Coleção pessoal de leticianogara

121 - 140 do total de 157 pensamentos na coleção de leticianogara

Eu sempre vou me lembrar, durou para sempre, mas terminou muito cedo. Eu pensava que estava sozinha, mas te via ao meu lado, contemplando o céu, mesmo que ele estava cinza e escuro. Por todo lado eu ando, mas ninguém nunca irá me encontrar como você me encontrou. Encontrou meus sentimentos mesmo que mais fundos, você estava sempre no meu olhar, até nos momentos em que derramei lágrimas. Você parecia sempre tão legal e ingênuo. Mas sabia que eu nunca tive essa certeza?!' Foi logo nos envolvemos, e passamos a contemplar tudo juntos, mesmo que tudo estivesse a mesma loucura e mesmo que o céu estivesse cinza e escuro como na maioria das vezes. Eu me encontrei em seu olhar, você não pode olhar para os lados, você não vai me encontrar e muito menos se encontrar, olhe nos meus olhos. Verá o reflexo que você me fez sentir, no amor. Mesmo nos momentos em que nos vimos chorar. Eu sempre me lembrarei e ainda me lembro, era tarde, o céu estava escuro, mas você estava ao meu lado.

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Olho para os lados, e sinto o vento frio da noite e a briza suave tocar meu rosto. Eu estava comprometida, estava sozinha, mas sentia que algo estava me prendendo para que eu não pudesse mais sair daquele lugar. Caminho até meu quarto, e as lembranças de todos escrito nas paredes faz eu sorrir. Sinto frio, fecho a janela, e deito sobre o meu bom lençol e coloca a cabeça no meu travesseiro de sempre. Tendo dormir, barulhos estranhos me atormentam. Queria saber o que é. Olho no espelho vejo o reflexo de uma menina que parece inocente, mas que já passou por tanta coisa nessa vida, que nada conseguiria expressar. Vejo o reflexo de uma menina que sente dor, mas não se sente só, que sente tristeza, mas não quer chorar. Vejo o reflexo de uma menina cujo cabelos são cacheados. E o olhar expressa tanto seus sentimentos, que não sabe como se curar, meus olhos expressam tanto, que não conseguiria me curar.

Letícia Nogara
1 compartilhamento

O que fazer quando as coisas não se encaixam assim como você sonhava?!' As coisas não estão exatamente do jeito que eu queria que estivessem. Com as companhias que eu gostaria que estivessem comigo agora. A dor da perda de amigos, a alegria da companhia de outros me anima. Mas essa dor, essa ferida no meu coração não cicatriza. Será que vai melhorar, será que vou aguentar, será que isso terá um fim?!'

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Olho as fotos de quando eu era menor. Era como se tudo aquilo tivesse acontecido ontem, era como se a felicidade da minha infância estivesse nos meus olhos agora. Como se o brilho da lua estivesse nos meus olhos. As coisas, bem. Elas passam, passam e eu não queria que passassem tão rápido. Passam e deixam uma saudade sem fim. Mas acabo vendo o quanto essa saudade fez eu relembrar de tudo com um sorriso no rosto e uma lágrima nos olhos. A dor que eu tanto falava, bem ela passou por enquanto. Daqui a alguns dias vou viajar, por uns 12 dias, nem sei se vou postar aqui durante a viagem. Mas sei lá, o tempo vai passar e a ferida vai cicatrizar de uma vez por todas. Ela nem dói mais, e isso já é um passo a mais.

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Me sinto tão perdida, tão sem foco, tão fora de rumo. Por favor, se você perceber isso. Pode vir aqui e me mostrar o caminho? Pode vir aqui e me ajudar a continuar vivendo?

Letícia Nogara

Esse amor. O amor que vive dentro de nós. Ás vezes é um refúgio. Mas parece que o amor fugiu de mim, não consigo mais sentir algo por alguém e ser correspondida. É como se as coisas tivessem tomado um rumo diferente mais uma vez. Mas a alegria de ter alguém do meu lado algum dia, nunca vai ser substiuida por festa alguma, por viagem alguma. Queria poder abraçar alguém, e sentir algo verdadeiramente sem palavras. Queria poder sair daqui e ir correndo pros braços da pessoa que mais tenho amado no mundo. Mas no fim das contas, não sei o certo o que querer. Não sei que essa pessoa está longe mesmo. Ou é só invenção da minha cabeça. Queria alguém comigo, mesmo que distante. Preciso de alguém comigo.

