Coleção pessoal de lucasroschel

Encontrados 9 pensamentos na coleção de lucasroschel

Minhas dores!

São frases! São frases onde encontrei dor, onde escondi amor. Onde as coisas mais belas tinham forma de monstros, e as princesas não eram mais que bruxas.
Disfarçadas... São noites perdidas, na solidão, na vasta solidão que é ser romântico, e gostar de escrever sobre a dor, e toda a mágoa, que o apregoado mais belo.
Sentimento do mundo traz... Noites em que precisava de alguém.
Sem duvida que são frases tristes, de um meu eu tristes, desiludido com a vida, de um meu eu, que tem os sonhos mais belos e por eles salta ravinas e se afunda nos.
Mais dolorosos precipícios... Acho que é isto que é ser sonhador, é negar toda a felicidade que a vida lhe deu, julgar que nunca poderá ser feliz, negar o amor que.
Recebe dos amigos, julgar-se sozinho... E aí na solidão do silencio sonhar com as coisas mais belas do mundo...

Foram quase 2 anos de escrita, agora decidi parar, deixei o eu interior morrer, lentamente, para que nem eu nem ele sofrêssemos tanto... Não são memórias que vou
Enterrar, mas sim deixar, quietas junto de outras memórias. Porque agora?!?! Um motivo apenas? Não tenho certeza.

Porque é na dor que os meus sentidos estão mais puros... Porque é na dor que a clarividência é maior... Porque a dor não nos leva a lado nenhum...

Lucas Roschel Rodrigues
1 compartilhamento

A Morte

Gostava de viver a vida de uma forma tão tresloucada como irresponsável, procurar a adrenalina a cada fôlego de pulmões cheios... Dançar com a morte, rir-me do medo, viver no limite. Sentir-me um solitário cheio de si, em completa comunhão com a sua insanidade. Sem me importar com a descriminação de que seria alvo.
Todos os dias saber que olhar um por do sol seria algo completamente extasiaste cheio de significado, percebendo que não existem dois instantes iguais... Queria não ter medo da morte. Corrigindo. Queria não ter medo de Viver...

“Vive depressa, morre novo, e deixa um cadáver bonito”.

Lucas Roschel Rodrigues

Porque viver?

A vida tem destas coisas. Um dia somos luz.. Outro dia apenas a sombra do que fomos outrora. Trata-se de um facto. Uma pessoa muito próxima de mim. Tentou hoje suicidar-se. Está neste momento numa cama de hospital sob observação. Passei o dia todo com a idéia na cabeça. O medo de perdê-la. E eis que no meio do desespero. Ansiedade. Surge a velha questão existencial. "Qual a nossa função? Porque existimos?"...

"Todos os homens morrem. mas nem todos chegam realmente a viver."

- Eu nasci. Nasci no dia em que aprendi a sonhar. Nasci no dia em que percebi que mais importante que ser bonito ou ter dinheiro ou uma imagem. Era ser livre, autentico, e verdadeiro... Nesse dia. Compreendi que fui posto neste mundo para Viver.
É essa a minha missão. Viver, Aprender, Ensinar, Sentir.

Lucas Roschel Rodrigues

Por do sol ao seu lado

Sentei no mesmo lugar de sempre. Naquela duna virada ao mar. Onde o vento não sopra. E chega o reflexo do sol alaranjado que depressa se vai por lá no horizonte. Sentei-me e senti que naquele dia algo estava diferente, um cheiro doce no ar, uma energia, que percorria um corpo já estafado. Uma energia que me fazia fechar os olhos, e sorrir. Sentir o sol que ainda brilhava e aquecia como se um sopro carinhoso se tratasse. Era uma energia que me fazia sonhar. Sonhar. Com um cenário idílico. Sonhar com uma praia. Com uma duna, com um por do sol, contigo ao meu lado a olhar o mar, sentados tão próximos que nem era preciso tocar para sentirmos a pele um do outro. Sonhos e mais sonhos. Sonhos que eu tenho aqui neste meu cantinho, nesta duna perdida numa praia já esquecida com um mar já rendido a um por do sol tão belo como singular. Á dias assim. Dias em que sonhamos viver o que vivemos, mas com a pessoa que gostamos do nosso lado, partilhando da mesma sensação que nos enche a alma e nos faz sonhar.
Te amo vida!!

