670.86352.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento

DIA MUNDIAL DA POESIA.
MINHA POESIA,
Márcio Souza. 21.03.18
Não sou poeta formado,
Atrevo-me, às vezes, a compor,
Alguns versos mal acabados,
Sobre românticos sonhos de amor!
Meus poemas, versos e poesias,
Que surgem a qualquer momento,
Da alma e do pensamento,
Na mais singela harmonia.
São cantos cheios de amores,
Alegrias, prantos e paixões,
São frases que aliviam as dores,
Dos apaixonados corações!
Vou nos meus sonhos flutuando,
Meus momentos de alegria,
Às noites eu durmo sonhando,
E amanheço vivendo a poesia.
Márcio Souza.
( todos os direitos reservados pelo autor)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2050162508346768&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3.

Marcio Souza
1 compartilhamento

VIAJANTE DO TEMPO.
Márcio Souza.
Sou a maré cheia, das profundezas do mar,
Que toca na praia, molhando as areias,
Fazendo as borbulhas e a água espumar,
Nas claras noites estreladas de luas cheias.

Como o vento ciclone, com força tremenda,
Durante noites chuvosas e ventanias,
E passado o momento da brava tormenta,
Que volta à rotina das brisas, no seu dia a dia.

Sou feito o sol que brilha na primavera,
Que, suavemente, aquece todas as flores,
E todas as flores se abrem viçosas e belas,
Cheias de perfumes e dando vida às cores.

Sou como a cristalina água corrente,
Que corre para os rios, rumo ao mar.
Que se pode tocá-la uma vez somente,
Pois não haverá outra chance pra se tocar.

Sou a chuva caída, cheiro de terra molhada,
Irrigando folhas da mata e a relva no chão,
Que brotam e se renovam de alma lavada,
Sem mágoas ou rancores no meu coração.

É o meu prazer de Viver, é Vida, é dádiva e lição,
Não me entrego às derrotas ou quaisquer recaídas,
Deus me deu um destino, vou cumprir a missão,
Sou um viajante no tempo, sou passageiro na vida.
Márcio Souza.
( Direitos autorais reservados )
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2042594005770285&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento

MEU DESEJO
A cada amanhecer é um novo sonho que surge no horizonte da vida.
Um feliz e abençoado dia para todos nós!

Marcio Souza
1 compartilhamento

CAMINHANDO NA PRAIA.
Márcio Souza. 28.02.18
Cabelos soltos ao vento,
No seu lindo caminhar,
Brilham e flutuam no tempo,
Sob a brisa fresca do mar.

Seu olhar que me fascina,
E o seu sorriso então,
Com jeito solto de menina,
Faz sorrir meu coração.

Meu desejo não desfaço,
Dessa vontade que não é pouca,
De ganhar o seu abraço,
E o beijo da sua boca.

E quando voce vejo passar,
Deixando rastros na areia,
Fico olhando a imaginar,
Se é uma Deusa ou uma Sereia.

De tudo isso que eu vejo,
Tenho a plena convicção,
Do meu forte e grande desejo,
De ganhar seu coração.
Márcio Souza
( Direitos autorais reservados)
https://www.facebook.com/marcio.souza.5437/videos/2023808394315513/

Marcio Souza
1 compartilhamento

SONHOS ROUBADOS.
Márcio Souza. 22.02.18
Vou buscar em minhas noites perdidas,
Todos os sonhos que roubaste de mim,
Mesmo que eu não encontre outras guaridas,
Sem tréguas buscarei até o fim.
O fim, não é o final para quem vive,
Nesse mundo há sempre esperança para tudo,
Doei-me a fundo quase todo amor que eu tive,
Vou seguir caminhando e buscando meu rumo.
Vou caminhar sozinho, rumo ao infinito,
Levando lembranças e amor sem fim,
Levarei comigo tudo que foi de mais bonito,
Mas vou tentar te esquecer e lembrar de mim.
Eu não vou fingir, que nunca te esqueci,
Tu estás sempre e vive no meu pensamento,
Vivo, constantemente, e a todo momento,
Sempre sonhando, ao lembrar de ti.
Caminharei solitário, com os ventos,
Levando esse amor grande e profundo.
E as dores vão se curando com o tempo.
Porque o tempo é o Senhor de tudo.
Se algum dia tu pensares em mim,
Não te julgues e nem queiras te censurar,
Pois tudo na vida tem começo, meio e fim,
Tem tempo certo e qualquer dia vai-se acabar.
Márcio Souza.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2017184518311234&set=a.550967981599569.139282.100000591160116&type=3

Marcio Souza
1 compartilhamento
Tags: sonhos roubados