Letícia Nogara
2 compartilhamentos

- ela foi presa por amar a liberdade.
- mas porquê?!' Quem seria capaz de prender alguém por causa disso?
- a solidão, a solidão se apoderou dos dias que ela ficou pra baixo e simplismente a pegou.
- mas a liberdade não é inocente?
- É, mas pode enganar.
- mas então porque a prisão?
- porque a chega uma hora em que a liberdade sufoca.

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Poderia ter não ter feito coisas que me agora me arrependo de ter feito. É como se as pessoas sumissem da minha vida. E eu sempre aqui, sozinha. Esperando, esperando... Se for pra mim esperar tanto tempo, que se dane. Essa coisa que esperar pelo amor eterno, não existe, sou impaciente. O que você acha? Morfina. alívia a dor e diminui o tempo de vida. Tem coisa melhor?

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Lá estava ele, parado, sentado no banco da única praça da cidade, tão lindo, tão meu. Eu sabia que ao me aproximar, uma onda de dor me atacaria pelo simples fato de eu não poder chegar em você. De não poder sorrir pra você. Pensei em atravessar a rua para não passar na sua frente. Mas ainda assim fui, aproximei-me e como dito, eu não poderia nem ao menos sorrir pra você, para não mostrar nos meus olhos a angustia de não tê-lo ao meu lado. Eu me aproximei:
- Oi, ele disse.
- Oi.
- Senta aqui, preciso falar com você.
E eu, sem dizer uma palavra me sentei.
- O que aconteceu? Porque tá sendo assim comigo?
E eu, uma uma gota de lágrima desceu dos meus olhos. Eu fiquei tonta, era como se eu tivesse ouvido a lágrima cair no chão. Virei de costas pra ele, para secar minhas lágrimas e respondi:
- É que eu... te amo tanto, que não teria forças suficientes pra suportar a dor de olhar pra ti, e ver que é só um sonho.
E no momento em que me virei para ver a sua resposta. Percebi que já era tarde. Ele já tinha sentido, já tinha visto, com uma lágrima ele percebeu o que eu sentia. E me deixou ali, sentindo a leve brisa do vento nos meus cabelos. Eu quis morrer, não tinha mais sentido viver em um mundo onde o seu amor, não fosse a força pra me levantar e seguir em frente.

Letícia Nogara
2 compartilhamentos

- Por que tu tá me olhando desse jeito?

" Porque olhar pra ti é como ver uma gota de chuva depois de uma terrível seca. É como se eu visse o meu futuro e o teu futuro entrelaçados no brilho do teu olhar. Eu poderia estar triste e com medo do mundo por uma eternidade, mas se depois olhasse pra ti eu melhoraria como num toque de mágica. É como se eu mergulhasse num mar de sonhos e esperanças, em que eu terminaria feliz pra sempre como num conto de fadas. Ao olhar pra ti sinto que estou mais viva do que nunca. E se algum dia eu deixar de te olhar ou observar, sentirei que não tenho mais nenhum motivo pra seguir em frente. Olhar pra ti, se resume em viver no meu vocabulário".

- É que to distraída.

Letícia Nogara
2 compartilhamentos

- Me dá um abraço?
- Não gosto de abraçar.
- Só um!
- Tá.
*ABRAÇO*
- Eu gosto de abraçar.
- E você virou minha excessão na frase 'Não gosto de abraçar'.

