Coleção pessoal de macdennis

Encontrados 10 pensamentos na coleção de macdennis

VERSO AVACALHADO

Estava em dia aero fágico,
Numa visita de campo.
Aliviei um peido mágico,
´Té fez luz qual pirilampo.

macdennis
1 compartilhamento

Ser justo e bom, é como pisar um campo de minas. Temos de ser cautelosos, para que não tentem estoirar connosco.

macdennis
1 compartilhamento

Jovem, não julgues a fachada pela sua aparência exterior,
procura conhecer primeiro como é a solidez da sua estrutura.

macdennis
1 compartilhamento

Só o conhecimento através da cultura e do trabalho nos dá a luz da sabedoria, por isso os génios são tão iluminados.

macdennis
1 compartilhamento

Se o dinheiro servisse para comprar o Amor,os pobres nunca o conheciam, e não haveria ricos infelizes.

macdennis
1 compartilhamento

VERSOS SOLTOS

Vendo-te assim tão leda, bambuleante,
Ao passares por aqueles que te atraem,
Provocas assobios e mais adiante,
...De saltos...
Tuas curvas tropeçam e logo caem

Rolam finas-mornas com Paixão-Amor,
Cintilam de Alegria, Doce-Calma,
Grossas-quentes-amargas na Triste-Dor,
...Lágrimas...
Geiseres que emanam da nossa Alma.

macdennis
1 compartilhamento

DESINTERESSE


Cheguei ao extremo da monotonia,
Em que a raiva e o ódio se encaixam perfeitamente,
Qual tampa em recipiente.

O circulo gradualmente fecha-se como uma teia.

Quero libertar-me e não posso.

Revolto-me.

Sinto-me louco.

Na minha boca existe um rasgo horizontal.
Rectilíneo.

Já não sorrio.
Vegeto.

Sinto-me imponente. Duro. Frio.
Talvez mais vazio.
Vivendo dentro de um "ghetto".

macdennis
6 compartilhamentos

VERSOS SOLTOS

Se tiveres só duas horas,
Do teu tempo para um tema.
Vou-te buscar onde moras,
Depois vamos ao cinema.

O QUE ME INSPIRAS!

Os teus olhos doces, doces,
Poem-me a chuchar no dedinho,
Baixava oito centimetros,
E aplicava-te um beijinho.

Mas se tu "o" apreciasses,
Ou achasses coisa pouca,
Embutia os meus lábios,
Nos lábios da tua boca.

E assim vi-me perdido,
Na lava do teu vulcão.
Por dentro sinto-me ardido.
É de cinza meu coração.

macdennis
1 compartilhamento

MALDIÇÃO

Dei-te o que tinha e partiste.
MALDITA SEJAS!...
Em ti amor não existe.
Desgraçado seja aquele que tu protejas.

Tenho-te um ódio fatal.
Não és mulher, és a fera.
Mau seja o teu final.
Que morras pôdre e angustiada, megéra.

Meu coração destroçáste.
Minha vida ficou louca.
Teus beijos foram o sangue,
Que me escorria p´la boca.

Tanto te AMEI!...

Oh! Como sôfro meu Deus.
Minh´alma já não tem paz.
Faz com que seja dos teus,
Que as horas loucas são más.

macdennis
1 compartilhamento
Tags: poesia satirica

Deus é o oxigénio que respiro, não o destruam, senão perco a fé e a vida

macdennis
1 compartilhamento