Lucas Roschel Rodrigues
1 compartilhamento

Infancia Feliz

Às vezes proponho-me a mim mesmo, no meio de longas conversas de angustia e depressão que eu tenho com a minha consciência, escrever textos que tenham o brilho de um sorriso, que tenham o calor de um abraço! Aquele texto que nos dê a sensação de uma festa que a nossa mãe nos dava quando nos magoávamos na
Brincadeira.

Acho que a inspiração teria de surgir do meu tempo de menino, quando corria atrás de bichos-de-conta, e fazia estradas para as formigas, tive a oportunidade de passar a minha infância numa vivenda, mesmo que nos arredores da grande metrópole, Lisboa, mesmo assim tinha acesso àqueles momentos lindos que me marcaram na infância e nunca os vou apagar da memória, como o cheiro a terra, o cheira da erva molhada quando chovia as ameixeiras em flor! E as brincadeiras que daí advinham como roubar figos, brincar à agricultura, subir arvores.

Agora que penso, lembro-me de tantas brincadeiras que eram feitas na companhia da solidão, acho que devo ao facto de ser filho único a minha criatividade, aprender a brincar sozinho, fazer o bom e o mau, jogar para uma equipa vencer e outra perder, isso molda a personalidade de uma pessoa, cria sonhos, cria carências!

Mas é no tempo de menino, que mais sonhamos que mais ingênuos somos, que mais nos rimos, rimos de bem-estar, de um abraço dos pais, de um arroz-doce da avó, dos desenhos animados! Aqueles que todos acordavam bem cedo para i-los ver, quem não se lembra de ficar à espera que a televisão começasse a emitir para ver os desenhos animados, com aquele fundo preto com umas listas coloridas à frente? Depois tocava a musica da que todos sabíamos de cor, e começava uma autentica maratona de boa disposição e grandes lições para a vida! Ao falar de séries televisivas e da minha meninice, lembro-me da rua sésamo, o tanto que eu tenho a agradecer ao conde de contar, de longe o meu preferido, e as musicas como a: eu gosto de sopa...

Ter sido uma criança foi uma das melhores coisas que me aconteceu na vida.

Assim pinto um quadro com cheiro a caramelo, e tons de um amarelo forte, igual ao sol que brilha lá fora, no pátio onde eu fui astronauta e mosqueteiro do rei, onde tudo era possível, e o bem vencia sempre.