Letícia Nogara

Fiquei com medo. Medo de perder pessoas. Medo de perder amigos. Medo de perder coragem. Medo de perder palavras. Medo de perder inspiração. Medo de perder você. E fiquei feliz. Feliz em não ter perdido nada disso. Feliz em não te perder, não por completo. Não ter te perdido pra ninguém. Tá legal, eu sei que você não é meu. Mas mesmo assim o sinto, o vejo, o amo e pra mim você é meu. Eu sei que é difícil acreditar que se tem o que nunca se teve. Eu sei o quanto é ruim, amar e não ser amado. Eu sei o quanto posso sofrer. Mas existe amor sem dor? Existe amor sem medo? Existe amor, sem AMOR? Nos afastamos, nos abraçamos, brigamos, e conversamos, estamos juntos, e estamos separados. O que é isso afinal uma espécie de imã que funciona e depois falha. Ou que falha e depois funciona? Um imã chamado amor, e uma atração chamada: VOCÊ!

Letícia Nogara
3 compartilhamentos

Quando não consigo me cuidar, eu fujo do meu pensamento e aí eu me perco. Não posso deixar de me cuidar. Mas agora, a cada segundo que passa, eu fujo mais, e mesmo fugindo isso não me satisfaz. Meu pensamento, só ele não tem força nenhuma. Se penso num abraço, não é o pensar que vai me fazer acabar com a vontade do abraço. Eu sou assim, sonho demais, fujo demais, penso demais. E isso acaba comigo, mas não acaba com a vontade. Falando em vontade... Hoje queria um abraço seu, por favor, não me negue um abraço.

Letícia Nogara
2 compartilhamentos

"Qual é o teu Segredo?

Olhe em meus olhos. Você não me vê. Pelo menos não do jeito que eu queria que visse. Olhe em meus olhos, olhe com curiosidade. Você não enxerga? A dor, a tristeza que você me causou. Como um buraco fundo e seco no meio do oceano. É vazio, é mesmo. Estou vazia, foi você que fez isso. Você está feliz com ela? Com ela, digo. Com essa menina bonita que sorri pra você o tempo todo e que você abraça e beija o tempo todo. Ela está te fazendo feliz? Se você está feliz tudo bem, mas o segredo, é que eu queria que fosse eu sorrindo pra você o tempo todo. Queria ser a menina que você abraça e beija o tempo todo. Me considero uma menina falsa, falsas esperanças falsos sonhos, pura ilusão que banha minha mente, um banho de ilusão que é quente, mas que quando saio de mim, percebo o quão frio ele é. Mas a única coisa que eu sei que não é ilusão e que permanece em mim desde sempre, é você. Esse amor que parece que está aqui dentro desde que me conheço por gente. Mesmo quando não te conhecia, ele existia. E quando te conheci, percebi que é pra você. Esse é o segredo, a verdade, a tristeza, é tudo por você. O meu amor por você me causa todos esses sintomas e esse excesso de melancolia. Por favor, me olhe nos olhos e diga, me diga com toda a sinceridade: Qual é o teu segredo?"

Letícia Nogara
2 compartilhamentos

"Eu te amo. E não importa qual são suas bandas preferidas, ou a cor do seu cabelo. Não importa se você é homem ou mulher, se é bi, hetero ou homosexual. Não importa se você é burro ou inteligente. Se fuma ou não, bebe ou não. Ama festas ou fica em casa o dia todo e fim de semana todo. Nada importa. Eu realmente te amo pelo que você é no todo. Seu estilo, suas diferenças, seus defeitos, pouco importa, ou pelo menos é só um detalhe. Amo você pela confiança e intimidade instantânea que cultivamos e não pela marca da roupa que você usa."

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Ele me pregou outra peça

Quando eu percebi o que ele realmente queria, pensei que eu não iria mais sair do lugar. Acabei pensando que não iria mais voltar ou seguir para onde eu realmente queria. As palavras sumiram e meus olhos se fecharam para a realidade. Eu não tinha mais razão para nada, estava perdida em meio a uma multidão de pessoas. E perdida por causa dele. Acabei pensando que ele tinha feito isso que me fazer sofrer, não sabia que ele podia me enganar assim. Ele sempre estava me mostrando o caminho e dessa vez não me mandou nenhuma resposta. O amor e a dor misturados com uma gota de perdição. Era assim que eu estava me sentindo, essa tal mistura estava me trazendo agonia, um peso na alma. E pensei que isso nunca iria passar. E ele, bem, ele continuava ali, sem mandar respostas e me deixando sozinha, pelo menos por um tempo. Mesmo sem eu perceber o que ele queria, continuei olhando para frente, seguindo em frente bem devagar, pois como dizem, a direção é mais importante que a velocidade. E como o previsto, eu chorei, chorei até não aguentar mais. Mas com a esperança de encontrá-lo novamente no fim do caminho, me trazendo todas as respostas que não encontrei quando ele esteve longe. E depois de longos passos sem direção eu o encontrei, e o que descobri, é que ele estava me observando esse tempo todo. Ele agora continuou me guiando e não me perdi mais. Continuei seguindo e dessa vez lado a lado com ele. E agora no fim de tudo você me pergunta: Quem é ele que eu tanto mencionei? - O nome dele é Destino! É, realmente ele tinha me deixado, mas é assim, o destino prega suas peças.

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Queria saber o que você espera de mim, queria saber que decisão tomar. Tá sendo duro sem você aqui. Tá sendo duro sem você saber. O mais duro ainda, é te amar, sabendo ou achando que to me iludindo. Mas o que esperamos? O amor aparece quando menos imaginamos. E você apareceu assim. E continua aqui, tentei fugir para outro lugar, mas fugindo meu coração continua em você. E você nem se quer sabe. Nem eu sei. O nosso ainda vai existir, acredito, que ainda vai existir. Pra mim, o nosso vai existir nem que para isso eu tenha que me iludir com o meu coração. E o meu coração está pedindo por você.

Letícia Nogara
3 compartilhamentos

"- Quando você percebeu esse sentimento?
- Desde a sua primeira palavra, o nosso primeiro abraço, e o meu primeiro sorriso."

Letícia Nogara
1 compartilhamento

Apoio, passos, tudo sem você...

"Cada passo que dou sem você ao meu lado. É uma espécie de fortalecimento, pois significa que consegui dar UM passo sem você. Mas praticamente em todos eu caio. E isso mostra o quanto acabo sofrendo, mesmo dando os passos certos, acabo caindo sempre que os dou. Pois você não está aqui, segurando minha mão. E toda vez que olho para o lado e não sinto o calor das suas mãos. Dá uma vontade de recuar um passo, mas não posso. Mas também não consigo sem você."

Letícia Nogara
3 compartilhamentos

A fita métrica da ilusão

"Certa vez me disseram que quando nos iludimos demais acabamos sendo pisoteados pelos outros, e de certo modo, eu acreditei. Mas agora, ainda acredito, que ilusão demais pode nos trazer problemas. Mas acredito também que a ilusão e nosso lado sensível, quando o mostramos acaba sendo algo bom e ruim ao mesmo tempo, quer dizer, acaba sendo algo bom porque as pessoas acabam vendo que você além de ser determinado e não perder o foco, você tem sentimentos e os segue, mas nem sempre conseguimos mostrar isso para os outros, e muitos acabam tendo um medo que é pura ilusão. Ilusão, palavra pequena, mas com muitos significados, o ruim disso tudo é que ás vezes o crêr demais nas coisas te leva a lugares que você nunca quis estar, e te faz perder o foco. E como faz...
Não costumo ir atrás de coisas que sei que será quase impossivel de mim alcançar, mas acredito nelas. Não me iludo tanto, mas corro atrás com o coração, embora a mente esteja em coisas muito mais próximas. Tem gente que usa a falta de ilusão como ajuda para progredir na vida, pois sabem que no caminho vão encontrar algum iludido e que certamente a falta de ilusão vai fazê-los e deixá-los passar por cima do tal iludido. Isso que estou tentando dizer, claro! Quem nunca se iludiu? Eu ainda sou bastante iludida. Mas só estou tentando mostrar fatos que são reais, ou até não são. Estou tentando usar minha escrita para convencer a mim mesma e os outros também. E meus neurônios para todo o resto. Mas é assim mesmo. Iludir é sofrer. Sofrer é viver e viver, bem, no meu ver... Viver é ACREDITAR!"

Letícia Nogara
2 compartilhamentos