Lucas Roschel Rodrigues
1 compartilhamento

CURRICULUM VITAE

Eu já dei risada até a barriga doer,
Já nadei até perder o fôlego,
Já chorei até dormir
E acordei com o rosto desfigurado.
Já fiz cosquinha na minha irmã só pra ela parar de chorar,
Já me queimei brincando com vela.
Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto.
Já conversei com o espelho.
E até já brinquei de ser bruxo.
Já quis ser astronauta,
Violonista, mágico, caçador e trapezista.
Já me escondi atrás da cortina e esqueci os pés pra fora,
Já passei trote por telefone,
Já tomei banho de chuva,
E acabei me viciando.
Já roubei beijo,
Já fiz confissões antes de dormir
Num quarto escuro pro melhor amigo.
Já confundi sentimentos,
Peguei atalho errado
E continuo andando pelo desconhecido.
Já raspei o fundo da panela de arroz carreteiro,
Já me cortei fazendo a barba apressado,
Já chorei ouvindo música no ônibus.
Já tentei esquecer algumas pessoas,
Mas descobri que essas são as mais difíceis de se
[esquecer.
Já subi escondido no telhado pra tentar pegar estrelas,
Já subi em árvore pra roubar fruta,
Já caí da escada de bunda.
Conheci a morte de perto,
E agora anseio por viver cada dia.
Já fiz juras eternas,
Já escrevi no muro da escola,
Já chorei sentado no chão do banheiro,
Já fugi de casa pra sempre,
E voltei no outro instante.
Já saí pra caminhar sem rumo,
Sem nada na cabeça, ouvindo estrelas.
Já corri pra não deixar alguém chorando,
Já fiquei sozinho no meio de mil pessoas
Sentindo falta de uma só.
Já vi pôr-do-sol cor-de-rosa e alaranjado,
Já me joguei na piscina sem vontade de voltar,
Já bebi uísque até sentir dormentes os meus lábios,
Já olhei a cidade de cima
E mesmo assim não encontrei meu lugar.
Já senti medo do escuro,
Já tremi de nervoso,
Já quase morri de amor,
Mas renasci novamente pro ver o sorriso de alguém
[especial.
Já acordei no meio da noite
E fiquei com medo de levantar.
Já apostei em correr descalço na rua,
Já gritei de felicidade,
Já roubei rosas num enorme jardim.
Já me apaixonei e achei que era para sempre,
Mas sempre era um "para sempre" pela metade.
Já deitei na grama de madrugada
E vi a Lua virar Sol,
Já chorei por ver amigos partindo,
Mas descobri que logo chegam novos,
e a vida é mesmo um ir e vir sem razão.
Foram tantas coisas feitas,
Momentos fotografados pelas lentes da emoção.
Guardados num baú, chamado coração.
E agora um formulário me interroga,
Encosta-me na parede e grita:
"- Qual sua experiência?”.
Essa pergunta ecoa no meu cérebro:
"- experiência... experiência...”.
Será que ser "plantador de sorrisos" é uma boa
[experiência?
Não!
”Talvez eles não saibam ainda colher sonhos!”.

Félix Coronel
273 compartilhamentos

Dois.

Duas Pessoas, dois corpos, varios pensamentos, muitos sentimentos. A sensação de ter seu corpo ao meu, do seu lindo olhar entrando em minha alma, dos seus labios rosas e macios, dos seus dedos entrelaçados aos meus, das conversas ao londo de esperas na noite... Seja o que for, eu gosto, e assim, não desisto. Vou ate o fim!

Lucas Roschel Rodrigues

Porque?

Porque faz assim comigo? O tempo não passa, os minutos são eternos, os dias uma infinidade!
Mas algo bom me faz esperar por vc.
A lembrança dos seus olhos lindos e verdes, o sorriso mais lindo q já me deram, apossibilidade de amor mais gostosa q me fizeram sentir.
Volta para mim, Estou te esperando.

Lucas Roschel Rodrigues
1 compartilhamento

Estrela dos Olhos Verdes

Hoje, mas uma noite passada..
Uma noite de sofrimento, eu revirava na cama, a cada minuto que passava, me enfiava por debaixo dos lençóis e dos cobertores, escondia a minha
cabeça por debaixo das almofadas. e isso tudo, porque estava
sofrendo por vc. Lembrava de vc a toda a hora, só olhava para a janela, para as estrelas, a ver qual delas seria vc ..
- Seria aquela á direita brilhante? ou Aquela á esquerda reluzente?
Me perguntava isso tudo, porque eu queria te olhar, e te dizer bem baixinho Te Amo!
Queria estar contigo, Queria te dar a mão, Queria te abraçar, Queria te beijar, resumindo, queria TUDO, porque vc é perfeita, aquela mulher mais linda do mundo, que é tudo, tudo mesmo!
Aquela deslumbrante que eu procurei em toda
a minha vida, aquela que me faz feliz, aquela que é a mais simpática, aquela que eu amo!
Deixa me ser feliz contigo, Me deixe viver contigo uma história de amor!

Lucas Roschel Rodrigues
3 compartilhamentos